Cereália

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Cerealia)
Ir para: navegação, pesquisa
Estátua da deusa Ceres no Museu do Louvre em Paris

Cereália ou Ludi Ceriales ("jogos de Ceres") era um festival em honra a Ceres, deusa dos grãos e dos cereais, realizado na Roma Antiga. O festival foi instituído no século III a.C. e se iniciava no dia 12 de abril, tendo a duração de 7 dias. Pouco se sabe sobre a Cereália e os rituais de veneração a Ceres, devido à falta de estudos sobre o tema.

O rapto de Prosérpina[editar | editar código-fonte]

Representação do rapto de Prosérpina, de Luca Giordano

O rapto de Prosérpina, filha de Ceres e Júpiter, é retratado na obra Os Fastos, de Ovídio e é uma lenda muito conhecida da mitologia romana.

Enquanto esta deusa colhia flores em um campo, foi raptada por Plutão, tornando-se esposa dele. A obra de Ovídio conta o desespero de Ceres e a busca da deusa pela sua filha, que foi levada às profundezas da Terra. Diz-se que a deusa raptada não podia comer nada que lhe fosse oferecido, caso contrário nunca mais voltaria para casa. Entretanto, ela comeu sementes de romã, o que a prendeu definitivamente em seu cativeiro.

Zeus tentou convencer Plutão a devolver Prosérpina e, quando esta comeu as sementes, ele interferiu. Definiu que a deusa a partir de então passaria uma metade do ano com o marido (autor do rapto) e uma metade com a mãe Ceres.

O rapto de Prosérpina parece estar relacionado com o festival da Cereália[carece de fontes?].

O festival[editar | editar código-fonte]

Os jogos de Ceres (ludi cereales) consistiam na busca por Prosérpina e eram representados por mulheres de branco correndo com tochas acesas. O festival celebrava a chegada da primavera e o fim do inverno. O período do inverno simbolizaria a parte do ano em que a deusa Prosérpina passava com o marido.

Além disso, os jogos geralmente apresentavam atividades variadas nas quais os cidadãos poderiam participar. Essas atividades consistiam em concursos literários e de conhecimentos gerais, assim como corridas de biga. [1]

A veneração da deusa Ceres está associada às camadas plebeias da sociedade que dominavam o comércio de cereais. Pouco se sabe sobre os rituais em honra a esta deusa e ao festival da Cereália.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [[1]]Nova Roma

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Ovídio, Os Fastos, vol. IV, livro V.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Religião na Roma Antiga
Festivais
Festas agrárias/rurais: Cereália | Consuália | Férias latinas | Florália | Fontinália | Fordicídia | Furrinália | Lucária | Meditrinália | Neptunália | Opália | Opiconsiua | Parília | Portunália | Robigália | Sementivae | Vinália | Volcanália | Volturnália

Festas cívicas: Armilústria | Carmentália | Ferália | Larentália | Lemúria | Liberália | Lupercália | Matronália | Poplifúgia | Quirinália | Regifúgio | Saturnália | Terminália | Vestália
Festas militares: Equírria | Quinquátria
Festas do calendário: Agonália | Brumália | Diuália | Matrália
Outras festas: Augustália | Bacanália | Juvenália | Jogos Apolinários | Jogos Plebeus | Jogos Romanos | Jogos Seculares | Nerônia | Parentália