Centro Universitário de Várzea Grande

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
UNIVAG
Centro Universitário de Várzea Grande
Logo univag.jpg
Reitor(a) Drauzio Antonio Medeiros
Vice-diretor(a) Maura Mary Christian Gomes Medeiros
Estado Mato Grosso
Página oficial www.univag.com.br
Instituições de ensino superior do Brasil Brasil

Centro Universitário de Várzea Grande - UNIVAG é uma instituição privada que se localiza na cidade de Várzea Grande, Mato Grosso, Brasil.

História[editar | editar código-fonte]

O Univag Centro Universitário de Várzea Grande é uma instituição particular de ensino superior, mantida pela Instituição Educacional Matogrossense – IEMAT, com sede no município de, Várzea Grande – MT. O Univag, como instituição educacional, nasceu com a implantação dos cursos de bacharelados em Administração e Ciências Contábeis, em 1989, seguida da implantação dos cursos de licenciatura em História e Geografia, quando, então, se instalava a UNIVAG - Faculdades Unidas de Várzea Grande.

A Instituição Educacional Matogrossense – IEMAT, mantenedora do UNIVAG, motivada pela expansão populacional e econômica do Estado, criou, em 1994, a Faculdade de Direito e Ciências Econômicas – FADECO, com os cursos de Direito e Ciências Econômicas e, posteriormente, a Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia – FACET, com o curso de Tecnologia em Processamento de Dados, as quais passam a constituir as Faculdades Integradas de Várzea Grande, devidamente credenciada no órgão próprio.

Em 1999 com autorização do MEC implanta novos cursos de Licenciatura, Pedagogia, Letras e Ciências Biológicas, além de Sistemas de Informação, Secretariado Executivo, Agronomia e Odontologia.

A partir de 2000, em consonância com o Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI, o agora Univag Centro Universitário, credenciado pelo Decreto Presidencial, de 6 de julho de 2000 – DOU de 7 de junho de 2000, amplia sua oferta de cursos de graduação, fazendo funcionar os cursos de Comunicação Social, Marketing, Turismo e Comércio Exterior. Desta data até o presente foram implantados os cursos de Fisioterapia, Farmácia, Fonoaudiologia, Educação Física, Psicologia e, em 2004, o de Enfermagem. No ano de 2003, tem início o Programa de Educação Tecnológica, com o oferecimento de 6 cursos nas áreas profissionais de Gestão e Informática.

Em janeiro de 2011 foi noticiado que o UNIVAG vai perder sua autonomia administrativa em função de consecutivos resultados insatisfatórios nas avaliações do Ministério da Educação (MEC), o que significa que a instituição não pode mais expandir vagas ou abrir novos cursos sem autorização do MEC. De acordo com o ministro da Educação, Fernando Haddad, a medida cautelar passa a valer imediatamente. A medida terá validade até que a instituição apresente resultado satisfatório – superior ou igual a 3 – nas próximas edições do Índice Geral de Cursos (IGC). O indicador avalia uma faculdade, um centro universitário ou uma universidade a partir da qualidade de seus cursos de graduação e pós-graduação, em uma escala de 1 a 5. Os resultados 1 e 2 são considerados insatisfatórios; 3, razoável; e 4 e 5, bons. O UNIVAG recebeu por três anos seguidos um conceito inferior a 3 no IGC.[1]

Referências

  1. Cieglinski, Amanda (13 de janeiro de 2011). Quinze universidades perdem autonomia por resultado ruim em avaliações do MEC Agência Brasil.. Página visitada em 13 de janeiro de 2011.

Ver também[editar | editar código-fonte]

  • UNIC - Universidade de Cuiabá
  • Unirondon - Universidade Cândido Rondon
  • UFMT - Universidade Federal de Mato Grosso