Chris Crocker

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Chris Crocker
Nascimento 07 de Dezembro de 1987 (27 anos)
Tennessee  Estados Unidos
Ocupação Fenômeno da Internet
Ator pornográfico


Chris Crocker, 7 de dezembro de 1987, é um blogueiro e celebridade da internet, famoso principalmente por seu vídeo no Youtube "Leave Britney Alone".O vídeo, que teve sua ascensão em setembro de 2007, mostrava basicamente sua indignação aos críticos e imprensa em relação a cantora pop Britney Spears. Esse mesmo vídeo teve mais de quatro milhões de visualizações em apenas dois dias.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

A vida antes da fama de Chris Crocker foi um pouco complicada. Estudou em uma escola onde bullying, ameaças de morte e violência eram comuns. Por ser homossexual, acabou sendo vítima de todos esses casos, e ainda, foi-lhe dito pela sua Avó que, por ser gay, precisaria de um exorcismo.[2] Após vários conflitos na sua vida, Crocker arranjou um emprego como editor de uma revista virtual. E foi nela que conheceu seu primeiro namorado, com quem conversava on-line e por telefone.

Depois de trabalhar anos nessa revista, começou a fazer vídeos auto-produzidos que segundo ele, expressavam sua raiva em relação a sua cidade intolerante através de filmagens bizarras.

Apenas depois de alguns vídeos, Crocker ganhou reconhecimento mundial com o vídeo "Leave Britney Alone", e uma semana depois, seu canal no Youtube estava no Ranking de mais visualizados.[3]

Leave Britney Alone![editar | editar código-fonte]

Um dos seus principais vídeos, Chris Crocker virou um ícone gay, e seu vídeo é um verdadeiro culto na web. Ele relata emocionalmente o seu desespero em relação a cantora Britney Spears, que na época estava com vários problemas e crises, resultando em uma má performance em seus shows e em maus comentários a respeito. Crocker revela ser um fã árduo de Britney, e usando o seu Canal no Youtube, lançou seu protesto. O bordão já teve várias repercussões mundiais, incluindo a participação de Chris na música "Porks And Beans" da banda Weezer, "Toxic" da banda A Static Lullaby, além de camisas com o logo, citações em filmes e seriados, entrevistas na CNN e em talk-shows com o próprio Chris Crocker.

Recentemente em 2009, Chris postou o vídeo "www.MsChrisCrocker.Com", que explica o motivo de sua saída do Youtube. Seus vídeos agora podem ser encontrados nesse mesmo site.

Chris Crocker não perde oportunidades de estender seus quinze minutos de fama: ele já produziu seu próprio reality show e até lançou algumas músicas.

Música & Documentário[editar | editar código-fonte]

Crocker lançou seu primeiro single, "Mind in the Gutter", em 2008. Ele lançou seu primeiro EP, intitulado The First Bite, digitalmente no iTunes em 19 de março de 2011. O EP alcançou a posição #3 nas paradas iTunes: Electro album. "I Want Your Bite" foi lançado como o segundo single e, desde então, atingiu um pico de #12 nas paradas do iTunes: Dance. Mais tarde, naquele ano, Crocker lançou as canções "Second to None", "Tug of War" e "Taking My Life Back". Em 2012, Crocker lançou as canções "Locked Up Lovers" e "Lucky Tonight".

O segundo EP, "Walls Down", de Crocker, foi lançado em 14 de março de 2013, sob seu novo nome artístico Chris Cunningham - Crocker. O EP foi lançado no iTunes de álbuns eletrônicos gráfico, no número oitenta e quatro anos e, até agora, chegou ao número #5. Isto dá, à Crocker, seu segundo álbum Top #5 no chart. O EP é uma partida de seu estilo de dança anterior, que consiste principalmente em baladas e apresenta um dueto com sua mãe. O primeiro single do EP, "Breaking Up", foi lançado em 24 de janeiro de 2013.

Crocker anunciou em agosto de 2011 que um filme documentando sua vida ao longo dos últimos anos seria lançado, intitulado "Me at the Zoo". O filme também explora como compartilhamento de vídeo e mídias sociais que moldaram a forma como as pessoas compartilham suas histórias e ir sobre suas vidas. Em 17 de Janeiro de 2012, da HBO Documentary Films, garantiu os direitos de transmissão nos Estados Unidos para o filme. Ele estreou no 2012 Sundance Film Festival, em 21 de janeiro de 2012 e na HBO em 25 de junho de 2012.

Programa de Televisão[editar | editar código-fonte]

Antes da sua atenção em setembro de 2007, o vídeo Leave Britney Alone!, Crocker era visto como uma sensação de vídeo viral e foi convidado pela MTV vlogger pioneiro e notícias funcionário Matt Sunbulli para fornecer vídeo para o site da MTV. Crocker indicou que ele esperava para desenvolver sua atuação carreira; ele concordou em desenvolver ideias para um programa de TV com Los Angeles, produtor Glenn Meehan e reuniu-se com representantes de LOGO canal de temática gay da MTV. De acordo com a Variety, Crocker assinou um contrato de desenvolvimento com 44 Blue Productions para criar um "docusoap reality show", que seria chamado 15 minutos de Chris Crocker mais. Rasha Drachkovitch, co-fundador da empresa de produção, declarou: "vai ser muito bonito a experiência de Chris Crocker. Consideramos dele um personagem rebelde que as pessoas vão achar interessante. Ele vai ser uma estrela de TV".

Filme Pornográfico[editar | editar código-fonte]

O rapaz abandonou as perucas, maquiagem, malhou pencas e parece estar tranquilo com o fato de que agora é um ator pornô. "Não estou me degradando ao mostrar meu corpo. Meu corpo foi desenhado pelo universo e nudez é o meu estilo. As roupas foram feitas pelo homem", disse em entrevista ao "Pop Crunch".

Em julho de 2011, foi anunciado que Crocker tinha sido assinado por Chi Chi LaRue para aparecer em um filme pornográfico. Ele fez sua estréia em filme adulto em outubro de 2012 por Maverick Men. Em 2014, "Lucas Entertainment", digitalmente lançou "Chris Crocker's Raw Love", que apresenta Crocker em uma cena sem preservativo com seu então namorado, Justin Dean.

Crocker acredita que o vídeo Leave Britney Alone! e seu desempenho na pornografia podem ter ferido suas chances de prosseguir uma carreira de ator. "Muita gente acha que o vídeo de Britney é o que me fez famoso e o que me deu todas estas oportunidades, mas se eu tivesse que ter ido para Los Angeles como um desconhecido ator e eu provavelmente poderia ter conseguido muito mais trabalho". Ele disse: "Eu não me arrependo, necessariamente. Acho que só me dá mais obstáculos a superar... O que, você sabe... e, obviamente, fazer a coisa pornô não necessariamente me ajuda". Crocker descreveu o aspecto pornô como tendo coisas manchadas, mas disse que cabe a ele "para fazer esses pequenos movimentos calculados". "É o tipo de criado um outro caixa inteira que eu tenho que superar", afirmou. "Mas quando você é conhecido como o de Britney-boy, ou você está em uma caixa de '15 minutos de fama', é muito interessante, porque as ofertas começam a chegar em você muito rápido. E quando eles diminuem, você não sabe o que fazer".

Crocker afirmou que atuar em filmes pornô ia ser mais do que um único evento; "que ia ser a pornografia e, em seguida, um site, com as mesmas empresas". Ele disse que estava focado na criação de um futuro com o seu namorado e conseguir uma casa e uma hipoteca. "Eu disse, 'Bem, se eu vou fazer isso, então vamos fazer valer a pena'. Então, depois nós terminamos uma semana antes do que o filme pornô saiu. Então, sim, é uma espécie de terminar". Ele acrescentou: "Você tem que contratualmente, e as coisas, promover a pornografia. Então, eu me arrependo de fazê-lo com o meu ex mais do que eu me arrependo em fazê-lo, em geral". Ele diz que poderia fazer pornô novamente, mas se pergunta como ele se estenderia que em uma carreira viável. Aqui é o reality show? E onde estão as pessoas que têm visto como interessante a minha vida é? Não que muitas pessoas estavam, tipo, o primeiro de seu tipo a ser uma celebridade da Internet - o que acontece depois disso?" disse ele. "O que acontece depois que você estende seus 15 minutos de fama a 30 minutos de fama, e é seis, sete anos mais tarde, e você ainda está vivendo em casa, no Tennessee? Acho que é uma história interessante, um pouco mais de 'Honey Boo Boo'", finaliza.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Extended Play (EP)[editar | editar código-fonte]

Ano Detalhes do Álbum
2011 The First Bite
  • Lançamento: 19 de Março de 2011
  • Gravadora: Independente
  • Formato: Digital download
2013 Walls Down
  • Lançamento: 14 de Março de 2013
  • Gravadora: Independente
  • Formato: Digital download

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Título Álbum
2008
"Mind in the Gutter"
2010
"Love You Better"
"Love You Better" (acoustic)
"Best of Both Worlds"
"Fell for the Enemy"
"Freak of Nature"
The First Bite
2011
"I Want Your Bite"
"Second to None"
"Tug of War"
"Taking My Life Back"
2012 "Locked Up Lovers"
"Lucky Tonight"
2013 "Breaking Up"
Walls Down

Videoclipes[editar | editar código-fonte]

Ano Título Diretor
2011 "Freak of Nature" Worm Carnevale
2012 "One Day" Chris Crocker

Outra Aparição[editar | editar código-fonte]

Ano Título Álbum
2011
"Bang" (with Ryan Adames and Lou)

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Documentário
Ano Título Papel
2012 Me at the Zoo Ele mesmo
Pornográfico
Ano Título Estúdio
2012 Vários Maverick Men
2014 Chris Crocker's Raw Love Lucas Entertainment

Vídeos Mais Vistos[editar | editar código-fonte]

YouTube
Título Canal na Internet Papel
Leave Britney Alone! itschriscrocker Ele mesmo
Eat My Cornhole
Please, bitch!
Why I'm Gay
Kids SHOULD Cuss
Back up, Britney haters!
Watch Chris Crocker blink
"Best Video EVER!" (originalmente)
Britney, this is for you
Watch it.
This & that

Referências