Charroco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaHalobatrachus didactylus
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Osteichthyes
Subclasse: Actinopterygii
Ordem: Batrachoidiformes
Família: Batrachoididae
Género: Halobatrachus
Espécie: H. didactylus
Nome binomial
Halobatrachus didactylus
(Bloch & Schneider, 1801)

Halobatrachus didactylus é uma espécie de peixe pertencente à família Batrachoididae.

A autoridade científica da espécie é Bloch & Schneider, tendo sido descrita no ano de 1801.

Charroco[1] ou Xararoco[2] (também chamado de Encharroco ou Peixe-Sapo[3] ), é um peixe (nome científico: Halobatrachus didactylus) de clima subtropical, existente entre a Península Ibérica e o Golfo da Guiné.

O charroco é um peixe sem escamas, que pode atingir entre 40 cm e 62 cm de comprimento, e viver até 10 anos. Alimenta-se de caranguejos , pequenos peixes e pode até matar um tubarão. É um peixe solitário que vive, habitualmente, na areia ou em cavidades, e produz sons. A sua cor é castanho-esverdeada ou amarelada, com manchas escuras. Os seus olhos ficam situados no topo da cabeça.

Trata-se de uma espécie de água salobra e marinha. Atinge os 50 cm de comprimento total nos indivíduos do sexo masculino.

Portugal[editar | editar código-fonte]

Encontra-se presente em Portugal, onde é uma espécie nativa e ocasional.

Os seus nomes comuns são charroco ou manuel-carvalho.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Halobatrachus didactylus - Froese, R. and D. Pauly. Editors. 2014. FishBase. World Wide Web electronic publication. www.fishbase.org, (11/2014)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre peixes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


  1. Oceanário de Lisboa
  2. Câmara Municipal de Lisboa-Lisboa Verde
  3. Instituto Camões