Chico da Silva (cantor)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Francisco Ferreira da Silva, conhecido como Chico da Silva é um compositor e cantor brasileiro nascido em Parintins, na Ilha Tupinambarana, Estado do Amazonas.

Do início de sua carreira foi o grupo "Os Amigos do Som". Em 1977 a cantora maranhense Alcione gravou sua composição, em parceria com Venâncio, "Pandeiro é Meu Nome", (LP "Pra que chorar"). Sua venda chegou à marca de 400 mil cópias.[1] Também em 1977 Chico da Silva foi contratado pela PolyGram. A meados dos anos 80, desenvolveu um estilo de samba particularmente melodioso.

Chico da Silva trabalhou com Martinho da Vila. Também fez trabalho importante no Festival Folclórico de Parintins, que realizado anualmente durante o mês de junho e atrai milhares de turistas do mundo todo.

Embora nunca tenha parado de compor, devido a uma doença grave suas habilidades vocais foram seriamente afetadas por um tempo.

Algumas de suas melhores e mais conhecidas composições são: "Sufoco", "Vermelho" e "Convite a Roberto Carlos". Como intérprete teve sucessos como "É preciso muito amor" composto por Noca da Portela e Tião de Miracema.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • (2008) Chico da Silva • Série A Popularidade • CD
  • (1999) Chico da Silva • Série Minha História • CD
  • (1988) Missão de cantar • Polydor/PolyGram • LP
  • (1984) Samba na hora H • Polydor/PolyGram • LP
  • (1983) Sambaterapia • Polydor/PolyGram • LP
  • (1982) Samba na casa nossa • Polydor/PolyGram • LP

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • [1] Biografia Chico da Silva