Cavaliers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antoon van Dyck pintou vários cavaliers, entre os quais Carlos I de Inglaterra.

Aquando da Guerra civil inglesa, os Cavaliers eram a cavalaria dos Realistas. Os mais memoráveis de entre eles foram os que serviram sob o príncipe Ruperto do Reno.

Origem da expressão[editar | editar código-fonte]

A sua aparência contrastava com as dos seus inimigos, os Cabeças Redondas. Os Cavaliers tinham longos cabelos e vestes ornamentadas, enquanto os Parlamentaristas vestiam sobriamente e tinham cabelo curto[1] .

A partir de 1679, os Realistas passaram a designar-se de Tories e não Cavaliers.

Referências

  1. Foi para troçar da origem nobre dos inimigos que as forças Parlamentaristas os nomearam Cavaliers, palavra derivada da língua francesa «chevalier». Em represália, estes passaram a chamar-lhes Roundheads, ou seja, « Cabeças Redondas » (nome dado na primeira revolução inglesa, 1642-1649), em referência ao hábito de usar cabelos muito curtos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cavaliers