Catolicismo no Djibuti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
IgrejaCatólica Emblem of the Papacy SE.svg
Djibouti
Ano 2009
Católicos 7.000
População 500.000
Núncio Apostólico George Panikulam
Códice GT

A Igreja Católica Romana no Djibuti faz parte da Igreja Católica Apostólica Romana em todo o mundo, sob a liderança espiritual do Papa e da Cúria, em Roma.

O Djibuti é formado por apenas uma diocese, a Diocese do Djibuti. O rito litúrgico utilizado é o rito romano.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Em 28 de abril de 1914, foi estabelecida a Prefeitura Apostólica do Djibuti, desmembrando-se do Vicariato Apostólico de Galla. Em 14 de setembro de 1955 a Prefeitura Apostólica foi elevada como Diocese do Djibuti. Na região está a Catedral de Nossa Senhora do Bom Pastor.[1]

Há por volta de 7.000 católicos no país, segundo dados de 2006, isso representa 0,9% da população djibutiana. Os católicos chegaram a ser 10,5% da população,[2] mas como houve um grande aumento de muçulmanos na região, que nos anos atuais representam 94% da população,[3] hoje a população católica representa menos de 1%.[2]

Referências

  1. a b Diocese of Djibouti, Djibouti (em inglês). Gcatholic.com. Página visitada em 5 de agosto de 2012.
  2. a b Djibouti (Diocese) - Catholic-Hierarchy (em inglês). Ccatholic-hierarchy.org. Página visitada em 5 de agosto de 2012.
  3. Djibouti CIA World Factbook (em inglês). CIA.gov. Página visitada em 5 de agosto de 2012.
Ícone de esboço Este artigo sobre o Djibouti é um esboço relacionado ao Projeto África. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.