Chaos (astrogeologia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Conamara Chaos em Europa

Em astrogeologia, chaos (ou terreno caótico) é o termo utilizado para descrever áreas na superfície de planetas onde formações como tergos, rachaduras, e planícies parecem estar dispostas de maneira desorganizada e ao mesmo tempo ligadas entre si. Os terrenos caóticos são uma característica notável do planeta Marte e da lua de Júpiter Europa. Na nomenclatura científica, "chaos" é utilizado como um componente de substantivos próprios (exemplo; "Aureum Chaos" em Marte).[1]

Terrenos caóticos em Marte[editar | editar código-fonte]

Em 1º de abril de 2010, a NASA publicou as primeiras imagens sob o programa HiWish no qual as pessoas sugeriram que apenas planícies fossem fotografadas pela HiRISE. Uma das oito localidades era Aureum Chaos.[2] A primeira imagem abaixo fornece uma visão ampla da área. As próximas duas imagens são do HiRISE image.[3]

Causas[editar | editar código-fonte]

As causas específicas dos terrenos caóticos ainda não são bem compreendidas. Várias forças astrogeológicas diferentes tem sido propostas como causadoras do terrenos caóticos. Em Europa, eventos de impacto e subsequente penetração em um duto ou crosta líquida tem sido sugeridos.[4]

Acredita-se que os terrenos caóticos de Marte estejam associados a grandes quantidades de água. As formações caóticas podem ter entrado em colapso quando a água veio à superfície. Rios marcianos se iniciam com uma região caótica. Uma região caótica pode ser reconhecida por um aninhado de mesas, buttes, e colinas, atravessados por vales que em alguns locais parecem apresentar padrões. Algumas partes dessa área caótica não entraram em colapso completamente — elas ainda são formadas por mesas extensas, o que implica que elas podem ainda conter gelo.[5] Terrenos caóticos ocorrem em vários locais em Marte, e sempre dão uma forte impressão de que algo perturbou o solo repentinamente. As regiões caóticas se formaram há muito tempo. Através da contagem de crateras (mais crateras em determinada área indica uma superfície mais antiga) e através do estudo da relação dos vales com outras formações geológicas, os cientistas concluiram que os canais se formaram há 2.0-3.8 bilhões de anos atrás.[6]

Na cultura popular[editar | editar código-fonte]

  • Na série gráfica Watchmen, Dr. Manhattan pondera sobre os pontos de vista alternativos sobre a existência, e diz que Marte não escolheu a vida, mas ao invés, "terreno caótico".

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]