Charles Antony Richard Hoare

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo. Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Charles Antony Richard Hoare
Ciência da computação
Sir Charles Antony Richard Hoare em uma conferência na Escola Politécnica Federal de Lausanne, em 20 de junho de 2011
Nacionalidade Reino Unido Britânico
Nascimento 11 de janeiro de 1934 (80 anos)
Local Colombo
Atividade
Campo(s) Ciência da computação
Instituições Queen's University de Belfast, Universidade de Oxford, Universidade Estatal de Moscou, Microsoft Research
Alma mater Merton College (Oxford), Universidade Estatal de Moscou
Orientado(s) Clifford Jones, Andrew William Roscoe, Augusto Sampaio[1]
Conhecido(a) por Quicksort, Lógica de Hoare, CSP
Prêmio(s) Prêmio Turing (1980), Medalha Faraday (1985), Prêmio Pioneiro da Computação (1990), Prêmio Kyoto (2000), Prêmio Friedrich L. Bauer (2007), Medalha John von Neumann IEEE (2011)

Sir Charles Antony Richard Hoare, também conhecido como Tony Hoare ou C. A. R. Hoare (Colombo, 11 de janeiro de 1934[2] ), é um informático britânico.

Conhecido pelo desenvolvimento do Quicksort em 1960, o algoritmo de ordenação mais utilizado no mundo, e muito provavelmente o algoritmo mais usado dentre todos os tipos existentes. Ele também desenvolveu a Lógica de Hoare e a linguagem formal CSP, usada para especificar interações entre processos concorrentes e que serviu de inspiração para a linguagem de programação Occam.

Nascido em Colombo, Sri Lanka, de pais nascidos no Reino Unido, graduou-se Bacharel pela Universidade de Oxford em 1956. Ele permaneceu ainda um ano em Oxford estudando Estatística em nível de graduação, e em seguida estudou tradução computacional de linguagens humanas na Universidade de Moscou, na Rússia. Em 1960 começou a trabalhar na Elliot Brothers, Ltd, uma pequena firma de desenvolvimento de programas, onde implementou a ALGOL 60 e começou a trabalhar inicialmente desenvolvendo algoritmos.[3] Tornou-se professor de Ciência da Computação na Queen's University, em Belfast (Irlanda do Norte) em 1968, e em 1977 mudou-se para Oxford, também para trabalhar como professor. Hoje ocupa o cargo de Professor lá, e também é um dos pesquisadores mais antigos do centro de pesquisas da Microsoft em Cambridge, na Inglaterra.

Recebeu o Prêmio Turing da ACM de 1980, por "suas contribuições fundamentais para a definição e projeto de linguagens de programação". O prêmio lhe foi entregue na Conferência Anual da ACM em Nashville, Tennessee, em 27 de outubro de 1980, por Walter Carlson, presidente do comitê de premiação.[4]

Em 1985 foi eleito fellow da Royal Society.[5] Em 2005 foi eleito também fellow[6] da Royal Academy of Engineering.[7]

Livros[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Charles Antony Richard Hoare em Mathematics Genealogy Project
  2. "Birthdays Jan 10", The Times, 10 de janeiro de 2009. Página visitada em 9 de janeiro de 2010.
  3. C.A.R. Hoare. (February 1981). "The emperor's old clothes" (PDF). Communications of the ACM 24 (2): 5–83. DOI:10.1145/358549.358561. ISSN 0001-0782.
  4. Hoare, Charles Anthony Richard (27 de outubro de 1980). The Emperor's Old Clothes / The 1980 ACM Turing Award Lecture Association for Computing Machinery. Cópia arquivada em 3 de fevereiro de 2012.
  5. Fellows Royal Society. Visitado em 20 November 2010.
  6. List of Fellows.
  7. List of Fellows.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Kenneth Iverson
Prêmio Turing
1980
Sucedido por
Edgar Frank Codd


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Charles Antony Richard Hoare