Chemistry (álbum de Girls Aloud)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Chemistry
Álbum de estúdio de Girls Aloud
Lançamento Reino Unido 5 de Dezembro de 2005
Austrália 20 de Fevereiro de 2006
Estados Unidos 26 de Junho de 2007
(Digital)
Gravação Setembro de 2004–Abril de 2005
Gênero(s) Pop, dance-pop, pop rock
Duração 45:51 (Edição normal)
71:59 (Ediçao com disco bônus)
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD, Download digital
Gravadora(s) Polydor
Produção Brian Higgins, Xenomania
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Girls Aloud
Último
Último
What Will the Neighbours Say?
(2004)
The Sound of Girls Aloud
(2006)
Próximo
Próximo
Singles de Sound of the Underground
  1. "Long Hot Summer"
    Lançamento: 22 de Agosto de 2005
  2. "Biology"
    Lançamento: 14 de Novembro de 2005
  3. "See the Day"
    Lançamento: 19 de Dezembro de 2005
  4. "Whole Lotta History"
    Lançamento: 13 de Março de 2006

Chemistry é o terceiro álbum de estúdio do grupo pop britânico Girls Aloud. Foi lançado pela gravadora Polydor Records em 5 de dezembro de 2005 no Reino Unido. O álbum foi produzido pela equipe de Brian Higgins e Xenomania.

Informações[editar | editar código-fonte]

Após a sua estréia, Chemistry teve uma recepção positiva da crítica, com as publicações "The Guardin", "New Music Express" e "Top Of The Pops" o incluindo na lista dos melhores álbuns de 2005. De toda forma, o álbum foi o único lançamento do grupo que não alcançou o Top 10 no UK Albums Chart, a parada de álbuns do Reino Unido, mesmo vendendo muito bem nas primeiras semanas e recebendo a certificação de platina.

O álbum também foi lançado na Austrália e Nova Zelândia, em 20 de fevereiro de 2006, mas não conseguiu gerar muito interesse. Há ainda uma versão especial do álbum, lançada no Natal, com uma capa diferente, e um CD bônus, além do CD normal, com oito faixas com temas natalinos.

O grande trunfo do álbum é a sonoridade mais madura e as letras irônicas que são visíveis nas músicas "Models", "Watch Me Go" e "Swinging London Town". "Biology", o single-chefe do álbum, foi considerado o single pop da década pelo "The Observer".

Faixas[editar | editar código-fonte]

Os nomes dos escritores e/ou produtores das músicas aparecem em parênteses.

Edição Normal (Reino Unido)[editar | editar código-fonte]

Lançada em 5 de Dezembro de 2005

  1. "Intro" (Xenomania) - 0:42
  2. "Models" (M. Cooper, B. Higgins, T. Powell, N. Coler, L. Cowling, M. Boyle) - 3:28
  3. "Biology" (M. Cooper, B. Higgins, L. Cowling, T. Powell, G. Sommerville) - 3:35
  4. "Wild Horses" (M. Cooper, B. Higgins, N. Coler, L. Cowling, S. Lee, M. Boyle) - 3:23
  5. "See the Day" (Dee C. Lee) - 4:04
  6. "Watch Me Go" (M. Cooper, B. Higgins, T. Powell, J. Chasez, S. Lee, L. Cowling) - 4:05
  7. "Waiting" (M. Cooper, B. Higgins, T. "Rolf" Larcombe, L. Cowling, S. Lee, P. Woods) - 4:13
  8. "Whole Lotta History" (M. Cooper, B. Higgins, T. 'Rolf' Larcombe, L. Cowling, G. Sommerville, Xenomania) - 3:47
  9. "Long Hot Summer" (M. Cooper, B. Higgins, T. "Rolf" Larcombe, S. Lee, G. Sommerville, M. Boyle) - 3:52
  10. "Swinging London Town" (M. Cooper, B. Higgins, M. Gray, T. Powell) - 4:02
  11. "It's Magic" (N. Roberts, M. Cooper, B. Higgins, T. Powell) - 3:52
  12. "No Regrets" (M. Cooper, B. Higgins, M. Gray) - 3:21
  13. "Racy Lacey" (M. Cooper, B. Higgins, M. Gray) - 3:06

Edição Especial de Natal Limitada[editar | editar código-fonte]

Lançada em 5 de Dezembro de 2005

  1. "I Wish It Could Be Christmas Everyday" (R. Wood) - 3:59
  2. "I Wanna Kiss You So (Christmas In A Nutshell)" (H. Bush, S. Claws, H. Mistletoe, B. Lehem, F. Gifts) - 3:38
  3. "Jingle Bell Rock" (J.C. Beal, J.R. Boothe) - 1:57
  4. "Not Tonight Santa" (H. Bush, S. Claws, H. Mistletoe, B. Lehem, F. Gifts) - 2:44
  5. "White Christmas" (I. Berlin) - 2:57
  6. "Count The Days" (H. Bush, S. Claws, H. Mistletoe, B. Lehem, Y. Yogg) - 3:56
  7. "Christmas Round At Ours" (H. Bush, S. Claws, H. Mistletoe, B. Lehem, Y. Yogg) - 3:06
  8. "Merry Xmas Everybody" (Holder, Lea) - 3:48

Edição Normal (Austrália e Nova Zelândia)[editar | editar código-fonte]

Lançada em 20 de Fevereiro de 2006.

  1. "Intro" (Xenomania) - 0:42
  2. "Models" (M. Cooper, B. Higgins, T. Powell, N. Coler, L. Cowling, M. Boyle) - 3:28
  3. "Biology" (M. Cooper, B. Higgins, L. Cowling, T. Powell, G. Sommerville) - 3:35
  4. "Wild Horses" (M. Cooper, B. Higgins, N. Coler, L. Cowling, S. Lee, M. Boyle) - 3:23
  5. "See the Day" (Dee C. Lee) - 4:04
  6. "The Show" (M. Cooper, B. Higgins, L. Cowling, J. Shave, Xenomania) - 3:36
  7. "Watch Me Go" (M. Cooper, B. Higgins, T. Powell, J. Chasez, S. Lee, L. Cowling) - 4:05
  8. "Waiting" (M. Cooper, B. Higgins, T. "Rolf" Larcombe, L. Cowling, S. Lee, P. Woods) - 4:13
  9. "Whole Lotta History" (M. Cooper, B. Higgins, T. 'Rolf' Larcombe, L. Cowling, G. Sommerville, Xenomania) - 3:47
  10. "Long Hot Summer" (M. Cooper, B. Higgins, T. "Rolf" Larcombe, S. Lee, G. Sommerville, M. Boyle) - 3:52
  11. "Swinging London Town" (M. Cooper, B. Higgins, M. Gray, T. Powell) - 4:02
  12. "It's Magic" (N. Roberts, M. Cooper, B. Higgins, T. Powell) - 3:52
  13. "I'll Stand by You" (T. Kelly, C. Hynde, B. Steinberg) - 3:43

Singles[editar | editar código-fonte]

Long Hot Summer[editar | editar código-fonte]

"Long Hot Summer" foi o single de estréia do álbum, uma típica música de verão. No entanto, não conseguiu igualar o sucesso dos singles anteriores do grupo, atingindo o sétimo lugar no UK Singles Chart, permanecendo 4 semanas no Top 40. Na Irlanda, o single alcançou a décima sexta colocação.

O vídeo da música se passa em uma oficina chamada "GA Auto", com as garotas vestindo macacões no início, e mais tarde devido ao calor, assim como sugere o título da música, elas tiram os macacões e aparecem com roupas sensuais.

Biology[editar | editar código-fonte]

O segundo single lançado foi "Biology", que alcançou o quarto lugar no Reino Unido, passando oito semanas no Top 40, tornando-se o single mais importante do álbum. Na Irlanda, o single alcançou o sétimo lugar.

O jornal The Guardian, descreveu "Biology" como "a melhor música pop da última década".[1] O single recebeu as melhores críticas entre todos os singles já lançados pelo grupo até então, por sua sonoridade única e sua estrutura diferenciada. Em setembro de 2006, o single ganhou o prêmio "Popjustice £ 20 Music Prize" - vencendo canções como "Supermassive Black Hole", do Muse e "Push the Button" das Sugababes.

O vídeo de "Biology" consiste nas garotas cantando a música em três cenários diferentes: um de fundo preto com um piano, com elas vestindo vestidos pretos, outro de fundo branco, com as garotas de vestidos cor-de-rosa e roxos, com borboletas voando em volta delas, e um último de fundo rosa, com elas vestindo roupas pretas e vermelhas.

See the Day[editar | editar código-fonte]

A regravação do grupo para a música "See the Day" foi adiantada para concorrer no UK Singles Chart na semana do Natal, a mais importante do ano, poucas semanas após o lançamento do single anterior. Alcançou o nono lugar nas paradas do Reino Unido e o décimo quarto na Irlanda.

Em 16 de junho de 2006 as Girls Aloud ganharam o prêmio "Heart Award" por "See the Day", durante o "O2 Silver Clef Lunch", uma cerimônia anual de entrega de prêmios. Nicola Roberts e Kimberley Walsh, integrantes da banda, compareceram à cerimônia.

O vídeo de "See the Day" mostra as meninas dentro de um globo de vidro. Elas cantam sentadas na neve, à beira de uma pequena lagoa. No refrão, algumas palavras aparecem escritas pelas estrelas no céu.

Whole Lotta History[editar | editar código-fonte]

O single final de Chemistry foi "Whole Lotta History", que recebeu comentários positivos da crítica. A canção chegou ao sexto lugar no UK Singles Chart, mas só permaneceu cinco semanas no Top 75. Na Irlanda, a canção chegou à décima oitava posição, sua pior colocação lá até hoje.

O vídeo para a música foi filmado em Paris, na França. Ele mostra cada garota em um ambiente diferente, com cenas com todas juntas em uma sala com poltronas.

Desempenho nas paradas e certificações[editar | editar código-fonte]

Chemistry estreou em décimo primeiro lugar no UK Albums Chart, mas sete semanas depois, já havia saído do Top 75. Desde então passou dez semanas não consecutivas na parada, conseguindo receber a certificação de platina no Reino Unido. Na Irlanda, o álbum estreou em trigésimo quarto lugar, chegando ao pico de trigésimo primeiro lugar quatro semanas mais tarde.

Posição nas paradas[editar | editar código-fonte]

Parada (2005) Posição Certificação
Reino Unido UK Albums Chart 11 380,000 Platinum.png Platina
República da Irlanda Ireland Albums Chart 31 Platinum.png Platina
 Reino Unido - Parada de final de ano (2005) 74
União Europeia Europe Albums Chart 14
United World Chart 71

Trajetória[editar | editar código-fonte]