Cenobita (Hellraiser)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os Cenobitas são monstros que aparecem em alguns dos trabalhos do autor britânico Clive Barker, especialmente no livro The Hellbound Heart e nos oito filmes da série Hellraiser. Eles também são mencionados no livro Weaveworld, no qual a personagem Immacolata os chama de "Os Cirurgiões do Além". Algumas vezes eles são chamados de demônios, mas os trabalhos de Barker sugerem que eles são seres bem distintos do que se costuma chamar de "demônio".

Termo[editar | editar código-fonte]

O termo "cenobita" é uma palavra em Latim arcaico que significa simplesmente "membro de uma comunidade religiosa"; para informações históricas sobre o termo, veja Cenobita. De fato, o livro The Hellbound Heart menciona os Cenobitas como sendo "Teólogos da Ordem de Gash"; eles também são conhecidos pelo termo "Hierofante". Como seres extra-dimensionais, eles conseguem alcançar nossa realidade apenas através de brechas no espaço-tempo feitas por determinados artefatos místicos. O mais comum desses artefatos é um cubo de partes móveis conhecido como a Configuração do Lamento.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Embora não existam dois Cenobitas iguais, eles compartilham de algumas características. Todos possuem horrendas cicatrizes, mutilações e piercings colocados em diversos pontos do corpo. A pele de todos os Cenobitas é de um pálido doentio, exceto nos pontos onde a carne foi aberta, expondo ossos e órgãos internos. O mais conhecido dos Cenobitas (e, provavelmente, um de seus líderes) é Pinhead, interpretado nos filmes pelo ator Doug Bradley. As mutilações de Pinhead consistem em pregos que foram cravados em seu crânio em um padrão gradeado e seis ferimentos abertos em seu tórax, onde a pele foi arrancada. Outros Cenobitas têm mutilações muito mais severas.

Originalmente os Cenobitas eram servos de Leviatã, o deus dos Labirintos. Sua função era responder à invocação dos desavisados que abriam a Configuração do Lamento, um artefato que, se seu enigma fosse decifrado corretamente, abriria os portões para o mundo dos Cenobitas (algumas vezes chamado Inferno, outras vezes mencionado como o Labirinto). Os Cenobitas então levariam o desafortunado para seu mundo, onde ele viveria uma eternidade experimentando as sensações únicas de dor/prazer que os Cenobitas podem lhe apresentar.

Em um ponto da série, é revelado que alguns Cenobitas, como o próprio Pinhead, já foram humanos que certa vez desvendaram o segredo do cubo maldito, sendo então "recrutados" para servir Leviatã.Angelique foi a primeira cenobita,criada por dois ocultistas.Inicialmente ela era uma prostituta que foi aliciada no castelo dos ocultistas que criaram um ritual para transformá-la em cenobita com aparência humana.Isso foi visto em Hellraiser-A Herança Maldita.

Diferenças entre as descrições no livro e nos filmes[editar | editar código-fonte]

O líder dos Cenobitas, que não aparece até o fim do livro, é o ser misterioso chamado "O Engenheiro". Na série cinematográfica, o líder dos Cenobitas (mais tarde conhecido como "Pinhead") aparece logo no começo, durante o encontro inicial de Frank com eles. Entretanto, no quinto filme da série, Hellraiser: Inferno, o título "O Engenheiro" é utilizado para descrever um assassino serial que acaba sendo um gêmeo maligno do próprio protagonista do filme, assim como um dos muitos nomes que Pinhead utiliza. Outra menção ao termo é usada para nomear um ser disforme que vive nos corredores do Labirinto. Ao que tudo indica, o nome "O Engenheiro" relaciona-se mais ao pesadelo pessoal daqueles que entram no Labirinto do que a um ser em particular.

Pinhead, nos filmes, tem incisões cruzadas que serpenteiam pelos pregos cravados em sua cabeça, mas sua contraparte no livro tem essas linhas tatuadas na cabeça. Essa contraparte não é o líder dos Cenobitas. O líder é uma criatura cujas pálpebras e lábios são mantidos abertos por ganchos e correntes presas em seu crânio.

Poderes e Habilidades (filme)[editar | editar código-fonte]

Cada Cenobita parece ter habilidades únicas, mas algumas delas parecem ser comuns a todos. Quando invocados, eles parecem ser capazes de decidir exatamente onde, quando e por quais meios aparecer. No primeiro Hellraiser, os Cenobitas aparecem imediatamente no quarto de hospital onde Kirsty os chamou. Mais tarde, eles se materializam a partir da escuridão do sótão para onde ela os guia. Em Hellbound: Hellraiser II, quando a configuração é solucionada, as paredes do escritório se transformam nas paredes do Labirinto, deslocando-se para os lados para que eles passem. Todos parecem ter capacidades telecinéticas, capazes de controlar seus característicos ganchos e correntes a distância, assim como pequenos objetos. Embora isso nunca tenha sido confirmado, eles parecem ser capazes de invocar suas correntes de qualquer aglomeração de sombras próxima.. Todos eles parecem possuir grande força, incomparável resistência, e alguma forma de empatia bizarra (eles sempre sabem o nome de seus interlocutores, assim como fatos íntimos sobre suas vítimas). Eles também são inteligentes, lógicos e pacientes.

Habilidades individuais variam muito. Nos dois primeiros filmes, havia pouca diferença entre eles até o Dr. Channard ser possuído por Leviatã, apresentando uma série de poderes jamais vistos, como gerar tentáculos e armas a partir de seu corpo. Entretanto, Channard estava funcionando como avatar do próprio Leviatã, assim, seus poderes parecem representar a natureza do Labirinto, ao invés das capacidades típicas de um Cenobita. Quando, no terceiro filme da série, Hellraiser III: Inferno na Terra, Pinhead é separado de sua metade humana, seus poderes crescem até níveis quase divinos. Sua metade humana sugere que, uma vez que ele foi dividido, Pinhead não precisa mais obedecer as diretrizes que governam os Cenobitas, tornando-se um deus. No terceiro filme, Pinhead pode controlar telecineticamente vastas áreas, transmutar matéria, criar e controlar o fogo, animar objetos, além de conseguir criar instantaneamente "pseudo-cenobitas", monstros sem mente que obedecem cegamente a ele. Provavelmente, essas são capacidades que todos os Cenobitas exibiriam quando livres das restrições impostas pelo Labirinto, sugerindo que são seres de grandes poderes.