Charles-Antoine Coypel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Charles-Antoine Coypel, auto-retrato, 1734.
Charles-Antoine Coypel, Molière

Charles-Antoine Coypel (*11 de julho de 1694 – †15 de junho de 1752) foi um pintor francês, comentarista de arte e dramaturgo. Ele viveu em Paris.[1] Ele foi filho do pintor Antoine Coypel e neto do também pintor Noël Coypel,[2] também foi sobrinho de Noël-Nicolas Coypel.[3] Charles-Antoine herdou os direitos dos desenhos e pinturas como premier peintre du roi (primeiro pintor do rei) de seu pai quando ele morreu em 1722. Ele tornou-se premier peintre du roi e diretor da Académie Royale em 1747. Ele recebeu um número de encomendas de pinturas para o Palácio de Versalhes, e trabalhou para a Madame de Pompadour, amante do rei.[4]

Coypel era um excelente designer de tapeçaria. Ele projetou tapeçarias para as Fábrica Gobelins. Suas tapeçarias de sucesso foram criadas a partir de uma série ilustrando Don Quixote.[4] Coypel foi o primeiro a ilustrar Don Quixote de forma sofisticada. Estas ilustrações foram pintados como desenhos para tapeçarias, e foram gravadas e publicadas em um fólio de luxo em Paris, em 1724.[5] Coypel criou vinte e oito pinturas pequenas para estas tapeçarias ao longo de vários anos. Cada uma das pinturas foi usado como a peça central de uma área maior, que foi ricamente decorada com aves, pequenos animais, e guirlandas de flores sobre um fundo estampado. Mais de duzentas peças da série D. Quixote foram tecidas entre 1714 e 1794.[6] Ele recebeu uma cpedido para criar uma série de cenas teatrais para tapeçarias para a rainha da Polônia em 1747.[4] Escreveu também em prosa, várias comédias, duas tragédias, e alguma poesia.[4]

Referências

  1. Craske, Matthew, 1997, Art in Europe 1700-1830: A History of the Visual Arts in an Era of Unprecedented Urban Economic Growth, Oxford University Press, ISBN 0192842064, p. 145.
  2. artnet.com: Resource Library: Coypel: (2) Antoine Coypel (asp) (em inglês) Artnet.com. Visitado em 30 de junho de 2011.
  3. The Art of France, 1700-1800 (pdf) (em inglês) Willemswebs.com. Visitado em 30 de junho de 2011.
  4. a b c d Charles-Antoine Coypel The Getty Museum.
  5. Paulson, Ronald, 1998, Don Quixote in England: The Aesthetics of Laughter, Johns Hopkins University Press, ISBN 0801856957, p.45.
  6. Jenkins, D.T., 2003, The Cambridge History of Western Textiles, Cambridge University Press, ISBN 0521341078, p.612.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Charles-Antoine Coypel
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.