Cerco de Bastogne

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cerco de Bastogne
Ofensiva das Ardenas (Segunda Guerra Mundial)
Watching C-47’s drop supplies.jpg
Tropas da 101ª Divisão Aerotransportada observando os C-47 lançarem suprimentos sobre Bastogne, em 26 de dezembro de 1944.
Data 15 de setembro – 27 de novembro de 1944
Local Bastogne, Bélgica
Resultado Vitória dos Estados Unidos
Combatentes
Estados Unidos Estados Unidos Alemanha Nazi Alemanha Nazista
Comandantes
Estados Unidos Anthony McAuliffe (101ª Divisão)
Estados Unidos William L. Roberts (10ª Divisão Blindada do Comando B)
Estados Unidos Creighton Abrams (4ª Divisão Blindada do 37º Batalhão de Tanques)
Alemanha Nazi Hasso von Manteuffel (5º Exército Panzer)
Alemanha Nazi Heinrich Freiherr von Lüttwitz (XLVII Corpo de Panzers)
Forças
11 000 soldados e 800 oficiais ~ 54 mil homens
Baixas
Mais de 3 000 baixas1 Desconhecidas (muito altas)

O Cerco de Bastogne foi um grande combate travado por tropas dos Estados Unidos e da Alemanha Nazista ocorrido na cidade de Bastogne, Bélgica, como parte da batalha das Ardenas.2 O objetivo da ofensiva alemã era capturar os portos da Antuérpia. Para chegar a região desejada antes que os Aliados pudessem se reagrupar e usar toda vantagem da sua superioridade aérea, as forças mecanizadas alemãs tinham que tomar as principais estradas e junções da Bélgica. Como sete importantes estradas que cruzavam as Ardenas passavam por Bastogne, o controle dessa cidade passou a ser prioridade para os alemães. O cerco durou de 20 de dezembro até o dia 27 do mesmo mês, quando as forças americanas foram libertadas pelo 3º Exército sob comando do general George Patton, o que forçou os alemães a bater em retirada da região.3

Fotos da batalha[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Marshall, S.L.A.. Bastogne: The First Eight Days. Facsimile reprint of 1946 ed. [S.l.]: United States Army Center of Military History, 1988. . 101ª Div teve 341 soldados mortos, 1 691 feridos e 516 desaparecidos. CCB 10ª Div teve aproximadamente 500 perdas.
  2. Ambrose, Stephen E. Band of Brothers. New York: Simon & Schuster Paperbacks, 1992.
  3. Turow, Scott. Ordinary Heroes. Farrar, Straus and Giroux (27 de outubro de 2005)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Segunda Guerra Mundial é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.