Chaputa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaChaputa
Brama brama.jpg

Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Actinopterygii
Ordem: Perciformes
Família: Bramidae
Género: Brama
Espécie: B. brama
Nome binomial
Brama brama
(Bonnaterre, 1788)

A Chaputa (Brama brama) é um peixe mesopelágico da família Bramidae que pode ser encontrado nos oceanos Atlântico, Índico e Pacífico Sul e no Mar Mediterrâneo a profundidades até 1 000 metros em águas com temperaturas entre os 12 e os 24 °C. No Atlântico Norte distribui-se desde a Noruega até às costas de Marrocos. Geralmente apresenta-se com comprimento máximo entre os 40 cm e 1 metro.

Forma pequenos cardumes, alimentando-se de pequenos peixes, cefalópodes anfípodes e krill. Era uma das espécies mais abundantes e apreciadas até à década de 1970 devido à qualidade da sua carne bem como ao preço acessível, sendo ainda hoje muito consumido.

Características físicas[editar | editar código-fonte]

A barbatana caudal é bifurcada e os seus olhos grandes. As barbatanas peitorais são longas e em forma de gadanha. As escamas são ligeiramente serrilhadas dando ao corpo uma textura áspera. A boca contém muita filas de pequenos dentes que ajudam na ingestão de pequenos peixes e camarões.

Apresenta cor prateada, mais escura na parte superior, ligeiramente mais pálida na parte inferior, e os olhos são dourados.

Referências[editar | editar código-fonte]