Centro Universitário do Sul de Minas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox warning pn.svg
Este artigo foi proposto para eliminação semirrápida por um ou mais editores. A(s) justificativas apresentada(s) para eliminação foram:

Por favor, melhore o artigo se possível e procure enquadrá-lo dentro das regras do projeto. Caso não saiba como melhorar a página, mas tem certeza que o artigo é enciclopédico, procure o Projeto Salvamento.
Caso não haja oposição à eliminação desta página, ela será suprimida a partir de 24 de março. Para mais informações, veja Política de eliminação e Eliminação semirrápida.


Encontre referências para o artigo: Google (notícias, livros e acadêmico)


Usuário: Se esta página possui arquivos de mídia que não são utilizáveis em outras páginas, adicione uma nota em WP:PER, para que um administrador lusófono do Wikimedia Commons verifique se ela se encontra no escopo do projeto.

Aviso ao criador: Os principais editores da página podem ser avisados (recomendável) e seu criador (se registrado) deve ser notificado com
{{subst:Aviso-ESR|1=Centro Universitário do Sul de Minas}} ~~~~
Aviso ao criador com nota de boas-vindas:
{{subst:Av-bv-ESR|1=Centro Universitário do Sul de Minas|2=~~~~}}

Unis
Centro Universitário do Sul de Minas
Tipo de instituição Privada
Total de estudantes 5.260
Reitor(a) Prof. Mestre Stefano Barra Gazzola
Vice-reitor(a) Prof. Mário Ribeiro Duarte
Estado MG
Página oficial www.unis.edu.br
Instituições de ensino superior do Brasil Brasil

O UNIS - Centro Universitário do Sul de Minas foi criado em novembro de 2001, resultado da fusão de duas instituições de ensino superior, a Faculdade de Engenharia de Varginha (Fenva) e a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Varginha (Fafi), ambas mantidas pela Fundação de Ensino e Pesquisa do Sul de Minas (Fepesmig).

Mantenedora[editar | editar código-fonte]

A Fundação de Ensino e Pesquisa do Sul de Minas - FEPESMIG - é uma organização não-governamental, cujo Estatuto Social foi publicado no Minas Gerais (Diário Oficial do Estado) no dia 18/09/75, tendo, portanto, 23 anos de sólida e fecunda contribuição ao ensino e pesquisa na Macrorregião do Sul de Minas Gerais, além dos outros 10 anos com o nome e estatuto de FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO SUL DE MINAS.

A FEPESMIG é a entidade mantenedora do Unis. Localizado em Varginha, cidade-pólo da Microrregião do Baixo Sapucaí, onde estão as representações regionais de todos os órgãos da administração pública estadual e federal. A FEPESMIG tem como objetivos sociais permanentes: criar, instalar e manter cursos de ensino superior, em níveis de graduação e pós-graduação, de pesquisa e de formação profissional, em todos os ramos do saber técnico-científico.

Histórico[editar | editar código-fonte]

A história da Fepesmig está intrinsecamente ligada ao crescimento e desenvolvimento do Sul de Minas. Desde os primeiros passos, com a formação de professores através dos cursos de Licenciatura em História, Letras, Matemática e Pedagogia na Fafi e de engenheiros mecânicos e químicos na Fenva, a Fepesmig cumpriu honrosamente a sua missão diante da sociedade.

  • 1979 - Início da Faculdade de Engenharia Mecânica de Varginha (Femva). Posteriormente, com a implantação do curso de Engenharia Química, a denominação foi alterada para Faculdade de Engenharia de Varginha (Fenva), sempre visando ao crescimento cultural do município e da região e ao cumprimento de seu papel de fomentadora do desenvolvimento social e humano de toda a comunidade que a cerca.
  • 1990 - Em 7 de dezembro de 1991, cinco professores e um representante da comunidade, sob a liderança empreendedora do professor Stefano Barra Gazzola, assumiram a administração da Fepesmig, num contexto de esperança nos novos tempos e de crença na possibilidade de concretização de seus ideais, através de ações renovadoras das estruturas acadêmica e administrativa.
  • 1993 - em momento de grande turbulência, professor Stefano Barra Gazzola assume a presidência e impulsiona a Fepesmig por um novo modelo de gestão. Em um processo de expansão jamais visto na história de Varginha, foram criados novos cursos, inauguradas novas instalações (bloco II, campus I), executados novos projetos e iniciada a fusão entre Fafi e Fenva.
  • 1996 - Primeiro curso foi Licenciatura em Educação Física. No mesmo ano, a Instituição criou a FepesmigNet, o primeiro provedor de acesso à internet do Sul de Minas, em uma atitude pioneira, inovadora e ousada. Data deste ano também a inauguração de novas instalações no campus I (bloco III).
  • 1997 - Criado o curso de Ciência da Computação.
  • 1998 - O Campus I de Varginha ganhou o seu quarto e último bloco.
  • 1999 - Implantação do curso de Comunicação Social, com habilitações em Jornalismo e Publicidade e Propaganda, em 1999, foi a última investida da Instituição antes da fusão entre Fafi e Fenva e surgimento do Unis-MG.
  • 2000 - No dia 21 de Novembro, as faculdades mantidas pela Fepesmig passaram a constituir o Centro Universitário do Sul de Minas.
  • 2001 - Inauguração do Campus II de Varginha. A unidade localizada na rodovia que liga Varginha a Elói Mendes fora adquirida para atender especialmente ao curso de Educação Física, com infra-estrutura para o desenvolvimento de atividades acadêmicas esportivas.

No mesmo ano, criado os bacharelados em Engenharia de Produção e Nutrição,.

  • 2002 - Criação dos cursos de Administração (Comércio Exterior), Biomedicina, Fisioterapia e Serviço Social, e a implantação das unidades acadêmicas em Três Pontas, primeira fora de sede, com a oferta da Licenciatura em Normal Superior e o Bacharelado em Administração, e Silvianópolis, com o curso Normal Superior.
  • 2003 - A Instituição tornou-se o primeiro centro universitário recredenciado do Brasil (Decreto Estadual nº 42.291, 23 de outubro de 2003), conquistando o período máximo de cinco anos para novo processo de credenciamento. No mesmo ano, foram criados os cursos de Bacharelado em Enfermagem (Varginha), muito requisitado para o déficit de profissionais de nível superior na área de Saúde, e de Licenciatura em Pedagogia fora de sede nas cidades de Cabo Verde e Nova Resende, em atendimento aos anseios de qualificação dos profissionais de Educação dos municípios da região.
  • 2004 - A Unidade Acadêmica de Três Pontas implantava o Bacharelado em Direito.
  • 2006 - O Sul de Minas ganhara a sua primeira instituição de ensino credenciada pelo MEC para oferecer cursos de graduação a distância. As licenciaturas em Letras, Matemática e Normal Superior acabaram com qualquer barreira geográfica entre a Instituição e o aluno.

Ainda neste ano, foi criado em Varginha o curso superior de tecnologia em Marketing e alteradas as denominações de Gestão de Micro e Pequenas Empresas para Processos Gerenciais, Secretariado Executivo Trilíngue para Secretariado, Segurança e Meio Ambiente para Gestão Ambiental e Logística de Transportes e Distribuição para Logística. Fora sede, a Instituição implantou novos cursos em Alterosa (Pós-Graduação em Docência no Ensino Superior), Candeias e Guapé, com a Licenciatura em Pedagogia.

  • 2006 - O Bacharelado em Biomedicina foi classificado como o segundo melhor curso do Brasil (IDD - Enade 2006). A Licenciatura em Educação Física posicionou-se entre os 40 melhores cursos do Brasil (Enade 2005), assim como a Licenciatura em Pedagogia (Enade 2005), que conquistou classificação dentre os 60 melhores avaliados do país. No Sul de Minas, os bacharelados em Ciência da Computação (Enade 2005) e Serviço Social (Enade 2004) tornaram-se referência pelas melhores avaliações. Além de mais conceituado na região (Enade 2006), o curso de Administração (Comércio Exterior – Varginha) conquistou recomendação do Conselho Regional de Administração (CRA). Os cursos de Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção, Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Enfermagem, Fisioterapia, Nutrição acima das médias estadual e nacional. Os cursos do Unis-MG são reconhecidos pelo Conselho Estadual de Educação, órgão máximo de Minas Gerais.
  • 2007 - Unis-MG recebe o Prêmio Qualidade Latino Ibero Americano – Excelência da Educação, pela Associação Brasileira de Qualidade, e o Prêmio Iberoamericano à Excelência Educativa, concedido pelo Conselho Iberoamericano em Honra à Qualidade Educativa. O Prêmio Assis Chateaubriand de Responsabilidade Social, outra honraria de grande importância, foi outorgado ao Unis-MG em reconhecimento a projeto de extensão universitária.
  • 2008 - Início da construção da Cidade Universitária numa área de 150 mil metros quadrados próximo ao Campus II, atendendo depois de concluído mais de 7 mil alunos. No mesmo ano, o curso de Educação Física foi considerado o melhor entre as particulares do país. Publicidade e Propaganda, Comércio Exterior e Pedagogia são destaques no Prêmio Melhores Universidades da Editora Abril, como os melhores cursos do estado. Ainda em 2008 recebeu o prêmio Latino-americano da Qualidade, recebido no dia 29 de novembro, na cidade de Viña del Mar, no Chile.
  • 2009 - Em maio é inserido o curso de Engenharia Civil.
  • 2010 - No ano de seu 10º aniversário, o Unis se transforma no Grupo Educacional Unis, sendo constituído pelo Centro Universitário do Sul de Minas - UNIS MG, Faculdade de Betim - FABE e Faculdade de Três Pontas - FATEPS.

Referências[editar | editar código-fonte]

http://unis.edu.br/

http://portal.unis.edu.br/index.php

Esta categoria reúne artigos sobre centros universitários do Brasil.