Centriscidae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaCentriscidae
Aeoliscus strigatus.

Aeoliscus strigatus.
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Actinopterygii
Ordem: Syngnathiformes
Família: Centriscidae
Subfamílias

Ver no texto listagem de géneros e espécies.

O apara-lápis Macroramphosus scolopax.

Centriscidae é uma pequena família de peixes marinhos que inclui as espécies conhecidas pelos nomes comuns de apara-lápis e peixes-camarão.[1] A família inclui apenas uma dezena de espécies marinhas, cuja morfologia pouco comum está reflectidas nos nomes pelos quais são conhecidas. Os membros dos géneros Aeoliscus e Centriscus tam a sua distribuição natural restrita às águas pouco prfundas da região tropical do Indo-Pacífico, enquanto as restantes espécies estão distribuídas pelas águas profundas das regiões oceânicas tropicais e subtropicais e pela região austral.

Descrição[editar | editar código-fonte]

As espécies incluídas neste agrupamento taxonómico apresentam corpo fortemente comprimido longitudinalmente, na sua maioria coberto por placas ossificadas. A primeira espinha da barbatana dorsal é alongada e aguçada, deslocada para a parte posterior do corpo. Duas espinhas adicionais, o resto da barbatana dorsal e a barbatana caudal estão deslocados para a face ventral do corpo do peixe.

Apresentam um focinho longo e estreito, terminado numa pequena boca sem dentes. Todas as espécies são pequenas, não excedendo os 34 cm de comprimento, alimentando-se de zooplâncton.

Para além do seu aspecto incomum, os centriscídeos destacam-se por nadarem com a cabeça para baixo. A razão para esse comportamento invulgar permenece obscura: enquanto algumas espécies que vivem entre macroalgas ou plantas marinhas podem beneficiar desse pocionamento, a maioria das espécie vivem em habitats, como os recifes de coral, em que tal não parece conferir qualquer vantagem.

Espécies[editar | editar código-fonte]

Na sua actualconfiguração, a família inclui 13 espécies agrupadas em cinco géneros e duas subfamílias. Em algumas classificações a subfamília Macroramphosinae é alevada ao nível de família, passando a constituir o táxon Macroramphosidae.[2] A inclusão do género Centriscops não é consensual: o ITIS coloca-o no grupo Macroramphosinae[2] , mas a FishBase coloca-o nos Centriscinae.[3]

Notas

  1. Ed. Froese, Rainer; Pauly, Daniel (Fevereiro de 2006). "Centriscidae" (em inglês) www.fishbase.org FishBase.
  2. a b Macroramphosidae (TSN 644842) (em inglês) . Integrated Taxonomic Information System (www.itis.gov)
  3. Ed. Froese, Rainer; Pauly, Daniel (Fevereiro de 2006). "Centriscops humerosus" (em inglês) www.fishbase.org FishBase.