Cessna Citation

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Família Citation
New Zealand PW-51.svg
Um Cessna Citation II - Um clássico da aviação executiva, muitas unidades desse modelo ainda estão voando
Descrição
Tipo Jatos executivos
Fabricante Cessna Aircraft Company


Citation (pronuncia-se “saiteichan”) é uma marca registrada utilizada pela Cessna para a sua variada linha de jatos executivos. Ao contrário de um nome para um modelo particular de aeronave, essa marca se aplica a várias "famílias" de aeronaves com motores turbofan que vêm sendo produzidos ao longo dos anos, desde a década de 1970.

Dentro de cada uma das seis “famílias” distintas, muitas melhorias nos projetos das aeronaves foram realizadas, a maior parte delas como consequência de pressões do mercado aeronáutico mundial por mais economia, praticidade, conforto, modernidade e sofisticação, elegância e segurança, e resultaram em um grande número de variantes, de forma que a linha Citation tornou-se um pouco complexa.

Existem também variantes militares, como as séries T-47 e UC-35.

No competitivo mercado mundial de jatos executivos, a fabricante norte americana Cessna Aircraft Company enfrenta atualmente forte concorrência de grandes fabricantes que também detêm alta tecnologia na construção de aeronaves executivas, incluindo a americana Learjet (propriedade da Bombardier), a canadense Canadair (também propriedade de Bombardier), a fabricante suíça Pilatus, a brasileira Embraer, a francesa Dassault Falcon, a americana Gulfstream (subsidiária da General Dynamics), a japonesa Honda, a americana New Piper Aircraft e a Cirrus Aircraft.

Atualmente, a Cessna é propriedade da holding americana Textron Company, que também é proprietária da Beechcraft Corporation, outro tradicional fabricante de jatos executivos.

Linha de Produtos Citation[editar | editar código-fonte]

Série 500 (1ª geração)


  • FanJet 500, o protótipo do primeiro modelo da família Citation, voou pela primeira vez em 15 de setembro de 1969.[1]
  • Citation I (Modelo 500) - Originalmente chamado de Citation 500 antes que a Cessna o denominasse Citation I, momento pelo qual o projeto mudou um pouco do FanJet 500. O primeiro Citation I foi um dos primeiros jatos executivos leves disponíveis no mercado a serem motorizados com reatores do tipo turbofan. Foi um grande sucesso de vendas e a produção cessou em 1985.[2]
Citation I - O mais antigo membro da “família” Citation, muitas unidades desse modelo de aeronave ainda estão em operação.
  • Citation I/SP (Modelo 501 / Single Pilot) - Uma versão melhorada do Citation 500, certificada para operações com apenas um piloto.[3]
  • Citation II (Modelo 550) - É um modelo derivado do Citation I (Citation 500), um projeto de aeronave com fuselagem mais comprida e asas maiores, portanto mais confortável. Aeronave produzida pela primeira vez em 1978. Inicialmente substituída pelo S/II em produção, mas foi trazida de volta e produzida lado a lado com o S/II até que o Citation Bravo fosse lançado.[4] [5]
  • Citation II/SP (Modelo 551 / Single Pilot) - Uma versão melhorada do Citation II, certificada para operações com apenas um piloto.[4] [7]
  • Citation S/II (Modelo S550) - Incorporou melhorias, principalmente um novo projeto de asa e motores melhorados. A produção foi simultânea à do modelo II até que o Citation V fosse lançado em 1989.[4] [8]


Série 500 (2ª Geração)

  • Citation Bravo (Modelo 550B) - Na prática, é um modelo Citation II ou S/II bem melhorado, com novos motores PW530A, mais econômicos e com custo de manutenção reduzido para 5.000 horas de vôo para cada Overhaul (revisão geral), e a introdução do sistema de navegação EFIS (Electronic Flight Instrument System, aviônicos Primus 1000.[9] [10] O último Citation Bravo saiu da linha de produção no final de 2006, encerrando quase 10 anos de produção, um total de 337 aeronaves.[11]
  • Citation V (Modelo 560) - Versão alongada, bem mais confortável, projetada a partir do Citation II, com motores JT15D-5A mais potentes[12] [13]
  • Citation Ultra (Modelo 560) - Na prática, é um modelo Citation V melhorado, com motores JT15D-5D mais potentes, e instrumentos EFIS (Sistema Eletrônico de Voo por Instrumentos)[13]
    USMC UC-35D em Mojave.
  • UC-35A - Versão de transporte do exército da versão V Ultra.
  • UC-35C - Versão para a marinha do V Ultra.[14]
  • Citation Encore (Modelo 560) - Na prática, é um modelo Citation Ultra bem melhorado, com novos motores PW535A, mais econômicos e com custo de manutenção reduzido para 5.000 horas de vôo para cada Overhaul (revisão geral), e a introdução do sistema de navegação EFIS (Electronic Flight Instrument System), e um trem de pouso do tipo trailing-link para pousos mais suaves.[13]
  • UC-35B - Versão de transporte do exército do Encore.
  • UC-35D Versão da marinha do Encore.[14]
  • Citation Encore+ (Modelo 560) - Um Encore melhorado, inclui o sistema FADEC (Full Authority Digital Engine Control) e aviónica redesenhada. O FADEC é um sistema de gerenciamento do funcionamento dos motores, ele evita que certos parâmetros de segurança no funcionamento deles sejam ultrapassados, evitando danos por funcionamento incorreto e aumentando a vida útil deles.[13]


Série 650 (1ª Geração)

  • Citation III (Modelo 650) - Aeronave de alta performance, projeto completamente novo, totalmente original, projetado para viagens internacionais e intercontinentais. O Citation III foi o primeiro modelo de aeronave da Cessna em que a maioria dos passageiros de estatura de até 1,65 metro podem, em voo de cruzeiro, usar o corredor da cabine da aeronave para acessar a sua galley e o seu toalete sem necessidade de se curvar.[15] [16] [17]
  • Citation IV - Foi uma atualização proposta do III, mas cancelado pela Cessna.[15]
  • Citation VI (Modelo 650) - Foi um derivado de baixo custo do III que possuía uma suíte de aviônicos mais simples e interior não personalizável.[15] [16]


Série 650 (2ª Geração)

  • Citation VII (Modelo 650) - Aeronave de alta performance, foi uma versão melhorada do Citation III, com motores mais potentes, que esteve em produção entre 1992 e 2000.[15] [18]


Série 750

  • Citation X (Modelo 750) (X é um número romano para dez) - Aeronave sofisticada, de alta performance e aerodinâmica refinada, um projeto quase completamente novo, aeronave muito confortável (7,31 metros de espaço na cabine), o mais rápido avião civil do mundo desde a retirada do Concorde.[19] 7,31 m de espaço na cabine.[20]
  • Citation Ten - Aeronave derivada do Citation X, com fuselagem mais comprida (aproximadamente 50 centímetros a mais), resultando em uma cabine muito confortável.


Cessna 560XL Citation Excel da Força Aérea da Suíça.

Série 560 XL

  • Citation Excel (Modelo 560XL) - Aeronave derivada do Citation VII, porém com um número de mudanças que o torna um projeto diferente: Os engenheiros da Cessna aproveitaram o projeto bem sucedido de asas retas do Citation V Ultra e o projeto de cauda do Citation V. O resultado foi uma aeronave confortável, projetada para viagens interestaduais e internacionais, com novos motores PW545A e com capacidade bem razoável de pousar e decolar em pistas de pouso de médio tamanho.[21] [22]
  • Citation XLS - Versão melhorada do Citation Excel.
  • Citation XLS+ - Versão melhorada do Citation XLS, Incluindo o sistema FADEC (Full Authority Digital Engine Control) e um sistema de aviônicos redesenhado.[23]


Série 680

  • Citation Sovereign (Modelo 680) - É uma aeronave derivada do Citation Excel, mas com fuselagem muito mais comprida que a fuselagem do Excel, é uma aeronave muito confortável. O projeto de asas retas é quase completamente novo, inspirado nos conceitos de asa do Citation CJ4, o que possibilita bom desempenho nas operações com pousos e decolagens em pistas de médio tamanho.[24] [25] [26]


Série 500 (3ª Geração)

  • CitationJet (Modelo 525) - Projeto quase completamente novo, com um grande número de mudanças e inovações.[27] Jatinho executivo de pequeno porte. È o primeiro modelo de uma série de grande sucesso de vendas.
  • CJ1 (Modelo 525) - Versão melhorada do CitationJet[27]
  • CJ1+ (Modelo 525) - Versão melhorada do CJ1 com novos motores, aviônicos, e sistema FADEC. [28] [29]
  • CJ2 (Modelo 525A) - Aeronave derivada do Citation CJ1, com cabine alongada para aumentar a capacidade de transportar passageiros. É um sucesso de vendas.[27]
  • CJ2+ (Modelo 525A) - Versão melhorada do CJ2 com performance melhorada, novos aviônicos e sistema FADEC.[30]
  • CJ3 (Modelo 525B) - Aeronave derivada do Citation CJ2, com cabine alongada para acomodar com mais conforto sete ou oito passageiros.[31]
  • CJ4 (Modelo 525C) - Aeronave derivada do Citation CJ3, com novos motores Williams FJ44-4 mais potentes, com mesmo conceito de asas retas usado para o modelo Sovereign.[32] O primeiro voo do CJ4 ocorreu na primeira metade do ano de 2008 com entregas para os clientes iniciando em 2010. [33]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Principais concorrentes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. O Cessna 500 & 501 Citation, Citation I & Citation I/SP no site Airliners.net
  2. Dados do Citation I pela Aviation Safety Network
  3. Dados do Citation I/SP pela Aviation Safety Network
  4. a b c O Cessna Citation II & Bravo no site Airliners.net
  5. Dados do Citation II pela Aviation Safety Network
  6. Informação do OT-47B pela GlobalSecurity.org
  7. Dados do Citation II/SP pela Aviation Safety Network
  8. Dados do Citation S550 pela Aviation Safety Network
  9. Dados do Citation Bravo pela Aviation Safety Network
  10. "Cessna Citation Bravo Light Business Jet Cessna Citation Bravo Light Business Jet, USA", Aerospace-Technology.com
  11. Comunicação à imprensa pela Cessna Recent Milestones for Cessna’s Citation Business Jet Programs July 17, 2006
  12. O Cessna 560 Citation V, Ultra & Encore no site Airliners.net
  13. a b c d Dados do Citation V, Ultra and Encore pela Aviation Safety Network
  14. a b [1]
  15. a b c d O Cessna Citation III, VI & VII no site Airliners.net
  16. a b Dados do Citation III e VI pela Aviation Safety Network
  17. "Cessna Citation CJ3 Business Jet Cessna Citation CJ3 Business Jet, USA", Aerospace-Technology.com
  18. Dados do Citation VII pela Aviation Safety Network
  19. O Cessna Citation X no site Airliners.net
  20. Web site do Cessna Citation X
  21. O Cessna 560XL Citation Excel no site da Airlines.net
  22. Dados do Citation Excel pela Aviation Safety Network
  23. Web site do Cessna XLS+
  24. O Cessna 680 Citation Sovereign no site Airliners.net
  25. Dados do Citation 680 Sovereign pela Aviation Safety Network
  26. Website do Cessna Sovereign
  27. a b c O Cessna CitationJet, CJ1 & CJ2 no site Airliners.net
  28. Web site do Cessna Citation CJ1+
  29. "O novo Cessna Citation CJ1 recebe certificação tipo da FAA", Jobwerx News
  30. Web site do Cessna CJ2+
  31. Web site do Cessna Citation CJ3
  32. Web site do Cessna Citation CJ4
  33. Informativo à imprensa da Cessna Cessna lança o Citation CJ4 na NBAA; Inicia o show com 70 pedidos Cessna In the News, October 16, 2006
  34. Web Site do Cessna Citation Mustang

Ligações externas[editar | editar código-fonte]