Chael Sonnen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Chael Sonnen
Nome de nascimento Chael Patrick Sonnen
Data de nascimento 3 de abril de 1977 (37 anos)
Local de nascimento Milwaukie, Oregon
 Estados Unidos
Outros nomes Gangster de Oregon
Nacionalidade Povo dos Estados Unidos norte-americano
Altura 1,85 m
Peso 93 kg
Divisão Peso Meio-Pesado e Peso Médio
Modalidade Wrestling
Boxe
Luta por West Linn, Oregon
 Estados Unidos
Equipe Estados Unidos Team Quest
Anos ativo 1997 - presente
Cartel no MMA
Total 43
Vitórias 28
Por nocaute 7
Por finalização 5
Por decisão 16
Derrotas 14
Por nocaute 5
Por finalização 8
Por decisão 1
Empates 1
Outras informações
Chael Sonnen no Sherdog
Medalhista
Competindo por  Estados Unidos
Campeonato Mundial Universitário
Prata Luta Greco Romana - Tokyo 2000 85Kg

Chael Patrick Sonnen (Milwaukie, 3 de abril de 1977) é um ex-lutador de artes marciais mistas. Venceu inúmeros torneios de wrestling. Competiu na categoria dos Meio-Pesados do Ultimate Fighting Championship (UFC) e já venceu lutadores de nome: Paulo Filho, Mauricio Shogun, Yushin Okami, Nate Marquardt, Jason Miller, Michael Bisping, Brian Stann e Dan Miller.

No dia 11 de Junho de 2014,Chael Sonnen anunciou á sua aposentadoria do MMA,após ser pego no exame antidoping.


Carreira no MMA[editar | editar código-fonte]

Em 2008, Sonnen disputaria pelo cinturão do WEC pela segunda vez. Porém seu adversário, o então invicto Paulo Filho, não bateu o peso da categoria e portanto a luta não seria válida pelo cinturão. Sonnen dominou a luta e venceu por decisão unanime e foi considerado o campeão moral. Após a luta, Paulo Filho, entregou o cinturão em gesto de reconhecimento para o americano !

Disputa pelo Cinturão[editar | editar código-fonte]

Ficou famoso no Brasil por suas inúmeras ofensas ao país e ao povo brasileiro[1] e frases desrespeitosas a Anderson Silva antes da luta entre eles pelo cinturão peso médio do UFC. Nesta luta, Chael ganhou os quatro primeiros rounds aplicando a sua especialidade (quedas) e trabalhando o ground and pound. Anderson Silva perderia a luta por pontos a não ser que conseguisse finalizar ou nocautear o rival no último round. No quinto assalto, o brasileiro conseguiu aplicar um triângulo, forçando Sonnen a desistir.

Suspensão por Doping[editar | editar código-fonte]

Também foi neste evento que o lutador foi pego por estar com as proporções entre a testosterona sintética e a orgânica altamente alteradas (17:1-dezessete vezes mais que o permitido). Ainda assim a rigorosa Comissão Atlético da Califórnia suspendeu o atleta por um ano[2] . Porém, Chael Sonnen apelou à Comissão Atlética de Nevada que baixou a suspensão para apenas seis meses. Em sua defesa, Chael Sonnen alegou que sofria de uma doença chamada hipogonadismo, também muito comum em pessoas que usaram esteroides anabolizantes.

Pós-Disputa pelo Cinturão[editar | editar código-fonte]

Haveria rumores que ele iria enfrentar o lutador japonês Yoshihiro Akiyama no ufc 129, porém Sonnen foi acusado por sonegação de impostos e admitiu ser culpado. Foi condenado em 8 de abril de 2011 a 2 anos de liberdade condicional, multa de 10 mil doláres e a perda de sua licença de corretor de imóveis. Em seguida enfrentou Brian Stann e Michael Bisping, vencendo ambos. Dessa forma, tornou-se o desafiante número 1 novamente.

Silva vs Sonnen 2[editar | editar código-fonte]

A exemplo da primeira luta Chael Sonnen aplicou seu jogo sobre o campeão Anderson Silva, Sonnen ficou por cima durante todo o primeiro round. Porém no segundo ao tentar um golpe giratório o "Gangster de Oregon" se desequilibrou e acabou facilitando o trabalho de Anderson que venceu a luta por Nocaute Técnico.

TUF 17[editar | editar código-fonte]

No fim de 2012, Sonnen e Jon Jones foram os técnicos do The Ultimate Fighter 17. Chael teve uma atuação de grande destaque, e muitos setores especializados o elegeram como melhor técnico da história do TUF. Seus discursos eram momentos amplamente aguardados. A final aconteceu entre o badalado Uriah Hall e o azarão Kelvin Gastelum, ambos do Team Sonnen.

Jones vs. Sonnen[editar | editar código-fonte]

Como foram técnicos do TUF, Sonnen e Jones se enfrentaram em 27 de Abril de 2013 no UFC 159 pelo Cinturão Meio Pesado do UFC. Jones conseguiu um nocaute técnico ainda no primeiro round com cotoveladas e socos à partir do ground and pound. Jon Jones sofreu uma lesão no dedão do pé direito, o que poderia ter causado a paralisação da luta, e o título iria para Chael Sonnen, caso a luta chegasse ao segundo round.[3]

Shogun vs. Sonnen[editar | editar código-fonte]

Após a lesão de Antônio Rogério Nogueira, que enfrentaria Maurício Shogun em 15 de Junho de 2013 no UFC 161, Sonnen foi chamado pra substituir o brasileiro. Porém, a luta teve que ser cancelada por Sonnen, que foi chamado de última hora, não conseguir visto em tempo suficiente para entrar no Canadá.

Então, a luta foi remarcada para 17 de Agosto de 2013 no evento principal do UFC Fight Night: Shogun vs. Sonnen. Sonnen dominou e finalizou Maurício Shogun com uma guilhotina aos 4m47s do 1°round.

Esta foi a primeira vitória de Sonnen contra um ex-campeão do UFC[4] . Segundo o próprio Sonnen, esta foi a maior vitória de sua carreira[5] :

Cquote1.svg "O cara é um ex-campeão mundial. Ele vai estar no Hall da Fama. Ele venceu Chuck Liddel, Forrest Griffin e Lyoto Machida, e até mesmo caras como Kevin Randleman e Mark Coleman. É gostoso conseguir uma vitória contra um cara bom. É a maior vitória que eu tive![5] Cquote2.svg
Chael Sonnen, após a vitória sobre Maurício Shogun

Evans vs. Sonnen[editar | editar código-fonte]

Sonnen enfrentou seu amigo Rashad Evans no dia 16 de Novembro de 2013 no UFC 167, e perdeu por nocaute técnico no primeiro round.

The Ultimate Fighter Brasil 3[editar | editar código-fonte]

Na madrugada de segunda para terça (dia 21 para 22) de outubro Dana White anunciou os técnicos da próxima edição do TUF Brasil, a edição será comandada pelos treinadores Wanderlei Silva e Chael Sonnen. [6]


Pós TUF Brasil 3[editar | editar código-fonte]

Chael Sonnen era esperado para enfrentar seu desafeto Wanderlei Silva no UFC 175, porém Wanderlei faltou aos exames anti-doping e foi retirado do card. O substituto de Wanderlei seria Vitor Belfort que já estava liberado para lutar no estado de Nevada após o polêmico caso de TRT. No dia 10 de junho de 2014, foi revelado pela ESPN dos Estados Unidos que Chael Sonnen havia falhado no teste anti-doping. O resultado do exame confirmou as presenças de anastrozol e clomifeno. As substâncias flagradas no exame são classificadas como antiestrogênicas. Anastrozol é usado para combater os primeiros estágios de câncer de mama, enquanto o clomifeno é ministrado em casos de infertilidade feminina.[7] .

Aposentadoria[editar | editar código-fonte]

Chael anunciou sua aposentadoria no dia 11 de junho de 2014, após ser pego em exame antidoping prestes a enfrentar Vitor Belfort no dia 5 de julho pelo card UFC 175. [8] Chael havia sido escolhido após a desclassificação de Wanderlei Silva por fugir do exema antidoping.[9] A luta seria nos meio-pesados e o vencedor enfrentaria o campeão dos médios, à época, Chris Weidman.[10]

Chael Sonnen aposenta-se deixando centenas de milhares de fãs ao redor do mundo, Inclusive no Brasil (onde foi odiado por muito tempo pelos Brasileiros, por declarações contra AS). Sai de cena, sendo considerado um dos maiores trash-talkers e wrestler da história das artes marciais mistas. Considerado o Dan Severn moderno.

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 28-14-1 Estados Unidos Rashad Evans Nocaute Técnico (socos) UFC 167: St.Pierre vs. Hendricks 16/11/2013 1 4:05 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 28-13-1 Brasil Mauricio Shogun Finalização (guilhotina) UFC Fight Night: Shogun vs. Sonnen 17/08/2013 1 4:47 Estados Unidos Boston, Massachusetts Finalização da Noite.
Derrota 27-13-1 Estados Unidos Jon Jones Nocaute Técnico (socos e cotoveladas) UFC 159: Jones vs. Sonnen 27/04/2013 1 4:33 Estados Unidos Newark, New Jersey Pelo Cinturão Meio Pesado do UFC
Derrota 27-12-1 Brasil Anderson Silva Nocaute Técnico (joelhada e socos) UFC 148: Silva vs. Sonnen II 07/07/2012 2 1:55 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Pelo Cinturão Peso Médio do UFC
Vitória 27-11-1 Reino Unido Michael Bisping Decisão (unânime) UFC on Fox: Evans vs. Davis 28/01/2012 3 5:00 Estados Unidos Chicago, Illinois Se tornou o desafiante Nº1 ao Título
Vitória 26-11-1 Estados Unidos Brian Stann Finalização (triângulo de braço) UFC 136: Edgar vs. Maynard 08/10/2011 2 3:51 Estados Unidos Houston, Texas
Derrota 25-11-1 Brasil Anderson Silva Finalização (triângulo) UFC 117: Silva vs. Sonnen 07/08/2010 5 3:32 Estados Unidos Oakland, California Pelo Cinturão Peso Médio do UFC; Luta da Noite; Luta do Ano(2010); Sonnen falhou no antidoping
Vitória 25-10-1 Estados Unidos Nate Marquardt Decisão (unânime) UFC 109: Relentless 23/05/2010 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Se tornou o desafiante Nº1 ao Título.Luta da Noite.
Vitória 24-10-1 Japão Yushin Okami Decisão (unânime) UFC 104: Machida vs. Shogun 24/10/2009 3 5:00 Estados Unidos Los Angeles, California
Vitória 23-10-1 Estados Unidos Dan Miller Decisão (unânime) UFC 98: Evans vs. Machida 23/05/2009 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Derrota 22-10-1 Brasil Demian Maia Finalização (triângulo) UFC 95: Sanchez vs. Stevenson 20/02/2009 1 2:37 Inglaterra Londres Retornou para o UFC
Vitória 22-9-1 Brasil Paulo Filho Decisão (unânime) WEC 36 05/11/2008 3 5:00 Estados Unidos Hollywood, Florida Luta não valeu o cinturão; Filho não bateu o peso
Vitória 21-9-1 Estados Unidos Bryan Baker Decisão (unânime) WEC 33 26/03/2008 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Derrota 20-9-1 Brasil Paulo Filho Finalização (chave de braço) WEC 31 12/12/2007 2 4:55 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Retornou para o WEC; Pelo Cinturão Peso Médio do WEC
Vitória 20-8-1 Estados Unidos Kacey Uscola Nocaute Técnico (socos) SportFight 20: Homecoming 27/10/2007 1 4:31 Estados Unidos Portland, Oregon
Vitória 19-8-1 Arménia Amar Suloev Nocaute Técnico (socos) Bodog Fight: Alvarez vs. Lee 18/02/2007 1 3:33 Estados Unidos Trenton, New Jersey
Vitória 18-8-1 Estados Unidos Tim McKenzie Finalização (triângulo de braço) Bodog Fight: Costa Rica 14/07/2007 1 0:13 Costa Rica
Vitória 17-8-1 Rússia Oleksiy Oliynyk Decisão (unânime) Bodog Fight: USA vs. Russia 02/12/2006 3 5:00 Canadá Vancouver, British Columbia
Vitória 16-8-1 Estados Unidos Tim Credeur Nocaute Técnico (socos) Bodog Fight: Costa Rica 22/08/2006 1 2:18 Costa Rica
Derrota 15-8-1 Estados Unidos Jeremy Horn Finalização (chave de braço) UFC 60: Hughes vs. Gracie 27/05/2006 2 1:17 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 15-7-1 África do Sul Trevor Prangley Decisão (unânime) UFC Fight Night 4 06/04/2006 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Retornou para os Pesos Médios
Derrota 14-7-1 Brasil Renato Sobral Finalização (triângulo) UFC 55: Fury 07/10/2005 2 1:20 Estados Unidos Uncasville, Connecticut Estréia no UFC; Luta no Peso Meio Pesado
Vitória 14-6-1 Estados Unidos Tim Williams Nocaute (socos) SportFight 11: Rumble At The Rose Garden 09/07/2005 1 3:59 Estados Unidos Portland, Oregon
Vitória 13-6-1 Canadá Adam Ryan Nocaute Técnico (socos) Euphoria: USA vs. World 26/02/2005 1 3:49 Estados Unidos Atlantic City, New Jersey
Derrota 12-6-1 Estados Unidos Terry Martin Nocaute Técnico (intervenção médica) XFO 4 03/12/2004 2 5:00 Estados Unidos McHenry, Illinois
Vitória 12-5-1 Estados Unidos Alex Stiebling Decisão (unânime) WEC 12 21/10/2004 3 5:00 Estados Unidos Lemoore, California Estréia no WEC
Derrota 11-5-1 Estados Unidos Jeremy Horn Finalização (guilhotina) SportFight 6: Battleground In Reno 23/09/2004 2 2:35 Estados Unidos Reno, Nevada
Derrota 11-4-1 Japão Keiichiro Yamamiya Decisão (dividida) Pancrase: 2004 NeoBlood Tournament Final 25/07/2004 3 5:00 Japão Tóquio
Derrota 11-3-1 Estados Unidos Jeremy Horn Nocaute Técnico (corte) EC 57 06/05/2004 1 3:44 Estados Unidos Council Bluffs, Iowa
Vitória 11-2-1 Estados Unidos Justin Bailey Nocaute (socos) ROTR: Rage On The River 17/04/2004 1 2:54 Estados Unidos Redding, California
Vitória 10-2-1 Arménia Arman Gambaryan Decisão (unânime) Euphoria: Russia vs USA 13/03/2004 3 5:00 Estados Unidos Atlantic City, New Jersey
Vitória 9-2-1 Estados Unidos Homer Moore Decisão (unânime) ROTR 4.5: Proving Ground 27/12/2003 3 5:00 Estados Unidos Hilo, Hawaii
Vitória 8-2-1 Estados Unidos Greg Curnut Nocaute Técnico (socos) FCFF: Rumble At Roseland 10 13/12/2003 1 1:07 Estados Unidos Portland, Oregon
Vitória 7-2-1 Estados Unidos Jason Lambert Decisão (Unânime) Gladiator Challenge 20 13/11/2003 3 5:00 Estados Unidos Colusa, California Ganhou o Cinturão dos Meios Pesados do Gladiator Challenge
Derrota 6-2-1 Estados Unidos Forrest Griffin Finalização (triângulo) IFC: Global Domination 06/09/2003 1 2:25 Estados Unidos Denver, Colorado
Empate
6-1-1 Japão Akihiro Gono Empate Pancrase: Hybrid 2 16/02/2003 2 5:00 Japão Osaka
Derrota 6-1 África do Sul Trevor Prangley Finalização (chave de calcanhar) XFA 5: Redemption 25/01/2003 1 2:49 Estados Unidos West Palm Beach, Florida
Vitória 6-0 Estados Unidos Justin Hawes Nocaute Técnico (socos) UFCF: Rumble In Rochester 24/08/2002 2 0:37 Estados Unidos Rochester, Washington
Vitória 5-0 Estados Unidos Jesse Ault Decisão (unânime) RFC 1: The Beginning 13/07/2002 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 4-0 Estados Unidos Scott Shipman Finalização Verbal (chave de braço) Dangerzone: Caged Heat 13/04/2002 2 7:08 Estados Unidos New Town, North Dakota Venceu o torneio de Meio Pesados do Dangerzone; Ganhou o Cinturão dos Meios Pesados do Dangerzone
Vitória 3-0 Estados Unidos Jesse Ault Decisão (unânime) Dangerzone: Caged Heat 13/04/2002 2 5:00 Estados Unidos New Town, North Dakota Semifinal do torneio de Meio Pesados do Dangerzone
Vitória 2–0 Estados Unidos Jason Miller Decisão (unânime) HFP 1: Rumble On The Reservation 30/03/2002 2 5:00 Estados Unidos Anza, California
Vitória 1–0 Estados Unidos Ben Hailey Decisão (unânime) Battle of Fort Vancouver 10/05/1997 1 N/A Estados Unidos Vancouver, Washington

Referências