Chiquititas (telenovela portuguesa)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Chiquititas (Portugal))
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Chiquititas
Chiquititas (PT)
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 35 minutos
Criador(es) Idéia original: Cris Morena. Adaptação de Teresa Guilherme
País de origem  Portugal
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Vítor Jesus e Sandra Antunes
Elenco Marta Fernandes
Nuno Pardal
Tema de abertura "O Mundo das Chiquititas"
Tema de
encerramento
vários (rotativo)
Exibição
Transmissão original 20 de Julho de 2007 – 5 de Setembro de 2008
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 217
Cronologia
Último
Último
Floribella
Rebelde Way
Próximo
Próximo

Chiquititas foi a adaptação portuguesa da telenovela produzida pela Teresa Guilherme Produções da novela Chiquititas, mais precisamente da sua oitava temporada, originalmente produzida em 2006. As promoções tiveram início a 1 de Junho de 2007. A novela é passada num orfanato, onde uma ama muito pouco convencional ensina as crianças a viver e a sonhar através da Música. «Chiquititas», é a maior trama da Argentina (com oito temporadas e dois filmes), e estreou dia 20 de Julho de 2007. Várias foram as atrizes apontadas pela imprensa para viverem a personagem Lili, a divertida ama muito ao estilo de Mary Poppins, mas foi Marta Fernandes que conseguiu o papel. A trama é dirigida ao mesmo público de Floribella (adaptação de Floricienta, também de Cris Morena), mas, parafraseando os responsáveis da SIC: "enquanto a Floribella é ao estilo de Cinderela, Chiquititas tem a história da Mary Poppins." A telenovela foi reposta na SIC entre 2011 e 2012, aos domingos de madrugada (5h da manhã).

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Tudo começa no Lar do Monte, um orfanato para crianças que perderam os pais. Os donos do orfanato são a terrível Júlia de Mont (Patrícia Tavares) e o seu marido, Pierre de Mont (Luís Gaspar). Apesar de não terem nenhum amor às crianças que lá vivem, nem saberem os seus nomes, Júlia e Pierre, só mantêm o lar, devido ao subsídio estatal que devia ser gasto em obras de restauração, roupas e cuidados de saúde para as crianças, mas em vez disso, é desperdiçado em cabeleireiros, perfumes e viagens para Júlia e Pierre. Este casal de vilões tem dois filhos, que herdaram o dom da maldade: Marcel de Mont (Tiago Mesquita), mais inteligente que o pai e sempre pronto a fazer negócio, e Alice de Mont (Marta Peneda), uma verdadeira expert no que toca a manipular pessoas.

O lar vive dias terríveis, e as crianças que lá passam os dias não estão melhores. A verdade, é que Laidinha (Sofia de Portugal), foi contratada para gerir o lar, e veio da província para a cidade. Laidinha é uma bruta-montes, que foi habituada a tratar de animais e não de crianças. Sempre armada da sua chibata, ela impõe o respeito, mas as crianças arranjam sempre maneira de se safar aos seus castigos terríveis.

A única rapariga que não está no lar porque perdeu os pais é Augusta Pessanha (Cátia Tavares), que todos chamam Guta. Os seus pais (Rita Alagão e Paulo Matos) são ricos, e estão numa expedição pelas montanhas do Peru. A menina decidiu ficar num orfanato e lá fez muitos amigos, em especial Kiki (Carla Lopes), uma menina doce e romântica, que adora contar histórias e sonha com o seu príncipe encantado. Ele chegará?, Bem nós temos o melhor amigo de Zeca, o Chico (Nelson Reis), que gosta de Kiki, mas acaba se apaixonando por Vanda, além de surgir Françoise (Ines Costa), e é o mais querido pelas meninas no lar.

Existem também os irmãos Paula (Rita Lopes) e Zeca (César Brito). Ela tem sempre resposta pronta, é ativa e dinâmica, tem uma inimiga chamada Vanda(Joana Oliveira) que e a mais velha das meninas e daqui a pouco terá que sair do orfanato, por isso chega a ser meio malvadinha. O Zeca é corajoso, apesar de ser um pouco introvertido, e de estar sempre na defensiva. Zeca, assim que chega, deixa os coraçõezinhos das meninas apertados. Menos o de Guta, que percebe que Kiki está apaixonada por ele, e passa a discutir frequentemente com Zeca para que faça olhinhos à amiga. Mas essas brigas viram amor, e Guta e Zeca começam a namorar às escondidas, para não magoar os sentimentos de Kiki, e do medroso Susto (Francisco Fernandez), que sempre gostou de Guta,e tem muito medo de Laidinha. Os amigos Joca (Rubem Leonardo) e Bocas (João Rosa (ator)) adoram jogar bola e fazer travessuras com Laidinha.

Do outro lado da cidade, estão os escritórios da, até agora, bem sucedida, Empresa Sant'ana. À frente da direção desta firma que se encarrega da exportação de maçãs portuguesas, está o presidente Vítor Santana (Luís Mascarenhas), e a sua filha de vinte e sete anos, Madalena Santana (Marta Fernandes). Vítor é um homem frio e racional que educou a filha nos melhores colégios para que ela fosse uma empresária de sucesso. O seu sonho concretizou-se, mas teve de contornar um obstáculo. Aos dezenove anos, fruto de um namoro de um ano e pouco, Madalena engravidou. Como ainda era muito nova, o pai ordenou que vivesse a gravidez numa quinta para o interior, onde uma empregada, Rosália (Leonor Alcácer), estava incumbida de cuidar da menina. Quando Madalena pariu, o filho foi-lhe retirado dos braços, sendo entregue a um orfanato. Hoje, Madalena é uma sombra do que era antes. O pai não admite que cometeu o erro, e Madalena desespera pela busca do seu filho - ou filha. Nunca chegou a saber o sexo, mas sabe que tem sete anos.

É por isso, que pede à sua grande amiga Catarina (Sílvia Silva), que a ajude nesta busca de uma mãe desesperada. Juntas, as duas descobrem o lar «Casa do Monte», e Madalena sente uma conexão com três crianças de lá, os mais pequenos: a travessa Lua (Beatriz Monteiro), o pequeno gênio Minorca(Tiago Delfino) e a doce e meiga Anita (Catarina Rebelo). Ciente de que é naquele orfanato que está o filho, esta disfarça-se assumindo a personalidade de uma simpática governanta, um pouco distraída e rebelde que vai revolucionar o orfanato. Assim, Madalena passa a acumular o papel de Lili. Chegou a música, o amor, a alegria, os sorrisos e as gargalhadas a este orfanato. Agora, tudo vai ser diferente. Em meio às buscas por seu filho, ou filha, Lili se apaixona por Lucas (Nuno Pardal), o cozinheiro do lar, bonito, simpático e conquistador. Um dançarino de tango profissional, tem várias namoradas até conhecer Lili. Ele sempre ajudou as crianças a livrarem-se dos castigos de Laidinha, e por isso sempre foi muito querido. Já o banqueiro Mateus van Bauer (Carlos Vieira) chega a Portugal para resolver problemas financeiros do Grupo Santana, mas acaba por se apaixonar pela diretora da empresa: Madalena.

E com o lema de Lili, acompanhamos essa mágica aventura: Para qualquer situação á sempre uma solução!

Informações Gerais
Título Chiquititas
Género Infanto - Juvenil
Horário de Transmissão 09:00-10:00 (2ª a 6ª)
Transmissões Estreia: 20 de Julho de 2007
Final: 5 de Setembro de 2008
Número de Episódios 217 (5 de Setembro de 2008)
Antecessora Floribella
Sucessora Rebelde Way
Número de Episódios Previstos 217

Elenco[editar | editar código-fonte]

Elenco Adulto[editar | editar código-fonte]

Elenco infanto-juvenil[editar | editar código-fonte]

Participações especiais (adultos)[editar | editar código-fonte]

Participações especiais (infanto-juvenis)[editar | editar código-fonte]

Guião[editar | editar código-fonte]

  • João Matos (Coordenador - Head Writer)
  • Ana Morgado
  • Raquel Schefer
  • Mafalda Ferreira

CDs[editar | editar código-fonte]

CD 1 - 24 horas[editar | editar código-fonte]

  • 1. O Mundo das Chiquititas (Chiquititas 2006/Chiquititas 2008)
  • 2. Coração com buraquinhos (Corazon Con Aguejitos/Coração com Buraquinhos)
  • 3. Tudo tudo tudo (Todo Todo/Tudo Tudo)
  • 4. Juntos podemos voar (Volar Mejor/Voar Melhor)
  • 5. 24 Horas (24 horas/24 Horas)
  • 6. Louco por ti (Estoy Loco/Estou Louco)
  • 7. Mentiras (Mentiritas/Mentirinhas)
  • 8. Há que limpar (Hasta Diez/Até Dez)
  • 9. Há certas coisas (Me Passan Cosas/Me Passam Coisas)
  • 10. Malvada (Malissima/Bruxas Malvadas)
  • 11. Onde estás (Donde Estas?/Onde Está?)
  • 12. Amigas (Amigas/Amigas)
  • 13. Era uma vez (Habia Una Vez/Era Uma Vez)
  • 14. Eu quero ser igual (Igual A Los Demas/Igual Aos Demais)

CD 2 - viva a vida[editar | editar código-fonte]

  • 1. Vida a vida (tema de Lili)
  • 2. Cantinho de luz (tema do lar Demont)
  • 3. É tão bom namorar (tema de Kiki)
  • 4. Se tu quiseres (tema geral)
  • 5. Mexe, mexe (tema de Lili com os órfãos)
  • 6. Pimpolho (tema de Minorca)
  • 7. Eu já sei (tema de Madalena Santana)
  • 8. Crescer (tema das crianças maiores)
  • 9. Estrela (tema de Catarina)
  • 10. O que vou ser quando crescer (tema de Lua)
  • 11. O chefe lucas (tema de Lucas)
  • 12. Liberdade (tema de Laidinha e os órfãos)
  • 13. Canção do golfinho

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Devido às baixas audiências de "Chiquititas" no horário em que estava a ser exibido (21h45), esta telenovela passou a ser exibida aos sábados e domingos de manhã;
  • Já no horário das manhãs de fim-de-semana, "Chiquititas" estreou a liderar duplicando os valores da estação naquele horário e garantindo, assim, a liderança;
  • O 1º CD das "Chiquititas" alcançou o 1º lugar da tabela dos mais vendidos e foi Platina (mais de 20.000 discos vendidos) numa semana! Atingiu a tripla platina;
  • Em Dezembro de 2007 foi lançado o DVD das Chiquititas que contém vários videoclips como Chiquititas, 24 Horas, Coração com Buraquinhos, Era uma Vez, Há Certas Coisas, Mentiras e Onde Estás?. O DVD ainda inclui karaoke de 3 canções e ensina a dançar algumas das coreografias;
  • No Natal de 2007 o site oficial das Chiquititas anunciou mais produtos da telenovela como brinquedos diversos, mobiliário e roupa;
  • A 10 de Março de 2008 foi lançado o tão desejado DVD das Chiquititas de Karaoke.
  • Está em reposição na SIC, desde 13 de Fevereiro, no horário de fim-de-semana às 6h da manhã.

Modificações na trama[editar | editar código-fonte]

  • Desde o primeiro capítulo a adaptação portuguesa de "Chiquititas" seguiu fielmente o texto argentino, mas na recta final da história ela sofreu algumas alteirações;
  • Em Chiquititas Sin Fin, os personagens Vítor, Lúcia (em português Catarina) e Betina (em português Benedita) morrem, enquanto na adaptação portuguesa apenas Vítor e Benedita morrem, num acidente na Suíça. Catarina sofre o mesmo acidente que mata Benedita e Vítor, porém sobrevive e fica meses internada numa clínica a recuperar. Após sair do hospital, Catarina, para felicidade de Madalena, recupera, casa-se com Diogo e juntos adoptam Lua;
  • Na versão argentina, Anita é a filha de Lili, que adopta Luna (em português Lua). Já Nano (em português Minorca) é adoptado por Diego (em português Diogo), que termina sozinho. Na adaptação portuguesa Minorca é que é o filho de Lili, Anita reencontra a sua tia, e Lua é adoptada por Diogo e Catarina;
  • O final do vilão Pierre na Argentina é triste: separa-se da sua mulher Júlia, é obrigado a vender o lar aos pais de Guta para pagar as suas dívidas, e não ir preso, e é expulso pelas crianças. Logo depois, o seu advogado rompe a amizade, e Pierre termina solitário e infeliz. Na trama portuguesa, Júlia e Pierre reconciliam-se após a separação, e após ficarem sem dinheiro e serem expulsos do lar pelas crianças, formam, ao menos, uma família unida ao lado dos filhos;
  • Na Argentina, as gravações desta temporada de "Chiquititas" terminam na época de Natal, com uma festa que até teve direito a neve. No entanto, como o episódio final de "Chiquititas" em Portugal foi exibido em Setembro, o último episódio terminou com uma comovente e mágica noite da "Festa do Amor".

Ligações externas[editar | editar código-fonte]