Chefias da Serra Leoa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Chefias da Serra Leoa.
Serra Leoa
Coat of arms of Sierra Leone.svg

Este artigo é parte da série:
Política e governo da
Serra Leoa



Outros países · Atlas

As Chefias da Serra Leoa são as unidades de terceiro-nível de administração em Serra Leoa.

Os distritos da Serra Leoa são dividos em chiefdoms (chefias).

História e organização[editar | editar código-fonte]

Em 1896, as autoridades coloniais britânicas declararam um protetorado sobre os territórios do interior, e determinando que os chefes tradicionais, até então soberanos, passariam a funcionar como intermediários (p.ex., para a cobrança de impostos) entre o povo e a administração colonial. A partir daí, os britânicos formalizaram o processo de escolha e a esfera de autoridade dos chefes. Após a independência, o novo estado da Serra Leoa manteve o sistema dos chefes sem grandes alterações.

Em cada chefia há um chefe, eleito vitaliciamente pela "conselho da chefia" (uma assembleia reunindo os notáveis de cada território). Apenas podem concorrer às eleições membros de famílias que tenham no passado ocupado o cargo.

Província do Norte[editar | editar código-fonte]

Bombali (distrito)[editar | editar código-fonte]

Kambia (distrito)[editar | editar código-fonte]

Província do Sul[editar | editar código-fonte]

Província do Leste[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Serra Leoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.