Charlie Francis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Charles Francis (13 de outubro de 1948 - 12 de maio de 2010) foi um treinador de atletismo, mais notável por ser o treinador do velocista Ben Johnson, o primeiro competidor a ter despojada uma medalha de ouro olímpica pelo o uso de substâncias proibidas, e os velocistas Angella Issajenko, Mark McKoy e Williams Desai. Francis foi banido pela federação canadense de atletismo após a sua admissão no inquérito Dubin 1989, que ele havia introduzido Johnson aos esteróides[1] .

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre atletismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.