Charles Frederick Hartt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Charles Frederick Hartt.jpg

Charles Frederick Hartt (23 Agosto de 1840, Fredericton, New Brunswick - 18 Março de 1878, Rio de Janeiro) foi um geólogo canadense-americano. Acompanhou Louis Agassiz, de quem foi aluno, em sua viagem ao Brasil. Durante esta expedição, explorou o litoral brasileiro, entre a Bahia e o Rio de Janeiro, reunindo grande coleção zoológica e tornando-se autoridade em História Natural da América do Sul. A partir de 1876, exerceu o cargo de diretor do museu Nacional do Rio de Janeiro, ao qual doou sua importantíssima coleção geológica. Durante os anos de 1875 e 1877, Hartt foi coordenador da Comissão Geológica do Império do Brasil, que foi constituída pelo Imperador D. Pedro II e tinha como enfoque preliminar o estudo da Geologia, da Paleontologia e das minas brasileiras [1] [2] .

Referências

  1. Bosetti, E.P.; Peyerl, D.; Horodyski, R. S. e Zabini, C. (2007) Formação Ponta Grossa : História, Fácies e Fósseis. IN: I Simpósio de Pesquisa em Ensino e História de Ciências da Terra e III Simpósio Nacional sobre Ensino e Geologia no Brasil, anais, Unicamp, Campinas, SP; pp. 353-360.
  2. Lange, F. W. (1954). Paleontologia do Paraná. IN: Paleontologia do Paraná, Curitiba. Comissão de Comemoração do Centenário do Paraná, dez., pp. 1-105.

Publicações[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikipedia-pt-hist-cien-logo.png Portal de história da ciência. Os artigos sobre história da ciência, tecnologia e medicina.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.