Chila-caiota

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde agosto de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Como ler uma caixa taxonómicaAbóbora-chila
Cucurbita ficifolia

Cucurbita ficifolia
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Cucurbitales
Família: Cucurbitaceae
Género: Cucurbita
Espécie: C. ficifolia
Nome binomial
Cucurbita ficifolia
Bouché 1837

A abóbora-chila (também conhecida como chila-caiota, gila-caiota ou simplesmente gila ou chila) é uma planta da família das cucurbitáceas. [1]

Esta abóbora exteriormente é verde e branca e o interior é branco com sementes pretas. Pode pesar de 1 a 4 kg.

Em Portugal é muito utilizada para fazer doce de gila ou chila. Este doce fica em fios de cor branca e é utilizado em inúmeras receitas tradicionais ou conventuais.

Conhecida em algumas regiões do estado do Rio Grande do Sul, Brasil, como "melancia de porco".

Algumas variedades já foram experimentadas para produção de "macarrão dietético", isento de amido.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

CPACT - Embrapa [1][editar | editar código-fonte]