Cheryl Cole

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.


Cheryl Cole
Cheryl em sua turnê A Million Lights 2012
Informação geral
Nome completo Cheryl Ann Tweedy
Também conhecido(a) como Chezza, Chezz
Nascimento 30 de Junho de 1983 (31 anos)
Origem Newcastle, Inglaterra
País  Reino Unido
Gênero(s) Pop
R&B
Electropop
Dance
Ocupação(ões) Cantora, Compositora
Instrumento(s) Vocal
Período em atividade 2002—presente
Outras ocupações Atriz, modelo, empresária, [[apresentadora de

televisão]]

Gravadora(s) Polydor (2002–presente)
Fascination Records (2006–

presente)

Afiliação(ões) Girls Aloud
Página oficial CherylColeOfficial.com
Cheryl Cole 2010 Logo.svg

Cheryl Ann Fernandez-Versini (30 de Junho de 1983), também conhecida como Cheryl Tweedy ou Cheryl Cole, é uma atriz, modelo, cantora e compositora do Reino unido. Foi uma das integrantes do grupo musical de grande sucesso na Grã-Bretanha Girls Aloud. Cole ganhou fama quando venceu o concurso Popstars: The Rivals do canal de televisão ITV. O seu prémio era um lugar na banda feminina Girls Aloud. Quando o grupo anunciou que iria entrar em um hiato em 2009, a cantora decidiu lançar o seu primeiro trabalho á solo. O álbum de estreia da cantora, 3 Words, foi lançado pela editora discográfica Fascination Records no Reino Unido em Outubro de 2009.

O produtor musical will.i.am produziu a maior parte do álbum e também forneceu os seus vocais para muitas das faixas. O álbum estreou na UK Album Chart na posição número um e foi certificado com platina pela British Phonographic Industry (BPI) no mês seguinte ao lançamento. O álbum alcançou a segunda posição na Irlanda, mas teve um desempenho gráfico fraco em todo o resto da Europa. O primeiro single do álbum, "Fight for This Love", estreou no número um na [[UK Singles Chart]] e se tornou no quarto single mais bem vendido em 2009 no Reino Unido até aquele ponto. Ele também liderou as tabelas da Irlanda, da Dinamarca e da Noruega e atingiu o pico dentro dos cinco primeiros na maior parte da Europa. Os singles seguintes – "3 Words", com participação de will.i.am, e "Parachute" – tiveram a posição de pico entre os cinco primeiros no Reino Unido e os dez primeiros na Irlanda.

O segundo álbum de estúdio, Messy Little Raindrops, foi lançado em formato digital e físico em 29 de Outubro de 2010. Contendo faixas produzidas por will.i.am, o álbum recebeu o certificado de platina no Reino Unido pela venda de mais de 300 mil exemplares. Atingiu a primeira posição no Reino Unido e se posicionou no top dez na Irlanda e no resto do continente europeu. Dele surgiram dois singles: "Promise This" e "The Flood.

O primeiro single foi bem recebido criticamente, com alguns críticos a chamando de "a melhor faixa de dance de sempre". Atingiu a primeira posição no Reino Unido, na Irlanda e na Escócia. "The Flood" foi lançado em Janeiro de 2011. Os críticos elogiaram a canção, mas questionaram a habilidade de Cole para fazer baladas. Teve um fraco desempenho gráfico, atingindo a décima oitava posição no Reino Unido.

== Biografia ==

Cheryl nasceu em Newcastle Upon Tyne, situado no nordeste do Reino Unido. Ela é um dos cinco filhos, tendo três irmãos, Andrew, Garry e Joseph, e uma irmã Gillian.Interessada em dança desde criança, Cheryl ingressou na Royal Ballet de Verão da escola com 9 anos de idade. Ela cantou, foi modelo e apareceu em alguns comerciais de televisão. Bem como a dança, ela ganhou vários concursos de modelo, inclusive Boots Group's Bonniest Baby, Mothercare Happy Faces Portrait concorrência, Best Girl Looking de Newcastle, The Evening Chronicle "Little Miss & Mister e mais atraentes Most Atractive Girl no MetroCentre. Cheryl Cole chegou à fama em 2002 após se tornar membro do grupo pop [[Girls Aloud através programa do ITV de reality show Popstars: The Rivals. Tornaram-se um dos poucos

artistas de reality show do Reino Unido a alcançar o sucesso continuo, acumulando uma fortuna de

R$ 25 milhões até Maio de 2009. Com Girls Aloud, Cole tem sido bem sucedida em conseguir uma

sequência de 20 UK top ten singles consecutivos (incluindo os quatro número), número dois do Reino

Unido um álbuns e recebeu quatro indicações ao Brit Awards, vencendo Melhor Single em 2009

com "The Promise". Em 2008, Cole se tornou jurada do reality

show britânico X Factor. Cole tornou-se reconhecida como um ícone do estilo, que aparece na capa da

Vogue britânica e Elle. Ela foi casada com o jogador do Chelsea e da seleção inglesa, Ashley Cole. O casamento acabou em meados de 2010, apos alegações

de que o jogador teria traido Cheryl mais uma vez. Em outubro de 2009, Cole lançou seu primeiro

single solo, "Fight For This Love", que chegou a número um no Reino Unido e alcançando o estatuto

de single de venda mais rápida do ano. Cole lançou seu primeiro álbum solo "3 Words" em 26 de

outubro de 2009. Em 2010 Cole continuou seus sucesso com o álbum Messy Little Raindrops, número

um na Inglaterra e Irlanda, e com seu single Promise This, também número

um. Cheryl recebeu duas indicações aos Brit Awards, de melhor single e melhor artista solo feminina.

Colaborações com will.i.am[editar | editar código-fonte]

Durante as paixões da Girls Aloud série, Cheryl fez audição como dançarina de rua para ganhar uma

parte do vídeo da música de will.i.am chamado [[Heartbreaker (canção de will.i.am)|Heartbreaker]

]. Cheryl venceu o lado e mais tarde foi convidada para cantar vocais adicionais sobre a faixa. A canção

foi lançada no Reino Unido, em 5 de Maio de 2008, mas já havia entrado no top dez por vendas de

download e atingiu um máximo de número 4, no Gráfico de Singles do Reino Unido.

Cheryl Cole e o Rapper Mc Harvey[editar | editar código-fonte]

Segundo informações do site do The Sun, Cheryl não gostou das declarações que MC Harvey fez à

uma publicação, dizendo que eles tiveram um relacionamento secreto em 2010, assim que a cantora

terminou seu casamento com o jogador do Chelsea Ashley Cole. "Esse relacionamento só aconteceu na

sua cabeça. Você está fumando alguma coisa?", escreveu ela em seu perfil no Twitter, em mensagem

direcionada ao rapper. "Acho que o conheci uma vez, talvez duas em evento público e com a sua

mulher", completou Cheryl. MC Harvey rebateu às provocações: "você realmente quer que eu tuite

algumas mensagem que você me enviou?", escreveu ele. A cantora parou de responder e o rapper

alfinetou. "Engraçado como ela se acalmou desde que mencionei os e-mails...", finalizou. A cantora

negou o que ele dizia sobre ela e depois disso ninguém ouviu falar sobre a possível conversa entre os

dois.

Will.i.am fala sobre Cheryl Cole e Fergie[editar | editar código-fonte]

A cantora britânica Cheryl Cole, que acabou de se separar do marido, poderá receber algumas

mensagens amorosas do will.i.am do Black Eyed Peas. Quem conta é um correspondente do site

newsoftheworld.co.uk que encontrou com o Will em uma festa na última semana nos Estados Unidos.

O cantor admitiu que tem uma queda por ela e pretende investir na cantora. Ele teria também ficado

furioso com o ex dela por ter a feito sofrer, cole se separou do marido alegando traição dele. "O que

é isso", ele vociferou. "Cheryl é muito legal para ser enganada. Não sei o que ele está fazendo. Se ela

fosse alguém que só vivesse em clubes, então eu iria entender. Mas ela não é. Ela é a mais bonita, mais

gostosa garota. Ela merece o melhor." Will no entanto parece estar pronto para dar um passo adiante

nas coisas. Ele acrescentou: "Vamos apenas falar que, ela é uma mina bonita e eu não posso esperar

mais para sair com ela." Bem, se o Will irá conquistar o coração de Cole aí já é outra história, mas

digamos que ele terá uma ajudinha! Cheryl irá abrir shows do Black Eyed Peas no Reino Unido em

Maio.

"Eu irei entrar no palco durante o show dela e iremos juntos cantar "Heartbreaker", porque ela participa

da música na versão britânica. Mal posso esperar por isso." O cantor no entanto desmentiu rumores que

Cole iria substituir Fergie do BEP, "Tudo que eu disse foi, se Fergie saísse, Cheryl seria a garota certa

para substiuí-la. Quero dizer que ela assinou com minha gravadora por aqui na América. Mas Fergie

não vai sair do Black Eyed Peas."

Programas de TV[editar | editar código-fonte]

Ela alcançou a fama ao ser uma das integrantes do Girls Aloud, mas foi durante sua participação

como jurada no reality show X-Factor que Cheryl Cole adquiriu o status de queridinha do Reino

Unido. Apesar das últimas decepções com o X-Factor, seja em sua versão britânica ou americana,

parece que Cheryl não desistiu de sua carreira na telinha e deverá apresentar seu próprio programa de

entrevistas. De acordo com o site People.co.uk, Cheryl recebeu proposta de diversas redes de televisão

britânica, como a BBC e a SKY, mas decidiu continuar com a ITV, canal responsável pelo X-Factor no

Reino Unido, e deverá começar as gravações de seu programa no início de 2012. Uma fonte próxima à

Cheryl, em entrevista ao site People.co.uk, afirmou: "Cheryl foi inundada com propostas mas conhece a

ITV e sua equipe da sua época de X-Factor então decidiu ir com eles." "Os detalhes exatos do contrato

ainda irão ser decididos, mas Cheryl está determinada em continuar com suas merecidas férias até o

próximo ano", concluiu. Além disso, Cheryl, que pode retornar ao X-Factor como mentora ainda este

ano, concordou em gravar o especial "An Evening With", também da ITV.

2002-2009: Girls aloud, Envolvimento e Casamento[editar | editar código-fonte]

Cheryl foi assinada a uma agência de gestão, Objectivo de Desenvolvimento, sediada em CVC Studios

Clara Vale próximo ao Newcastle antes das Girls Aloud ao lado de outros actos, tais como 3NM e

Xscape, realizada no palco e no Metro do Centro Metro Land. Ela fez audição para "Popstars: Os

rivais", em 2002, cantando S Club 7's "Have You Ever". Ela foi a primeira pessoa a ser escolhida para a

banda. Cheryl Cole fez o teste para Popstars: The Rivals, em 2002, cantando um sucesso do [[S Club 7]

] "Have You Ever". Cole se juntou Nadine Coyle, Sarah Harding, Nicola Roberts e Kimberley Walsh

para a formação do grupo Girls Aloud, formada através da mostra por uma votação pública em 30 de

novembro de 2002.

A estreia do grupo com o single "Sound of the Underground" chegou ao número um nas paradas

britânicas. Girls Aloud tem o recorde de menor tempo entre a formação e atingindo um número. Desde

2003, Girls Aloud lançaram 20 singles adicionais, com todos, mas um mapeamento dentro do top

ten. Seus singles "I'll Stand by You", "Walk This Way" e "The Promise" e alcançou o número um. "The

Promise" ganhou Melhor Single Britânico, no BRIT Awards 2009. Álbum de greatest hits "The Sound

of Girls Aloud" e o álbum de 2008, "Out of Control" entrou no UK Albums Chart no número um, com

mais de um milhão de exemplares dos primeiros a ser vendidos. Em 2009, foi anunciado que o Girls

Aloud iria participar de um ano hiato de tempo para prosseguir os projetos a solo, mas se reunir para

um novo álbum de estúdio em 2010.

Em 11 janeiro de 2003, Cole foi envolvida em uma briga com um urinol boate e foi posteriormente

acusada de agressão pelo incidente. Ela foi posteriormente considerada culpada de agressão

ocasionando dano físico no julgamento. em 20 de Outubro, foi sentenciada a 120 horas de serviço

comunitário. Ela também foi condenada a pagar-lhe a vítima 500, em compensação, bem como R$ 3.000

em custos judiciais.

Cole começou a namorar o futebolista do chelsea Ashley Cole, em setembro de 2004, quando

anunciou seu noivado depois que ele propôs em Dubai, em junho de 2005. O casal se casou em uma

cerimônia no Barnet, North West London, em 15 de julho de 2006. Eles assinou um acordo exclusivo

com a OK!, alegadamente no valor de U$ 1 milhão, em relação aos direitos das fotografias. Em janeiro

de 2008, uma cabeleireira chamada Aimee Walton alegou no The Sun que ela havia se envolvido em

sexo extraconjugal embriagada com Ashley Cole. Posteriormente, o glamuroso modelo Brooke Healy

alegou que ela tinha passado a noite e teve relações sexuais com Ashley Cole, em dezembro de 2006.

2008-2012: Começo e fim no X-factor[editar | editar código-fonte]

Em 10 de Junho de 2008, foi anunciado que Cole iria substituir Sharon Osbourne como jurada na

quinta temporada da série "The X Factor". Em uma entrevista ao Cosmopolitan Magazine em 9 de

agosto de 2008, uma semana antes de a série The X Factor ser transmitida na ITV1, a colega de Cole, a

jurada Dannii Minogue acreditava que ela poderia mostrar um novo talento, dizendo: "Uma semana

Cheryl estava falando sobre música pop e falando para Simon Cowell, 'Isso é o que o show precisa; é

nisso que estamos indo mal.' "Não durou muito a tentativa de Cheryl Cole emplacar nos Estados Unidos.

A inglesa que foi levada ao país pelo criador do programa Simon Cowell para ser uma das juradas,

acaba de ser dispensada da versão americana do X-Factor. Segundo informou o site TMZ, a cantora

chegou a gravar durante uma semana na fase de audições, mas os produtores perceberam a dificuldade

dos competidores dos estados unidos para compreender o forte sotaque britânico de Cheryl. Agora a ex- Girls Aloud será substituída por Nicole Scherzinger que foi originalmente escalada para ser uma das

apresentadoras do programa. A nota afirma ainda que foi oferecido à Cheryl a sua antiga vaga no [[X- Factor]] britânico, mas ela estaria bastante chateada e considerando a possibilidade de romper com a

produção de ambas as versões. Meses depois de ser demitida por Simon cowell do X-Factor, a

cantora Cheryl Cole parece ter virado o jogo e vê o produtor musical aos seus pés. De acordo com o

jornal britânico Daily Mail, o empresário tem conversado com a artista para que ela volte à versão

britânica para salvar a audiência da atração. Kelly Rowland, contratada para substituir Cole no reality,

adoeceu e ficou algumas semanas afastada, fazendo a audiência despencar. Ela se recuperou e voltou à

atração, mas mesmo assim o programa segue perdendo telespectadores. Segundo a publicação, Cowell

está a caminho do Reino Unido para conversar com os jurados e com os finalistas á iniciarem uma

campanha para convencer Cheryl a voltar. Uma fonte disse ao jornal que o empresário fez uma proposta

irrecusável à cantora. O empresário de Cheryl Cole negou que seu retorno esteja sendo negociado e

afirmou que não faz parte dos planos da cantora retornar ao The X-Factor. No entanto, amigos de Cheryl

dizem que ela tem pensado na possibilidade e que as conversas com Simon têm sido amigáveis. Além

disso, na semana passada ela foi vista saindo da casa de Gary Barlow, um dos jurados do programa,

por enquanto, cheryl fica fora do X-Factor. "Simon sente que está faltando o 'Fator X' neste ano,

embora também tenha brincado ao dizer que a nação sente falta de Cheryl", disse uma fonte ligada ao

programa. A saída de Kelly Rowland não foi anunciada oficialmente, mas os produtores do X-Factor

UK já estão buscando uma nova jurada para a nona temporada do programa. De acordo com o [[Daily

Mirror]], apesar de Louis Walsh afirmar que Cheryl Cole poderia retornar ao reality show, a integrante

do Girls Aloud recusou a bagatela de £ 2.5 milhões (aproximadamente 6 milhões de reais) para

participar da nova edição que começa no segundo semestre. "Ela não quer que as pessoas pensem que

ela voltará correndo ao programa depois de como foi tratada por Simon. Ela é uma garota forte e está

em uma nova fase", disse uma fonte ouvida pelo tabloide. Em entrevistas anteriores, Simon Cowell

chegou a dizer que Cheryl poderia retornar ao XF quando quisesse. Outro boato levantado pela

imprensa britânica é a escolha de Estelle. Segundo jornais, Simon já entrou em contato com a cantora.

Até o momento, nada foi confirmado.Cheryl Cole foi a primeira mentora a ganhar duas vezes

consecutivas no X Factor, ganhando em 2008, com Alexandra Burke e em 2009, com [[Joe Mcelderry]

].

2012: Simon Cowell e Call My Name[editar | editar código-fonte]

Apesar de não trocar mensagens com Cheryl Cole desde a saída da cantora do X-Factor EUA em

setembro do ano passado, Simon Cowell fez questão de informar ao mundo que está acompanhando

a carreira da sua ex-companheira de trabalho. Através do Twitter, Simon revelou que ouviu o novo

single de Cheryl lançado na semana passada. "Será um grande hit", disse o empresário e dono do

programa de reality show X-factor.

Presente 2012: Messy Little Raindrops, A Million Lights e Call My Name[editar | editar código-fonte]

Desde que foi dispensada do X-Factor EUA, Cheryl trabalha incessantemente no terceiro disco da

carreira solo. A cantora esteve em estúdio com seu mentor nos Estados Unidos, will.i.am, durante

todo o processo. Segundo o jornal britânico The Mirror, Justin Bieber e Cheryl Cole estariam

interessados numa possível colaboração. Foi confirmado que Cheryl e seu mentor Will.i.am, estão

negociando com o canadense e seus representantes para uma futura parceria, que havia sido

confirmada esta semana. Se tudo ocorrer como o esperado, o dueto entre Cole e Bieber estará no

próximo álbum da cantora. Em julho de 2011, foi relatado que Cole tinha começado a trabalhar no seu

terceiro álbum de estúdio. No mesmo mês, Far East Movement afirmou que eles tinham entrado em

estúdio. No final de julho de 2011, MTV relatou ter visto Cole se encontrar com o cantor Usher onde

eles foram vistos fora de seu hotel, Também, Perez Hilton disse que Cole e Christina Aguilera

foram vistos jantando juntos e eles estavam discutindo uma colaboração. No início de setembro de 2011

Taio Cruz revelou que ele estava trabalhando em novo álbum de Cole. Ele disse a estação de

rádio "Sim, eu não posso dizer muito sobre as músicas, mas foi ótimo vê-la novamente" e no mesmo

mês, Cole foi visto em estúdio com o produtor de hip-hop Alex da Kid. Em janeiro de 2012, foi

relatado que Cole e Rihanna são devido a colaborar para o terceiro álbum de Cole. Depois de se

conhecerem em 2011 no Brit Awards, em seguida, novamente no final da Turnê de Rihanna se

tornaram-se boas amigas. O Dj David Guetta também iria trabalhar no novo álbum da cantora, mais

negou as notícias que ele e Cheryl Cole estão ligando em parceria para o seu álbum. David fez uma

parceria com will.i.am e como ele é gerente de Cheryl, pensava-se que ele poderia tentar instigar uma

colaboração entre os dois. Enquanto isso, o dj David Guetta não está entre os nomes das

participações do novo álbum da cantora. O título do álbum se chamará A Million Lights e será lançado

no dia 18 de junho deste ano e o single Call My Name que foi feita por Calvin Harris, a letra foi

criada por Mandy Sinewy e Cheryl que será lançado oficialmente como single no dia 10 de

junho, mas poderá ser ouvida nexta sexta-feira, (10).

Filantropia[editar | editar código-fonte]

Em março de 2009 Cole escalou o Monte Kilimanjaro, na ajuda do Comic Relief. A caminhada

levantou 3,4 milhões para a caridade. Entre 3 de fevereiro e 23 de Março de 2009, Cole levantou

dinheiro para a Comic Relief, fornecendo a voz para a BT falando do Relógio.

Em fevereiro de 2011, Cole lançou sua própria fundação de caridade com o Truste do Príncipe, depois

de uma reunião com o presidente do Trust, Sua Alteza Real Charles, Príncipe de Gales. O Cheryl Cole

Fundação fornecerá fundos vitais para a Confiança, no Nordeste, ajudando os jovens desfavorecidos da

região de Cole. Em 13 de Junho de 2011, ela leiloou 20 vestidos com ASOS para arrecadar fundos para a

fundação.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns De Estúdio[editar | editar código-fonte]

Ano Detalhes do Álbum Singles
2009 3 Words
  • "Fight for This Love"
  • "3 Words"
  • "Parachute"
2010 Messy Little Raindrops
  • "Promise This"
  • "The Flood"
2012 A Million Lights
  • "Call My Name"
  • "Under The Sun"

Turnês[editar | editar código-fonte]

Como ato de solo de apoio[editar | editar código-fonte]

Solo[editar | editar código-fonte]

  • “A Million Lights” Arena Tour - 2012 -

Referências na mídia[editar | editar código-fonte]

Cole foi referenciado na Lily Allen "Cheryl Tweedy", um b-side de seu debut 2006 "Smile" único. Cole

teve a música como um elogio a ela, embora Allen mais tarde salientou que tinha sido tongue-in-cheek.

Allen, desde então, recolhido seus comentários.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons




Eurochannel