Cera de carnaúba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Junho de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Cera de carnaúba
Alerta sobre risco à saúde
Carnauba.jpg
Carnauba wax.jpg
Identificadores
Número CAS 801-586-9
Número EINECS 232-399-4
Propriedades
Densidade 0,990 – 0.999 g cm-3 [1]
Ponto de fusão

83 °C ± 2 °C [2]

Solubilidade pouco solúvel em gorduras solventes a 25 °C, bastante solúvel a 45 °C [1]
Índice de refracção (nD) n^{90}_{D} 1,4500 [1]
Riscos associados
Frases S S24/25
Ponto de fulgor 282 °C [3]
Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

A cera de carnaúba é uma cera das folhas da palmeira Copernicia prunifera, uma planta nativa do Brasil, que cresce somente nos estados do Ceará, Piauí, e Rio Grande do Norte. Geralmente a cera é extraída na forma de flocos duros amarronzados. É obtida das folhas da carnaúba em um processo que envolve batê-las para liberar a cera, seguido do seu refinamento.

A cera de carnaúba é largamente utilizada pela indústria, apesar de pouco conhecida dos consumidores. Utiliza-se cera de carnaúba na fabricação de ceras para pisos, ceras automotivas, tintas, vernizes, produtos para marcenaria, além de ser usada no processo de fabricação de medicamentos e alimentos.

Grande parte da produção da cera de carnaúba é exportada para Japão, Alemanha e Estados Unidos. Uma cera chamada Cera de Candelilla, produzida no México é sua principal concorrente no mercado internacional.

Referências

  1. a b c Merck Index, 13th Edition, 1859
  2. William P. Cottom "Waxes" in Kirk-Othmer Encyclopedia of Chemical Technology, John Wiley & Sons, NY.
  3. Carnauba wax ull.chemistry.uakron.edu. Página visitada em 24 octobre 2009.
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.