Cheiro verde

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde junho de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.

Cheiro verde é o nome dado a um condimento. Consiste em uma mistura de salsinha e cebolinha.

Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

A salsa, salsinha ou perrexil (Petroselinum crispum (Mill.) Nym.; Apiaceae (Umbelliferae)) é uma planta herbácea bienal, podendo-se também cultivar como anual. Forma uma roseta empenachada de folhas muito divididas, alcança 15 cm de altura e possui talos floríferos que podem chegar a exceder 60 cm com pequenas flores verdes amareladas. O cultivo da salsa faz-se há mais de trezentos anos, sendo uma das plantas aromáticas mais populares da gastronomia mundial A variedade de salsa grande Petroselinum crispum tuberosum, possui uma raíz engrossada axonomorfa, parecida com a cherivia, esta é a que se consume como hortaliça crua ou cozida. Esta variedade tem folhas maiores e mais rugosas que a salsa comum, sendo mais semelhantes à espécie silvestre. As folhas de todos os tipos de salsa são ricas em vitaminas A, B1, B2, C e D, isto se consumidas cruas, já que o cozimento elimina parte dos seus componentes vitamínicos. A reprodução é feita por sementes, num local ensolarado e em solo que não seja demasiado compacto. Também pode ser cultivada em vasos fundos em uma janela ensolarada. As folhas frescas e tenras da salsa, simplesmente cortadas, são ideais para temperar pratos. Cebolinha Verde - De origem chinesa, planta-se esse tipo de condimento já há mais de mil anos na China, têm um rendimento de 850 sementes por grama de produto, com um ciclo de vida perene, propagando-se fácilmente através da semeadura direta ou por sementeira, sobrevivendo melhor em clima ameno e frio. É rica em vitamina A, sendo que a verde possui o sabor mais acentuado do francesa e o seu cultivo é mais fácil. A cebolinha-francesa é mais conhecida pelos "chefs" de cozinha como "ciboulette", trata-se de uma planta requintada e mais delicada que a cebolinha verde. Diferente da cebolinha-verde, produz muitas flores, o que chama muito a atenção. - Sugestões de uso: - É um tempero que pode ser usado com qualquer prato, menos sobremesas.- Pode-se usar em sopas, inteira para dar sabor a caldos. - Molhos: pode-se picar e juntar a qualquer molho. - Maionese: acrescente cebolinha verde picada a maioneses ou temperos de saladas. - Peixes: acrescente cebolinha verde picada a peixes assados ou cozidos e molhos para acompanhar peixe frito. - Use em vinha-d'alhos para temperar carnes e aves. - Salpique sobre qualquer legume cozido. Nome científico: Allium cepa <Jornal de Cozinha, Revista Cláudia 1976, pgs. 70 e 85, Editora Abril.>