Chief Mouser to the Cabinet Office

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Chief Mouser to the Cabinet Office do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte
Brasão de armas do Governo de Sua Majestade
Larry the Cat - May 2011.jpg
No cargo
Larry

desde 15 de fevereiro de 2011
Residência 10 Downing Street
Designado por Sua majestade
Inaugurado por Gato de Cardinal Wolsey
Criado em Junho de 1929
no Reino da Grã-Bretanha

Chief Mouser to the Cabinet Office (pt:Grão-Caçador de Ratos do Gabinete Oficial) é um titulo não oficial do gato residente na morada do Primeiro Ministro do Reino Unido na 10 Downing Street. Apenas um gato recebeu o titulo oficialmente;[1] sendo que os outros o receberam apenas carinhosamente, normalmente pelos jornais britânicos. Desde a época de Henrique VIII um gato é empregado oficialmente nos gabinetes da Downing Street e do Tesouro de Sua Majestade,[2] tendo início quando Cardinal Wolsey andava com seu gato para todos os lados em seu ofício judicial de Lorde Chanceler.[3] Os registros oficiais liberados para o domínio público em 04 de janeiro de 2005 como parte da Liberdade concedida pela Information Act 2000 data por volta em 03 de junho de 1929, [4] [5] quando foi autorizado uma quantia mínima de um penny para manutenção de um gato oficial.[6] In April 1932 the weekly allowance was increased to 1s 6d. By the 21st century, the mouser was costing £100 per annum.[7]

Desde que os gatos começaram a ser vistos como servidores civis, [8] eles não mais pertencem ao Primeiro Ministro, sendo raro o “mandato” do Chief Mouser coincidir com o governo de um Ministro. O gato que mais tempo permaneceu em serviço na Downing Street foi Wilberforce, que serviu durante o governo de Edward Heath, Harold Wilson, Jim Callaghan e Margaret Thatcher. O cargo é atualmente preenchido por Larry desde 14 de fevereiro de 2011. [9] [10] [11] Sybil morreu em 27 de julho de 2009.[12] [13]

Em janeiro de 2011, ratos foram avistados na Downing Street, na maioria das vezes por câmeras de TV que filmavam seus correspondentes na frente da residência do Primeiro Ministro. [14] Não havia Chief Mouser mandatário, e um Porta-voz do Primeiro Ministro afirmou que não havia nenhum plano para trazer um caçador de ratos para resolver o problema;[15] entrementes, no dia seguinte os jornais reportaram que o porta voz havia dito que havia uma “facção–pró-gato” dentro da Downing Street.[15] Em 14 de fevereiro de 2011 foi anunciado que um gato chamado Larry fora contratado para caçar ratos. [16]

Lista de gatos[editar | editar código-fonte]

Nome Início de mandato Fim de mandato Primeiro Ministro(s) Refs
Treasury Bill 1924 Ramsay MacDonald [17]
Peter fl. 1929 1946 Stanley Baldwin, Ramsay MacDonald, Neville Chamberlain, Winston Churchill, Clement Attlee [4]
Munich Mouser 1937–1940 1943 Neville Chamberlain, Winston Churchill [18] [19]
Nelson 1940s Winston Churchill [19] [20]
Peter II 1946 Clement Attlee [4]
Peter III 1946 1964 Clement Attlee, Winston Churchill, Anthony Eden, Harold Macmillan, Alec Douglas-Home [4]
Petra 1964 ca. 1976 Alec Douglas-Home, Harold Wilson, Edward Heath [4]
Wilberforce 1970 1988 Edward Heath, Harold Wilson, Jim Callaghan, Margaret Thatcher [21]
Humphrey 1989 1997 Margaret Thatcher, John Major, Tony Blair [22]
Sybil 2007 2008 Gordon Brown [23] [24]
Larry 2011 atual David Cameron [16]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. "Purr-fect ending fur Humphrey!", BBC News, 25 November 1997.
  2. Davies, Caroline. "More questions over how No 10 handled the kitty", The Daily Telegraph, 24 November 1997.
  3. Chapter Six. The Cat and the Law. Van Vechten, Carl. 1922. The Tiger in the House Bartleby.com. Página visitada em 2011-06-16.
  4. a b c d e "Home Office cat history revealed", BBC News, 4 January 2005.
  5. The official Home Office cat HM Government. The National Archives (1929–1976).
  6. "Tale of Home Office cat", Metro, Associated Newspapers, 4 January 2005.
  7. Millward, David. "Humphrey... the Downing Street dossier", The Daily Telegraph, 15 March 2005.
  8. Fenton, Ben. "The official Home Office cat", The Daily Telegraph, 4 January 2005.
  9. "No. 10 has its first cat since Humphrey", 12 September 2007.
  10. Nick, Assinder. "No 10 gets new feline first lady", BBC News, 12 September 2007.
  11. "A Country Life for the No. 10 Cat", The Daily Mail, 30 January 2009.
  12. Crichton, Torcuil. "Darling’s cat Sybil dies after a short illness", The Herald, 29 July 2009.
  13. McSmith, Andy. "Farewell to the original New Labour cat", The Independent, 29 July 2009.
  14. "Another rat spotted on steps of Number 10", ITN, 24 January 2011.
  15. a b "BBC News - 'Pro-cat faction' urges Downing Street rat rethink", BBC News, 25 January 2011.
  16. a b Larry the tabby lands No10 job as rat catcher | Politics Thisislondon.co.uk. Página visitada em 2011-06-16.
  17. Campbell, Mel. "‘Miaow, Prime Minister’: the bureaucats of Downing Street", Crikey, 19 May 2010. Página visitada em 25 January 2011.
  18. Irving, David. Churchill's War Volume II: Triumph in Adversity. [S.l.]: Focal Point Publications, 2001. p. 833. ISBN 1-872-19715-9
  19. a b (Spring 2001) "Riddles, Mysteries, Enigmas". Finest Hour (110). The Churchill Centre.
  20. (Winter 2000–2001) "Riddles, Mysteries, Enigmas". Finest Hour (109). The Churchill Centre.
  21. Merrick, Jane. "Ten years after the Humphrey hoo-ha, a cat returns to Downing Street", The Daily Mail, Associated Newspapers, 11 September 2007. Página visitada em 12 March 2008.
  22. Humphrey the Cat (PDF) HM Government. Cabinet Office. Página visitada em 12 March 2008.
  23. Morning press briefing from 11 September 2007 10 Downing Street. HM Government (11 September 2007). Página visitada em 12 March 2008.
  24. Number 10 welcomes new resident 10 Downing Street. HM Government (11 September 2007). Página visitada em 12 March 2008.

Leituras[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]