Cher Lloyd

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cher Lloyd
Cher em 2013
Informação geral
Nome completo Cher Lloyd
Também conhecido(a) como Cher Bear, Pink Cupcake, Pocahontas Lloyd
Nascimento 28 de Julho de 1993 (20 anos)
Origem Malvern, Worcestershire, Inglaterra[1]
País  Reino Unido
Gênero(s) Pop, hip hop, dance, R&B
Instrumento(s) Vocal
Período em atividade 2010-presente
Gravadora(s) Syco, Epic
Afiliação(ões) Cher, Mike Posner, Carolina Liar, Becky G, RedOne, Snoop Dogg, Busta Rhymes, Demi Lovato, Ne-Yo T.I.
Influência(s) Cher, Cheryl Cole, Jessie J, Rihanna, Nicki Minaj, Beyoncé Knowles,Demi Lovato
Página oficial cherlloyd.com
Cher Lloyd - I Wish.jpg

Cher Lloyd (Malvern, 28 de julho de 1993)[1] é uma cantora, compositora e modelo britânica. Lloyd chegou à fama quando ela participou do reality-show The X Factor. Logo depois, Lloyd assinou contrato com a Syco Music. Lançado em 4 de novembro de 2011, seu álbum de estréia Sticks + Stones alcançou a quarta posição no Reino Unido, sete na Irlanda e nona nos Estados Unidos.

Seu single de estréia "Swagger Jagger", foi lançado em 29 de julho de 2011. O single alcançou primeira posição na UK Singles Chart e número dois na Irish Singles Chart. Seu segundo single "With Ur Love", com a participação de Mike Posner foi lançado em 31 de outubro de 2011 e chegou ao número quatro na UK Singles Chart, e número cinco, na Irish Singles Chart. O terceiro single do disco "Want U Back" foi lançado em 22 de Maio de 2012 alcançando à décima segunda posição na Billboard Hot 100. "Oath" foi lançado como quarto single do disco em 2 de outubro de 2012.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Cher Lloyd foi criada em Malvern, com seus pais Darren Lloyd e Dina Smith e seus três irmãos mais novos Josh (@joshlloydGUCCi),17, Sophie (@SophieeLloyd_), 15 e Rosie (@RosieJBLloyd13), 12. Ela tem ascendência romênia e cigana.[2] [3] . Durante a adolescência Cher estudou artes cênicas e teatro. Atualmente Cher vive em um apartamento em Londres com o seu marido Craig Monk, com quem ela casou no dia 18 de novembro de 2013.[4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

2010-2011: The X Factor[editar | editar código-fonte]

Durante seu tempo no show ela foi orientada por Cheryl Cole (foto).

Lloyd fez sucesso ao participar do reality inglês The X Factor, durante o período em que ela participou do programa, ela foi orientada por Cheryl Cole, Lloyd terminou o reality em quarto lugar, logo atrás de One Direction (terceiro lugar), Matt Cardle (segundo lugar) e Rebecca Ferguson (primeiro lugar) . Em sua primeira perfomance no programa, ela cantou uma versão modificada do hit Turn My Swag on.

No segundo show ao vivo ela cantou "Hard Knock Life (Hino Ghetto)". No terceiro, ela cantou um mashup de "No Diggity" e "Shout", e no quarto show ao vivo, ela cantou "Stay". Esta foi a primeira vez que Lloyd não fez um rap em seu desempenho, e Simon Cowell até chamou-o de "o desempenho da temporada." Na quinta semana, Lloyd cantou "Empire State of Mind", mas os juízes afirmaram que, depois desta semana estavam decepcionados, Cowell disse que era como um falso.

No entanto, os juízes concordaram que ela se redimiu com sua interpretação de "Sorry Seems to Be The Hardest Word" misturado com "Mockingbird", de Elton John e Eminem, respectivamente, na semana passada. Na sétima semana, Lloyd estava no Bottom 2 pela primeira vez depois de escolher a sua interpretação de "Imagine", mas Cowell, Cole e Walsh a salvou no confronto final, resultando na eliminação de Paije Richardson. Na semana seguinte Lloyd cantou "Girlfriend", seguido por "Walk This Way". Ambas as performances foram creditados pelos juízes e foi salvo pelo voto do público na noite seguinte, garantindo sua posição na semifinal. Na semi-final, Lloyd cantou "Nothin' on You" e "Love the Way You Lie" e estava no Bottom 2 com Mary Byrne.

Ela foi salva pelos juízes novamente e passou para a final, embora as estatísticas de voto depois do show revelou que Lloyd teve o menor número de votos. No final, foi realizado um mash-up de "The Clapping Song" e "Get Ur Freak On", seguido de um dueto com Will.i.am, que fez um mashup de "Where Is the Love?" e "I Gotta Feeling". Lloyd foi eliminada na final, em 4º lugar, tendo recebido o menor número de votos do público. Depois do fim da temporada de X-Factor, ela assinou um contrato de gravação com Syco Music.

2011-2012: Sticks + Stones[editar | editar código-fonte]

Os compositores e produtores de Outono Rowe e RedOne trabalharam em seu álbum de estréia, com lançamento previsto para novembro de 2011. O primeiro single, "Swagger Jagger" recebeu o seu primeiro airplay em 20 de junho de 2011, depois de ter sido vazado na internet em 15 de junho de 2011. No entanto, esta versão foi mais tarde confirmado como o demo da faixa que foi lançada por Cher. O single foi lançado em 31 de julho de 2011 e alcançou o número um na parada de singles no Reino Unido em 7 de agosto de 2011. Em 28 de julho de 2011, Lloyd visualizou cinco músicas de seu próximo álbum durante uma sessão Ustream.

Lloyd confirmou no Twitter que "With Ur Love" seria lançado como seu segundo single. O single foi lançado em 30 de outubro de 2011. O single recebeu sua primeira transmissão de rádio em 21 de setembro de 2011. O vídeo da música estreou em 1 de outubro de 2011. O single vendeu 74,030 cópias em sua primeira semana alcançando o número quatro e tornando-se o single mais vendido, até "Only Girl (In the World)" por Rihanna vencê-lo, porque ele vendeu 74,248 cópias em outubro de 2010. Lloyd confirmou o título do álbum Sticks + Stones em seu Twitter. O álbum foi lançado em 7 de novembro de 2011. O álbum chegou a número quatro e vendeu 198,199 cópias no Reino Unido a partir de janeiro de 2012. Em 21 de novembro de 2011, Cher anunciou sua estréia em uma turnê pelo Reino Unido chamado "Sticks and Stones Tour" marcada para Março e Abril de 2012. Em dezembro de 2011, duas datas foram adicionados mais devido à alta demanda por ingressos.

Sticks + Stones será lançado em 2012 pela Epic Records nos Estados Unidos em 13 de dezembro. Em novembro de 2011, Lloyd assinou um contrato com a gravadora LA Reid e a Epic Records, nos Estados Unidos. "Want U Back" foi confirmado como o terceiro single do álbum. A única versão possui vocais do rapper americano Astro e será lançado em 19 de fevereiro de 2012. Após o lançamento do vídeo da música, em 6 de janeiro de 2012, o single chegou ao número 26 a parada de singles no Reino Unido, devido aos downloads digitais do álbum. Assinado com LA Reid para lançar sua carreira nos Estados Unidos, o primeiro single no país foi "Want U Back", que foi lançado em abril, com um novo vídeo e o segundo foi "Oath". Atualmente, Sticks + Stones, possui três versões, uma inglesa, americana e uma japonesa.

2013-presente: Sorry I'm Late e participações[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2013, Lloyd anunciou que ela seria estrela convidada em Big Time Rush. Em fevereiro de 2013, Lloyd confirmou que ela está trabalhando em seu segundo álbum de estúdio, que em novembro ela iria revelar se chamar "Sorry I'm Late", previsto para 2014.[5] Em março de 2013, a cantora e compositora Demi Lovato anunciou seu quarto álbum, Demi, que inclui uma faixa, "Really Don't Care", com Lloyd.[6] Em abril de 2013, Lloyd anunciou que ela e Ne-Yo são para colaborar em uma música nova, "It's All Good".[7] Além de um novo single, I Wish com a participação do rapper T.I. Em agosto de 2013 participou do Mundo Show Festival, patrocinado pela rádio Disney, no Brasil. Ela fez três shows, em São Paulo, Rio de Janeiro e Recife.

Discografia[editar | editar código-fonte]

"Sticks + Stones"

Singles[editar | editar código-fonte]

  1. "Swagger Jagger"
  2. "With Ur Love"
  3. "Want U Back"
  4. "Oath"
  5. "I Wish"
  6. "Sirens"

Turnês[editar | editar código-fonte]

  • 2014 - Sorry I'm Late Tour

Referências

  1. a b Births England and Wales 1984-2006.
  2. "X Factor hopeful Cher Lloyd wants to record Romany gypsy song" (em inglês). 6 de outubro de 2010 (Small World News Service).
  3. Holmwood, Leigh; Blackburn, Jen; Connolly, Lucy (The Sun). "Cheryl death threats". 6 de outubro de 2010.
  4. Boshoff, Alison (Daily Mail). "Cheryl Cole and the relentless rise of her X Factor mini-me Cher Lloyd" (em inglês). 5 de outubro de 2010.
  5. Cher Lloyd. Página visitada em 25 de maio de 2013.
  6. Cher Lloyd e Demi Lovato. Página visitada em 25 de maio de 2013.
  7. Cher Lloyd. Página visitada em 25 de maio de 2013.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Predefinição:Epic