Christina Aguilera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Christina Aguilera
Aguilera participando da homenagem de John Lennon
na Montblanc, em 2010.
Informação geral
Nome completo Christina María Aguilera
Também conhecido(a) como Xtina, Baby Jane, Madam X
Voz da Geração
Nascimento 18 de dezembro de 1980 (34 anos)
Local de nascimento Staten Island, Nova Iorque
 Estados Unidos
Gênero(s) Soul, rhythm and blues, Neo soul, Jazz, Blue-eyed soul, Pop, electropop, pop latino
Ocupação(ões) Cantora, atriz
Instrumento(s) Vocal
Extensão vocal Soprano
Período em atividade 1993–presente
Outras ocupações Produtora musical, compositora, empresária, filantropa[1] [2] [3] [4]
Gravadora(s) RCA
Afiliação(ões) Madonna, Britney Spears, Cher, Justin Timberlake, Elton John, Tony Bennett, Missy Elliott, Pink, Maroon 5, Lady Gaga
Influência(s) Etta James, Madonna, Cher, Marilyn Monroe, Mariah Carey, Cyndi Lauper, Aretha Franklin, Patti LaBelle, Billie Holiday, Whitney Houston, Stevie Wonder, Donna Summer
Influenciado(s) Demi Lovato, Lady Gaga, Adele, Kelly Clarkson, Rihanna, JoJo, Leona Lewis, Adam Lambert, Vanessa Hudgens, Miley Cyrus, Ashley Tisdale, Jordin Sparks, Taylor Swift, Heidi Montag
Página oficial www.ChristinaAguilera.com
Christina Aguliera Signature.jpg

Christina María Aguilera (Staten Island, Nova Iorque, 18 de dezembro de 1980) é uma cantora, atriz, compositora, produtora musical e filantropa dos Estados Unidos.[5] Reconhecida por ser uma figura proeminente na música popular tradicional e da cultura popular, ela é famosa pela sua voz poderosa, bem como por reinventar constantemente sua música e imagem. Tudo isso a rendeu o título de Voz da Geração.

Aguilera ficou famosa após sua participação no programa O Clube do Mickey, em 1993, saindo no ano seguinte. Fez sua estreia no mundo da música em 1999 com o álbum Christina Aguilera, que competiu com grandes estreias de Britney Spears, Jennifer Lopez e Macy Gray. Ao mesmo tempo estabeleceu sua carreira com singles número um na Billboard Hot 100, como "Genie in a Bottle", "What a Girl Wants" e "Come On Over Baby (All I Want Is You)", canções que foram retratadas por colocar o teen pop em sintonia a uma voz poderosa. No ano seguinte, lançou um álbum totalmente em espanhol, Mi Reflejo, explorando suas raízes latinas que teve uma grande receptividade nas paradas latino-americanas. No mesmo ano, lançou um álbum de natal, My Kind of Christmas, e fez colaborações sucedidas mundialmente. A partir de seu segundo álbum de inéditas, Stripped, Christina começou uma série de reinvenções constantes na sua imagem. O álbum foi um sucesso, e com o mesmo ela emplacou "Beautiful", que se tornou bem-sucedida mundialmente. Continuando com sua reinvenção, desta vez musicalmente e artisticamente, Aguilera adotou uma personalidade mais adulta, e lançou Back to Basics, um álbum que ela descreve como "um retrocesso para os anos 20s, 30s, 40s nos estilos de jazz, blues e soul, mas com um toque moderno". Em 2008, lançou Keeps Gettin' Better: A Decade of Hits, um álbum de grandes êxitos como celebração pelos seus dez anos de carreira. Em 2010, a artista fez sua estreia no cinema ao lado de Cher, para o filme musical Burlesque. Com este filme, ela foi indicada ao Globo de Ouro de "Best Original Song" pela faixa "Bound to You". No mesmo ano, ela lançou Bionic, onde experimentou e misturou estilos de synthpop e electropop, recebido por críticas e desempenho comercial misto. Após dois anos, foi lançado Lotus, que marca seu retorno a música pop, sendo lançado apenas um single mundialmente e que ainda está em andamento. Desde 2011, Aguilera se tornou treinadora do reality show The Voice, embora tenha deixado a bancada temporariamente na quarta temporada.

Ao longo de sua carreira, Aguilera recebeu importantes prêmios, entre eles quatro prêmios Grammy, um Grammy Latino, dois MTV Video Music Awards, dois Billboard Music Awards e recebeu uma estrela na Calçada da Fama. Além disso, ela também foi indicada ao Globo de Ouro e pré-indicada ao Oscar.[6] Reconhecida como uma das artistas mais bem-sucedidas da história, ela é a segunda cantora que mais vendeu na década, atrás de Madonna, e ao longo de sua carreira ela já vendeu mais de 50 milhões de discos mundialmente.[7]

Aguilera foi incorporada na lista dos "100 Maiores Cantores de Todos os Tempos", feita pela revista Rolling Stone, ocupando a 58.ª posição e sendo a cantora mais jovem a entrar na lista.[8] O canal VH1 colocou a cantora entre as "100 Mulheres mais Importantes da Música", ocupando a 8.ª posição. Em 2009, ela foi incluída na lista das "50 Pessoas mais Bonitas do Mundo", através da revista People. Em 2013, Aguilera entrou para a lista da revista Time, como uma das "100 Pessoas mais Influentes do Mundo".

Origem e infância[editar | editar código-fonte]

Christina Aguilera nasceu com o nome de Christina María Aguilera em Staten Island, Nova Iorque, em 18 de dezembro de 1980.[5] Seu pai, Fausto Xavier Aguilera, é um equatoriano que servia como soldado no exército dos Estados Unidos,[9] enquanto sua mãe, Shelly Loraine, era uma violinista e pianista de ascendência alemã, irlandesa e holandesa.[10] Ao longo do trabalho de seu pai, sua família mudou-se para vários lugares, incluindo Nova Jersey, Texas, Nova Iorque e até mesmo no Japão.[11] [12] Ela viveu com seus pais, até o divórcio, quando tinha apenas seis anos de idade. Após o divórcio, Aguilera, sua mãe e sua irmã, Rachel, foram viver na casa de sua avó, em Rochester, Pensilvânia, uma cidade nos arredores de Pittsburgh.[9] De acordo com a artista, a relação de seus pais era difícil, dizendo que seu pai era muito controlador com ela e sua mãe, e as abusavam emocionalmente, humilhando-as e até agredindo sua mãe. Após esses acontecimentos, Christina usou a música para fugir dos problemas em casa.[13] Durante sua carreira, o pai de Aguilera tentou se reaproximar dela, mas a mesma descartou qualquer chance de um reencontro.[14] Desde então, sua mãe se casou novamente, e mudou o seu nome para Shelly Kearns.[15]

Aguilera se mudou para a casa de sua avó em Rochester, na Pensilvânia (foto), após o divórcio de seus pais.

Quando ainda era uma criança, Aguilera aspirava ser uma cantora, e era conhecida localmente como "a menina do vozeirão",[14] cantando em shows de talentos locais e competições. Quando tinha apenas 8 anos de idade, a cantora ganhou um show de talentos pela primeira vez, cantando uma música de Whitney Houston, "I Wanna Dance With Somebody (Who Loves Me)".[12] Em 15 de março de 1990, ela apareceu no programa Star Search, cantando "A Sunday Kind of Love", uma canção de Etta James, mas perdeu a concorrência ficando em segundo lugar.[16] Logo depois de perder esta competição, seu talento foi mantido em segredo para evitar o bullying de outras crianças,[14] após sua aparição na TV causar ataques a sua casa, e até mesmo vandalismo com o carro da família.[17] Com apenas 11 anos, Aguilera foi alvo de ataques e rejeição em shows de competição, quando mais velha ela comentou sobre os ataques que tinha quando criança, dizendo o seguinte:

Em 1991, Aguilera fez um teste para um papel no The Mickey Mouse Club, no entanto, ela não preenchia os requisitos por causa de sua idade. Dois anos depois, ela entrou para o elenco, realizando números musicais e de comédia, até o cancelamento do show em 1994.[19] O elenco era formado pelos companheiros de música Justin Timberlake, Britney Spears e pelos atores Ryan Gosling e Keri Russell. Neste show, Britney a apelidou de "diva",[20] em relação a sua voz. Quando tinha 14 anos, Aguilera gravou sua primeira canção, "All I Wanna Do", um dueto com o cantor japonês Keizo Nakanishi.[21] [22] [23] Em 1998, Aguilera enviou uma demo cantando "Run to You" de Whitney Houston, para ser escolhida a fazer parte da trilha sonora da animação da Disney, Mulan (1998).[24] A demo chamou a atenção do produtor e executivo Ron Fair, que mais tarde virou seu mentor ao longo de sua carreira e levou Aguilera a ganhar um contrato com a RCA Records na mesma semana. "Reflection" alcançou a vigésima posição na parada de singles Adult Contemporary, e foi nomeada para um Globo de Ouro de "Best Original Song".[25] [26]

Carreira[editar | editar código-fonte]

1999-2001: Christina Aguilera, Mi Reflejo, My Kind of Christmas[editar | editar código-fonte]

Seu primeiro álbum de estúdio, intitulado Christina Aguilera, foi lançado em 24 de agosto de 1999. O álbum foi recebido com críticas positivas dos críticos. Stephen Thomas Erlewine do Allmusic escreveu que o álbum "permanece firmemente dentro do adolescente orientado pelo gênero de dance-pop e que foi muito bem feito", descrevendo-o como "leve no melhor sentido possível, divertido, envolvente e agradável de escutar em cada momento".[27] O álbum alcançou o topo da Billboard 200, o que levou o álbum a vender mais de 8 milhões de cópias nos Estados Unidos,[28] e mais de 17 milhões de cópias em todo o mundo.[29] [30] [31] O álbum também está na lista dos "100 Álbuns mais Vendidos de Todos os Tempos" da Recording Industry Association of America,[32] e na lista dos "200 Melhores Álbuns de Todos os Tempos" no Rock and Roll Hall of Fame. Seu single de estreia, "Genie in a Bottle", se tornou um hit instantâneo, alcançando o número um na Billboard Hot 100 e em vários países do mundo.[33] [34] Os singles que deram continuidade ao álbum: "What a Girl Wants" e "Come On Over Baby (All I Want Is You)" também chegaram ao topo da Hot 100 durante 1999 e 2000,[35] enquanto "I Turn to You" alcançou a 3.ª posição nesta tabela, fazendo Aguilera bater o recorde de Cyndi Lauper e ser a única artista feminina a ter 3 singles número um com seu álbum de estreia na Billboard.[36] Em 1999, Aguilera se apresentou ao lado de 'N Sync e Britney Spears no Teen Choice Awards em 1999. "What a Girl Wants" foi incluído na primeira posição dos hits do milênio,[37] e Aguilera interpretou a canção no intervalo do Super Bowl XXXIV, ao lado de Enrique Iglesias. A cantora quis exibir a audácia de sua voz realizando sets acústicos e aparecendo em programas de televisão acompanhada apenas de um piano.[38] Na 42.ª edição dos Grammy Award, Aguilera venceu a categoria de "Best New Artist".

Cquote1.svg "Estou em estado de choque, completamente. Eu não esperava ganhar este prêmio, que para mim é mais que uma honra. Assim como eu também não esperava as indicações. Então, eu não tinha um discurso preparado, nada, estou tremendo como nunca. Mas é uma sensação incrível. Obrigada a todos!" Cquote2.svg
Christina no discurso de agradecimento ao Grammy Award.[39]
"Genie In a Bottle" foi o primeiro grande sucesso de vendas de Aguilera, alcançando o topo das paradas em mais de 15 países, incluído os Estados Unidos e no Reino Unido.

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

Em 12 de setembro de 2000, a artista lançou seu segundo álbum de estúdio e o primeiro álbum em espanhol, Mi Reflejo, contendo versões em espanhol de canções de seu álbum anterior e materiais novos em espanhol. Segundo o produtor Rudy Pérez, com quem Aguilera gravou o álbum em Miami, ela foi apenas semifluente durante a gravação, mas entendia a língua, tendo crescido com seu pai equatoriano.[40] [41] O álbum alcançou a 27.ª posição na Billboard 200 e liderou as paradas latino-americanas, com um recorde de 24 semanas consecutivas na parada Top Latin Albums, sendo a maior estreia de todos os tempos nesta tabela.[42] [43] Além disso, Mi Reflejo fez de Aguilera a única artista na história a ter dois comeback número um na Billboard. Atualmente, o álbum já vendeu mais de 3 milhões de cópias em todo o mundo, e a Recording Industry Association of America (RIAA) certificou o álbum com seis discos de platina, pelas vendas superiores a 480.000 cópias nos Estados Unidos.[44] [45] [46] [47] Christina ganhou o World Music Award e o prêmio Billboard como a artista que mais vendeu na América naquele ano.[48] Em 2001, ela foi a primeira artista americana a ganhar um Grammy Latino, vencendo a categoria de "Melhor Álbum Vocal Pop Feminino do Ano".[49] No mesmo ano, Aguilera também lançou um álbum de Natal, My Kind of Christmas, em 24 de outubro de 2000, e interpretou seu único single, "The Christmas Song", na Casa Branca naquele mesmo ano.[28] [50] O álbum foi disco de platina nos Estados Unidos, e mundialmente vendeu mais de 6 milhões de cópias.[51] A sua primeira turnê, Christina Aguilera in Concert, começou no verão de 2000 nos Estados Unidos e terminou no início de 2001, onde ela visitou a América do Sul e a Ásia.[52] [45] Naquele ano, a cantora lançou o DVD My Reflection, no qual recebeu certificado ouro nos Estados Unidos,[53] sendo assim fez de Aguilera a artista que mais vendeu em 2000.[48]

Aguilera apresentando "Christmas Time", em 2000, durante a promoção de seu álbum natalino.

Aguilera foi envolvida em rumores de ter namorado o VJ da MTV, Carson Daly.[54] Os rumores de seu relacionamento com ele foram alimentados após o lançamento da música "The Real Slim Shady", do rapper Eminem, no qual ele também insinua um relacionamento entre ela e o ex-vocalista da banda Limp Bizkit, Fred Durst. Aguilera respondeu a música em uma entrevista dizendo que as letras eram "repugnantes, ofensivas e que acima de tudo, não eram verdade".[55] A briga entre a artista e Eminem terminaram dois anos depois, nos bastidores do Video Music Awards.[56] Aguilera havia namorado o dançarino porto-riquenho Jorge Santos, que apareceu em sua turnê e seus vídeos em 2000. Eles continuaram com o relacionamento por quase dois anos, até que terminaram em 11 de setembro de 2001.[57] Ele permaneceu como dançarino de Aguilera até 2002.[58]

Em 2001, o porto-riquenho Ricky Martin, convidou a cantora para que participasse de um dueto com ele em "Nobody Wants to Be Lonely", de seu álbum Sound Loaded, lançado como o segundo single do projeto. A canção atingiu a 13.ª posição nos Estados Unidos, através da Billboard Hot 100, e se tornou um sucesso mundialmente.[25] No mesmo ano, Aguilera, Lil' Kim, Mya e Pink regravaram o single de Patti LaBelle, "Lady Marmalade" (1975), para a trilha sonora do filme Moulin Rouge!. A canção finalmente chegou a primeira posição na Billboard Hot 100 durante cinco semanas, e se tornou o single mais vendido do ano.[59] [60] Assim veio mais um ano de sucesso para Aguilera, levando a canção a chegar ao número um em mais de 20 países, vendendo em torno 5,2 milhões de cópias.[61] "Lady Marmalade" concorreu ao Grammy Award com "Nobody Wants to Be Lonely" na categoria de "Best Pop Collaboration with Vocals", e venceu.[62] O vídeo do single venceu dois MTV Video Music Awards, incluindo o de "Vídeo do Ano", em 2001.[63] Mais tarde, Just Be Free, um álbum demo da cantora gravado quando ela tinha 15 anos de idade, apareceu em lojas de discos.[64] Quando a RCA Records descobriu, pediu aos fãs para não comprá-lo. Meses depois, a RCA e a outra gravadora que havia lançado o álbum, chegaram a um acordo confidencial para o lançamento do álbum, onde Aguilera emprestou seu nome, imagem e de uma quantidade não especificada de indenização.[65]

2002-2005: Stripped, nova imagem e casamento[editar | editar código-fonte]

Aguilera apresentando "Infatuation" na turnê Stripped World Tour.
Aguilera apresentando "Infatuation" na turnê Stripped World Tour.
Aguilera na turnê Stripped World Tour em 2004.
Aguilera na turnê Stripped World Tour em 2004.

O quarto álbum de estúdio de Aguilera, Stripped, foi lançado em 26 de outubro de 2002. O álbum alcançou a 2.ª posição na Billboard 200, com vendas na primeira semana de 330 mil cópias.[66] Ao contrário de seu trabalho anterior, o álbum apresentou alguns lados provocantes de Aguilera. Como Aguilera tinha assinado recentemente um contrato de publicação global com a BMG Music Publishing, ela escreveu a maior parte do álbum, no qual foi envolvido muitos assuntos diferentes como bullying, anorexia, homossexualidade, baixa auto-estima e outros. Além de novos assuntos, ela também apresentou novos estilos musicais, incluindo R&B, rock, soul, pop e hip hop.[67] A maior parte do álbum foi produzido por Scott Storch e pela ex-vocalista de 4 Non Blondes, Linda Perry, que produziu seus registros mais pessoais, como a faixa "I'm OK", onde Aguilera fala sobre a agressão e problemas familiares que teve com seu pai, Fausto Aguilera. Chaves Rockwilder e a cantora Alicia Keys também contribuíram com uma faixa cada um para o disco. O álbum foi bem recebido pela crítica, embora os vocais de Aguilera foram negligenciados quando ela começou a cultivar uma imagem mais sexy e provocante,[68] tendo participado de photoshoots praticamente nua, como na cobertura para a Rolling Stone, com Aguilera usando apenas botas e uma guitarra elétrica.[69] Ela negou que a mudança de imagem foi uma questão de publicidade, alegando que melhor reflete a sua verdadeira personalidade do que sua imagem anterior. Ela tingiu o cabelo de preto e se denominou como "Xtina", no qual virou um apelido para ela. Além disso, ela fez uma tatuagem com o apelido em sua nuca, e colocou vários piercings pelo corpo.[70] Apesar das críticas sobre sua imagem, novos artistas ao longo dos anos elogiaram o álbum e o nomearam como uma de suas grandes influências, entre eles Adam Lambert, Kelly Clarkson, Taylor Momsen, Miley Cyrus, Jordin Sparks, Demi Lovato e a atriz Jackée Harry.[71] [72]

Inicialmente, a imagem atrevida teve um efeito negativo sobre Aguilera nos Estados Unidos, especialmente após o lançamento do vídeo de seu primeiro single, "Dirrty".[73] [74] Ela defendeu o vídeo, afirmando que era sobre o poder e controle, dizendo: "Eu também estou na vanguarda. Estou em posição de poder, no comando completo de tudo ao meu redor".[28] Enquanto o vídeo se tornou popular na MTV, decepcionou nas parada de singles dos Estados Unidos.[75] No entanto, o single foi um sucesso mundial, alcançando a primeira posição no Reino Unido e na Irlanda.[75] O segundo single, classicamente influenciado pela balada pop, "Beautiful", recebeu elogios da crítica, se posicionando na primeira posição em mais de 25 países e atingindo a 2.ª colocação na Billboard Hot 100. A canção rendeu a Aguilera um Grammy Award na categoria de "Best Female Pop Vocal Performance", e fez com que a cantora ganhasse fãs do público GLS.[46] "Fighter", "Can't Hold Us Down" com Lil' Kim e "The Voice Within" foram lançados nos dois anos seguintes, ajudando o álbum a permanecer nas paradas pelos próximos dois anos. Stripped ficou nas paradas de álbuns dos Estados Unidos e em território britânico até 2004, e passou a ser certificado platina quatro vezes nos Estados Unidos, com mais de 10 milhões de cópias vendidas em todo o mundo, atualmente o álbum já vendeu mais de 12 milhões mundialmente.[44] O álbum apareceu na 10.ª posição das paradas de álbuns de fim de ano, fazendo a artista se tornar novamente a cantora feminina que mais vendeu em 2003.[76] O segundo single de Kelly Clarkson, "Miss Independent", foi co-escrito por Aguilera para o álbum Stripped, mas foi descartado em última hora.[77]

Aguilera se juntou com seu colega de The Mickey Mouse Club, Justin Timberlake, na etapa final de sua turnê internacional do álbum Justified nos Estados Unidos, tornando-se Justified & Stripped Tour.[78] No quarto semestre do ano, a cantora continuou a turnê internacional, desta vez sem Timberlake, chamada Stripped World Tour. Foi uma das turnês de maior bilheteria daquele ano, e vendeu a maior parte de seus ingressos. Os leitores da revista Rolling Stone, nomeou a turnê Stripped World Tour como a melhor turnê do ano.[79] Neste mesmo ano, ela recebeu o prêmio MTV Europe Music Awards em 2003. Aguilera participou de um ensaio junto com as The Pussycat Dolls para a revista Maxim, se tornando a revista mais vendida do ano.[80] [81] [82]

Aguilera criou seu primeiro DVD ao vivo, Stripped... Live in UK, ele foi lançado em novembro de 2004. Em face do sucesso da turnê, outra turnê pelos Estados Unidos estava programada para começar em meados de 2004 com um novo tema, porém, foi descartado devido a lesões nas cordas vocais de Aguilera que sofreu pouco antes da data de abertura.[83] Christina ainda participou em 2003 na cerimônia do Video Music Awards, em um tributo a Madonna. Com isso, ela e Britney Spears fizeram uma parceria com Madonna cantando "Like a Virgin" e "Hollywood",[28] no qual as três participaram de um beijo triplo. Na mesma cerimônia, Aguilera fez uma interpretação de "Fighter" com o guitarrista Dave Navarro.[84]

Logo após terminar os trabalhos com Stripped, Aguilera decidiu abraçar um lado mais maduro, uma imagem influenciada no estilo de Marilyn Monroe, deixando seus cabelos loiros platinados. Após isso, ela se tornou uma das principais defensoras em trazer de volta os anos 1920 e 1940 com um olhar glamouroso de Hollywood (juntamente com Dita Von Teese, Gwen Stefani e Ashley Judd).[85] [86] Aguilera depois tingiu o cabelo de loiro cereja e gravou o jingle "Hello (Follow Your Own Star)", para um anúncio da Mercedes-Benz. No final de 2004, Aguilera lançou "Car Wash", uma colaboração com a rapper Missy Elliott, para a trilha sonora da animação O Espanta Tubarões. Ela foi destaque em "Tilt Ya Head Back", um single de Nelly. Ambos os singles falharam comercialmente nos Estados Unidos, mas se tornaram um hit mundialmente. Aguilera começou a namorar o executivo de música Jordan Bratman em 2002.[87] O noivado foi anunciado em fevereiro de 2005, e se casaram em 19 de novembro de 2005, em uma propriedade de Condado de Napa.[88]

2006-2009: Back to Basics, Keeps Gettin' Better e maternidade[editar | editar código-fonte]

Aguilera interpretando "Ain't No Other Man" na turnê em 2006.[89]
Aguilera interpretando "Ain't No Other Man" na turnê em 2006.[89]
Aguilera vestida de marinheiro interpretando "Candyman", prestando um tributo para as The Andrews Sisters.
Aguilera vestida de marinheiro interpretando "Candyman", prestando um tributo para as The Andrews Sisters.

O quinto álbum de estúdio de Aguilera, Back to Basics, foi lançado em 15 de agosto de 2006. Ele estreou no número um nos Estados Unidos, no Reino Unido e em mais outros 14 países. Desde então, vendeu 4,5 milhões de unidades em todo o mundo,[90] com mais de 1,7 milhões de unidades vendidas apenas nos Estados Unidos.[91] Ela descreveu o CD duplo como "um retrocesso para os anos 20s, 30s, 40s no estilo de jazz, blues e soul, mas com um toque moderno".[92] O álbum recebeu aclamação da crítica,[93] embora muitos críticos comentaram sobre a duração do álbum, dizendo: "Em um disco, este teria sido nada menos que magistral".[94] Uma revisão do Allmusic, acrescenta: "Back to Basics também deixa claro que Stripped foi um movimento artístico necessário para Christina, ela precisava tirar isso de seu sistema, a fim de criar o seu próprio estilo, que é autoconsciente estilizado, elegante e sexy".[95] O single aclamado pela crítica, "Ain't No Other Man", foi bem sucedido nas paradas musicais, alcançando a 2.ª posição em mais de 10 países, 6.ª posição nos Estados Unidos e 2.ª posição no Reino Unido. Entre os produtores do álbum, incluía DJ Premier, Kwame, Linda Perry e Mark Ronson. Os singles seguidos, também se tornaram sucedidos em várias regiões, "Hurt" na Europa e "Candyman" no Pacífico. Ela co-dirigiu alguns de seus vídeos, o primeiro com Floria Sigismondi em "Fighter", e este último "Candyman", com o diretor e fotógrafo Matthew Rolston, que foi inspirado pelas The Andrews Sisters. "Slow Down Baby" foi lançado como o quarto single apenas na Austrália, enquanto "Oh Mother" foi lançado como o quarto single em alguns países europeus.

No final de 2006, Aguilera colaborou com Diddy em "Tell Me", de seu álbum Press Play. Ela também começou a turnê Back to Basics Tour na Europa,[96] seguido por shows na América do Norte no início de 2007.[97] Logo após, ela percorreu a Ásia e a Austrália, onde era para terminar em 3 de agosto, no entanto ela cancelou suas datas em Melbourne e seus dois finais em Auckland devido a uma doença.[98] Sua turnê era extravagante, onde incluía como tema o cabaré e circo. Seus conjuntos eram modernos, sendo todas as peças desenhadas por Roberto Cavalli.[99] Ela lançou seu concerto em DVD, intitulado Back to Basics: Live and Down Under, no ano seguinte. A turnê arrecadou quase 50 milhões até o final do ano na América do Norte e um adicional de 40 milhões no mundo todo, arrecadando quase 100 milhões até o final da turnê.[100] [101] Foi a turnê feminina de maior sucesso em 2007.[102]

Aguilera interpretando "Can't Hold Us Down" em uma versão jazz na turnê Back to Basics Tour.

No Grammy Awards, Aguilera venceu outra vez a categoria de "Best Female Pop Vocal Performance", com "Ain't No Other Man". Ela fez uma interpretação notável na cerimônia de homenagem a James Brown, cantando uma de suas canções, "It's a Man's Man's Man's World".[103] Em janeiro de 2007, ela foi nomeada como uma das mulheres mais rica do mundo, feita pela revista Forbes, com uma fortuna no valor de 70 milhões de dólares (até 2013, essa fortuna aumentou em mais de 300%).[104] Aguilera cantou "Steppin' Out with My Baby" com Tony Bennett em um especial da NBC de Tony Bennett. Eles realizaram a canção no Emmy Awards. "Steppin' Out" foi indicado na categoria de "Best Pop Collaboration with Vocals" na 50.ª edição dos Grammy Awards. Aguilera confirmou que ela estava grávida em 4 de novembro de 2007,[105] embora, acidentalmente, Paris Hilton havia revelado sua gravidez várias semanas antes, durante uma festa promovida por Aguilera.[106]

Ela deu à luz seu filho, Max Liron Bratman, em Los Angeles a 12 de janeiro de 2008, e realizou uma bris para ele com Bratman, que é de ascendência judaica, onde o bebê foi circuncidado de acordo com a prática judaica.[107] Aguilera recebeu mais de 1,5 milhões de dólares para liberar a foto do bebê para uma revista.[108] Aguilera participou de Get Him to the Greek, um filme de comédia de Russell Brand.[109]

Para comemorar os 10 anos de Aguilera na indústria da música, a RCA Records lançou Keeps Gettin' Better: A Decade of Hits em 11 de novembro de 2008, exclusivamente nas lojas Target Corporation nos Estados Unidos. Os maiores sucessos incluiu seus primeiros três singles número um, e outras músicas liberadas de seus três álbuns anteriores. "Lady Marmalade" e singles em espanhol de Mi Reflejo foram incluídos nas versões em todo o mundo. O único single da compilação, "Keeps Gettin' Better", estreou em 2008 no MTV Video Music Awards, que estreou na 7.ª posição da Billboard Hot 100, sendo a maior estreia no gráfico. Seguindo os maiores sucessos, Aguilera entrou em hiato de um ano em 2009, para trabalhar em seu novo projeto e também sua estreia no cinema. No mesmo ano, a cantora foi incluída na lista da cantora mais influente da década pela Billboard.[110]

2010-2011: Bionic, Burlesque e The Voice[editar | editar código-fonte]

O sexto álbum de estúdio de Aguilera Bionic, foi lançado em 8 de junho de 2010. Entre os produtores do álbum incluía Tricky Stewart, Samuel Dixon, Polow da Don, Le Tigre, Switch, Ester Dean, Sam Endicott, Sia Furler, Claude Kelly, Linda Perry e colaborações com M.I.A, Nicki Minaj e Peaches. O material de Bionic consistia do mainstream e muitos discos de música música pop, juntamente com electropop e dance. Dois dos singles do álbum, "Not Myself Tonight" e "You Lost Me" chegaram ao número um na Hot Dance Club Songs, e tiveram um sucesso moderado em outros países.[111] "Woohoo" com a rapper Nicki Minaj, também foi lançado como segundo single do álbum, enquanto "I Hate Boys" foi um single promocional.[112] O álbum marcou a estreia de Aguilera no gênero electropop. Bionic foi considerado "mal interpretado pelo público" de acordo com o jornalista Charles Decantar. As vendas de Bionic foram moderadas nos Estados Unidos, em comparação com seus trabalhos anteriores, vendendo 110.000 cópias em sua primeira semana, chegando a 3.ª posição da Billboard 200.[113] Desde então, vendeu 476.000 cópias nos Estados Unidos.[113] Logo após o lançamento do álbum, Christina cancelou a turnê devido a falta de tempo, já que ela estava totalmente focada na sua estreia no cinema. Em resposta ao desempenho do álbum, Aguilera disse o seguinte:

"Fiquei muito orgulhosa desse registro. Acho que houve uma série de questões, falta de promoção, vindo de um ponto de vista de como tudo resultou. Nada é sempre fácil. Entretanto, consegui passar para meus fãs oque eu sentia. E é isso que importa".[114] [115]

Em outubro de 2010, Aguilera anunciou que ela e Bratman se separaram, dizendo: "apesar de Jordan e eu estarmos separados, nosso compromisso com nosso filho Max continua tão forte como nunca". Ela entrou com pedido de divórcio de Bratman em 14 de outubro de 2010, procurando a custódia legal e física conjunta do seu filho, e especificando 11 de setembro de 2010, como a data da separação.[116] [117] [118] Mais tarde, eles chegaram a um acordo nos quais foram privados do público.[119] Seu divórcio foi finalizado em 15 de abril de 2011. Em 15 de novembro de 2010, Aguilera recebeu uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood.[120] [121] [122]

Em novembro de 2010, Aguilera apareceu em seu primeiro filme musical, chamado Burlesque. Ela interpretava uma menina de cidade pequena, Ali Rose, que encontra o amor e o sucesso em um clube burlesco de Los Angeles.[123] O filme foi escrito e dirigido por Steve Antin, que disse que escreveu a peça de Ali especificamente com Aguilera na mente.[124] Ela canta oito faixas da trilha sonora do filme, lançado em 22 de novembro de 2010, e co-escreveu as faixas de trabalho com os produtores e escritores do seu álbum Bionic, incluindo Tricky Stewart, Sia Furler, Dixon Samuel, Linda Perry, Claude Kelly, Danja e Ron Fair. As duas outras faixas foram cantadas por Cher, que co-estrelou ao lado de Aguilera. A trilha sonora estreou no top 20 dos Estados Unidos e foi certificado ouro pelas vendas superiores a 649.000 cópias apenas nos Estados Unidos e 1 milhão mundialmente.[125] [126] [127] Aguilera co-estrelou também com Cam Gigandet, Eric Dane, Kristen Bell, Stanley Tucci e Dianna Agron. Vários críticos elogiaram o desempenho de Aguilera no projeto.[128] O filme recebeu uma indicação ao Globo de Ouro na categoria de "Melhor Filme - Musical ou Comédia" e a artista recebeu uma indicação ao Globo de Ouro na categoria "Melhor Canção Original" com a faixa "Bound To You".[129] A trilha sonora também recebeu uma indicação ao Grammy Award de "Best Compilation Soundtrack". Burlesque faturou mais de 90 milhões dólares em todo o mundo.[130] [131] [132]

Christina colaborou com o rapper T.I. na faixa "Castle Walls" de seu álbum No Mercy. Durante o Super Bowl XLV, Aguilera cantou o hino nacional dos Estados Unidos, "A Star-Spangled Banner", e criou confusão quando ela esqueceu uma das frases do hino.[133] Mais tarde, ela pediu desculpas dizendo a CNN que: "Eu estava tão travada no momento da canção que eu perdi o meu lugar. Só posso esperar que todos pudessem sentir meu amor por este país e que o verdadeiro espírito de seu hino ainda existe".[134] [135] Na semana seguinte, ao lado de Jennifer Hudson, Martina McBride, Yolanda Adams e Florence Welch, ela abriu o Grammy Awards em homenagem a Aretha Franklin.[136] Logo em seguida, a cantora começou a namorar o músico de produção, Matthew Rutler que ela conheceu durante as filmagens de Burlesque.[137] [138] [139]

Em 2010, ela assinou um contrato com a NBC para se tornar jurada do The Voice,[140] que estreou em abril de 2011. Aguilera, ao lado de Adam Levine, Blake Shelton e Cee Lo Green, serviram como juízes e treinadores, com Carson Daly como apresentador do programa.[141] [142] O primeiro episódio da série foi bem recebido e estreou após o Super Bowl, em fevereiro de 2010. As três temporadas do programa foram um sucesso em território americano.[143] [144] [145] Em 2011, Christina realizou "Moves Like Jagger" no The Voice junto com o Maroon 5, em que ela é apresentada do seu álbum Hands All Over.[146] [147] [148] A canção foi um sucesso instantâneo alcançando a 2.ª posição no Reino Unido,[149] [150] e fez com que Aguilera ganhasse seu quinto single número um na Billboard Hot 100.[151] [152] "Moves Like Jagger" fez com que Aguilera fosse a segunda artista feminina a alcançar o número um em décadas diferentes, nomeadamente 1990, 2000 e 2010.[153] [154] O single vendeu mais de 8 milhões de cópias em todo o mundo,[155] estabelecendo-se entre os singles mais vendidos de todos os tempos.[156] [157] "Moves Like Jagger" ainda foi indicado a categoria de "Best Pop Duo/Group Performance" no Grammy Awards.[50]

2012:Lotus[editar | editar código-fonte]

"Este álbum é uma celebração do novo "eu", e as flores de lótus representam o que eu estou vivendo. Elas são inquebráveis e resistem a condições climáticas diversas, e continua forte por muito tempo. Eu sempre quis escrever minhas próprias músicas, começando em Stripped, que me fez promover a força de inspirar as pessoas com a mensagem de meus álbuns. Isso quando eu tinha 21 anos, agora tenho 31 e eu tenho muito a dizer."
- Aguilera para a Billboard.[158]

O sétimo álbum de estúdio de Aguilera, Lotus, foi lançado em 13 de novembro de 2012. Entre os produtores do álbum, está incluído Alex da Kid, Max Martin, Lucas Secon, Steve Robson e Shellback, entre outros. Musicalmente, o álbum incorpora elementos de electropop que Aguilera experimentou em Bionic, e marca sua volta a música pop.[116] [117] [118] O álbum recebeu críticas mistas dos críticos. A MTV News comentou que Lotus "deveria significar seu retorno à proeminência, uma coleção de alta potência de canções escritas pelos maiores hitmakers do negócio", acrescentando que "não era um álbum de retorno triunfante, porém é o melhor álbum já lançado em 2012".[159] O álbum estreou na 7.ª posição da Billboard 200, vendendo pouco mais de 73.000 cópias e foi certificado ouro no Canada, pelas suas vendas superiores a 40.000 cópias.[159] O primeiro single, "Your Body", estreou em número #34 na Billbord Hot 100, mas foi um sucesso em toda a Asia.[160] [161] "Just a Fool", um dueto de música pop com influências country, juntamente com seu colega Blake Shelton, foi lançado como o segundo single em algumas partes do mundo, chegando ao top 10 do iTunes Store, fazendo-o a se tornar um sucesso antes mesmo de ser lançado. A canção estreou na 92.ª posição da Billboard Hot 100 e saltou para a 71.ª posição na sua semana seguinte.[162] No Canadá, a canção estreou na 37.ª posição da Canadian Hot 100, mesmo não contendo vídeo até o momento.[163]

No ALMA Awards de 2012, Aguilera foi homenageada com um prêmio especial, Voice of Generation (Voz da Geração), como foi apelidada. Ela também gravou sua primeira faixa em espanhol depois de mais de uma década com o título "Casa de Mi Padre", que foi lançada na trilha sonora do filme Casa de Mi Padre, na qual foi pré-indicada ao Oscar de "Melhor Canção Original".[164]

"Feel This Moment", uma colaboração de Aguilera com o rapper Pitbull, foi lançado como o quarto single do álbum do cantor, Global Warming, se tornando um sucesso por todo o mundo, chegando a 8.ª posição da Billboard Hot 100 e em primeiro em outros 10 países.[165] Em 18 de novembro, Aguilera se apresentou no American Music Awards realizando um medley de algumas canções de seu novo trabalho, "Lotus Intro", "Army of Me" e "Let There Be Love".[166] [167] [168] Mais tarde, na mesma cerimônia, Aguilera apresentou "Feel This Moment" ao lado de Pittbull, a MTV apontou a apresentação de Christina como a melhor da noite.[169] Continuando a promoção do álbum, em 19 de novembro, Aguilera cantou "Just a Fool", com Blake Shelton no The Voice, onde os dois são jurados. No dia seguinte, Aguilera cantou "Let There Be Love" com seu grupo do programa. Após a terceira temporada de The Voice, foi anunciado que Aguilera e Green sairiam do programa, Xtina por se dedicar à novas viagens com o filho Max, e Green por se dedicar a seus novos trabalhos. Para substituí-los, foram contratados Usher e Shakira que participam como os novos treinadores do programa na quarta temporada do The Voice. Aguilera e Green voltarão para a bancada na quinta temporada do programa.[170]

2013 e 2014[editar | editar código-fonte]

No início de janeiro de 2013, Aguilera se apresentou no People's Choice Awards, onde ela cantou "Blank Page", e também recebeu uma homenagem como "People's Voice" (Voz do Povo).[171] Em maio do mesmo ano, foi lançada uma colaboração de Aguilera com o cantor mexicano Alejandro Fernández, "Hoy tengo ganas de ti", usada como tema principal da telenovela La Tempestad.[172] Christina também lançou o clipe do single Let There Be Love o clipe reuniu bastidores de fotos e momentos pessoais especiais, como uma festa de aniversário para Matthew Rutler e mostrando o filho Max dançando. O clipe contou com participações especiais de Nicole Richie, Christina Milian e Chris Mann, Após o seu lançamento, o vídeo musical para "Let There Be Love" recebeu aclamação por parte dos média. No dia 23 de setembro Christina voltou a bancada do reality mais bem sucedido dos últimos anos. Segundo alguns jornais e sites, o retorno de Christina a bancada de The Voice teria custado U$ 17 milhões de dólares.[173] . Christina também confirmou através de seu twitter que teria uma canção no filme Jogos Vorazes: Em Chamas, o nome da música é We Remain[174] . Também cantou a canção Say Something lado da dupla A Great Big World a canção recebeu aclamação da crítica especializada. A música estreou no 16.º lugar na Billboard Hot 100, após o impacto da apresentação da faixa no The Voice.Na tabela Digital Songs, "Say Something" estreou no primeiro lugar, pelas vendas superiores a 189 mil cópias vendidas, sendo que a versão dueto aumentou em 86% as vendas da faixa em relação a versão original. Também foi a música mais baixada do Itunes [175] . Christina também se apresentou com o cantor Flo Rida o single "How I Feel" no palco do The Voice o single faz parte de The Perfect 10", novo álbum do rapper. No dia 24 de novembro cantou o single Say Something ao lado da dupla A Great Big World no palco do American Music Awards de 2013 a sua apresentação foi uma das mais elogiadas da noite. Na semana seguinte a música chegou ao top 10 da Billboard Hot 100.[176] . No dia 17 de dezembro, Christina se uniu a cantora Lady Gaga para cantar a música Do What U Want. Depois da performance Christina e Lady Gaga trocaram elogios e colocaram o ponto final na suposta rixa que existia entre elas. [177] .

No inicio do ano de 2014 Christina e Lady Gaga lançaram o remix da música Do What U Want. Christina foi anunciada para a programação do festival New Orleans Jazz & Heritage Festival, que ocorrerá entre os dias 25 de abril e 4 de maio nos EUA. Também foi confirmada sua participação no Twin Tower Live, da Malásia.[178] , onde também confirmou a sua gravidez de uma menina.

Atualmente: Volta ao The Voice e anuncio do novo álbum[editar | editar código-fonte]

Em outubro Christina anunciou em seu twitter que voltaria para a 8º temporada do reality show musical The Voice, Christina ocupará a vaga de Gwen Stefani, que havia ocupado o lugar dela na 7º temporada. Christina se juntara aos jurados Adam Levine, Pharrell Williams e Blake Shelton. Christina também anunciou que estava começando a gravar seu 6º álbum de estudio, que ainda não tem nome e nem data de lançamento. [179] .

Referências artísticas[editar | editar código-fonte]

Habilidade vocal[editar | editar código-fonte]

Aguilera performando a canção "Understand".

O tipo vocal de Aguilera é, atualmente, mezzo-soprano,[180] [181] ela tem sido referida como a "Voz de sua Geração" e uma cantora blue-eyed soul.[182] [183] Ela possui uma extensão vocal de aproximadamente 4 oitavas controladas[184] [185] .Aguilera também entrou para listas de "100 Melhores Cantores de Todos os Tempos" da revista Rolling Stone ocupando o 58º lugar,[186] [187] e chegou em primeiro lugar na lista da MTV das "22 Melhores Vozes da Música".[188] Sua interpretação de "It's a Man's Man's Man's World" no 49º. Grammy Award ficou em terceiro lugar de "Melhores Apresentações do Grammy", atrás apenas de Céline Dion com "My Heart Will Go On" e Green Day com "American Idiot". Em uma entrevista, Dion descreveu Aguilera como "provavelmente a melhor vocalista do mundo".[189] Dion escreveu um artigo sobre ela para a revista Time, em relação a lista das "100 Pessoas Mais Influentes do Mundo", dizendo: "A primeira vez que ouvi Christina cantar eu fiquei deslumbrada. Sua voz tem muito poder e grande sensibilidade, eu acho ela impecável".[190] O estilo distinto de Aguilera cantar tem sido elogiado pela crítica e a intitulou como influente.[191] No People's Choice Awards, Aguilera recebeu uma homenagem com o prêmio "People's Voice", reconhecendo sua voz e "capacidade de atingir milhões de pessoas de todos os gêneros, incluindo pop, soul e R&B".[192] [191]

Desde a sua estreia em 1999, Aguilera tem sido comparada a Mariah Carey e Whitney Houston.[193] ​​David Browne do The New York Times escreveu que "Aguilera tem sido uma das principais praticantes do avassalador estilo vocal conhecido como melisma. Carey, Houston e Aguilera são as principais campeãs desse estilo vocal".[194] Uma revisão do Los Angeles Times em comparação ao vocal de Aguilera e ao de Barbra Streisand, Gladys Knight e Aretha Franklin, disse: "Aguilera pode ser associada a ser a nova Barbra, Gladys e Aretha Franklin, o que é uma coisa boa, elas ajudam a mostrar o que realmente é 'uma grande cantora', Aguilera foi apelidada assim desde que ela lançou seu primeiro single Genie In a Bottle, aos 18 anos".[195] Cari Cole chamou Aguilera de "Rainha dos Vocais", acrescentando que seus vocais são enraizados na música soul.[196] Embora elogiado pelos seus vocais, Aguilera tem sido criticada por seu uso frequente a melisma.[197] Jerry Wexler disse que, "Aguilera usa tanta melisma que a torna superficial", e acrescentou dizendo: "melisma só é usada quando a música é demonstrada por uma verdadeira paixão".[198] A maioria das músicas de Aguilera são caracterizados por seus altos vocais, embora ela já tenha usado vocais sussurrados e mácios.[199] Aguilera escreveu "Sing For Me" de seu álbum Lotus, como uma resposta aos críticos que a criticam por usar "altos vocais" a todo tempo.[200] Na música, Aguilera explica porque ela canta do jeito que ela faz, dizendo: "Eu não me importo com o que o mundo pensa sobre como eu canto". Ela acrescenta também uma frase dizendo que: "Dizer que eu canto dessa forma para tentar atrair as pessoas e provar que tenho talento, é demais".[201] A cantora e amiga de Aguilera, Linda Perry, a defendeu dizendo que a forma como Aguilera canta é natural, sem querer atrair as pessoas de propósito. Ela disse que durante as gravações de "Beautiful", Aguilera tinha uma dificuldade em abaixar o tom de voz, mas que era algo normal, ela sabe que é boa.[202]

Temas e estilos musicais[editar | editar código-fonte]

O tema constante nas letras da música de Aguilera é o amor, embora ela tenha escrito sobre outros assuntos, incluindo a espiritualidade, a maternidade, o empoderamento feminino e tristeza. Aguilera também escreveu sobre sua infância em dois de seus registros que tratavam sobre violência doméstica. Em entrevista, ela admitiu que se sente responsável em revelar seus sentimentos mais vulneráveis e de compartilhar sobre seus lados mais sombrios, dizendo: "Algumas pessoas podem se sentir influenciada pelas minhas letras".[203] Originalmente comercializada como uma cantora de teen pop durante o final dos anos 90, Aguilera recebeu o sucesso comercial, mas estava descontente com o conteúdo musical de seu álbum de estreia Christina Aguilera.[204] [77] Ela escreveu o refrão de "Genie In a Bottle", mas não recebeu crédito na composição e não tinha controle durante a produção do álbum.[205] Seu quarto single, "Come On Over Baby (All I Want Is You)", foi regravado com elementos de R&B e hip-hop, sendo que sua versão original era de dance-pop. Desta vez, Aguilera recebeu crédito na música.[206] Querendo mostrar seus vocais, Aguilera fez uma pequena turnê local realizando sets acústicos para críticos musicais e executivos do setor de todo o país. Ela recusou ofertas para ir a turnê com os Backstreet Boys e 'N Sync afim de escapar do seu lado teen.[207] Aguilera assumiu o controle criativo de sua música e do conteúdo lírico junto com uma ampla gama de gêneros em Stripped, como o soul, R&B, pop rock e hip-hop. Após a gravação de Stripped, Aguilera disse: "Após você assinar com uma gravadora, eles decidem o que você deve ser, e eu por muitas vezes pensei que isso não é oque eu queria. Mas agora que estou começando a fazer meu próprio material, eu quero que as pessoas saibam o que esta por trás de mim".[208] Uma revisão da Billboard chamou o álbum de "um avanço criativo" e foi destacado como um "avanço na carreira artística de Aguilera".[209] [210] Jancee Dunn da Rolling Stone escreveu: "Deixando o teen pop de lado, Aguilera voltou sombria e com ótimos gêneros. Uma melhora na sua carreira".[211] Aguilera ajudou a escrever a maior parte das músicas do álbum. O executivo Clive Davis, elogiou Aguilera dizendo: "Ela se transformou em uma das melhores artistas atuais".[212]

Marilyn Monroe foi a grande influência para a imagem de Aguilera.

Aguilera disse várias vezes que prefere trabalhar com produtores que não estão na mídia, dizendo: "Eu não quero necessariamente trabalhar com produtores que normalmente levam suas canções a primeira posição nas tabelas musicais, é algo muito comum".[213] Seu álbum de 2006, Back to Basics, incluía como produtor DJ Premier. O The New York Times disse: "Sua decisão de trabalhar com o discreto DJ Premier também foi uma decisão de desprezar alguns dos produtores de grandes nomes de quem estrelas pop muitas vezes dependem".[214] O álbum incluía instrumentação ao vivo e amostras de jazz e os registros de soul.[215] Algumas faixas do álbum incluía formas não tradicionais de música pop, como swing, atraindo comparações com Madonna de seu filme musical I'm Breathless. Seu primeiro filme, Burlesque, influenciado por cabaret, tinha como destaque várias músicas que foram atualizadas, e trabalhou em números de dança, um estilo semelhante ao filme Moulin Rouge!, de 2001.[216] O filme incluí interpretações de "A Guy What Takes His Time", cantada originalmente por Mae West em 1933, e "Diamonds Are a Girl's Best Friend", um número musical também realizado por Nicole Kidman em Moulin Rouge!. Aguilera foi a produtora executiva da banda sonora do filme, e trabalhou com produtores como Tricky Stewart e Danja, muitos críticos compararam as músicas do filme com o álbum anterior, Back to Basics (2006).[217] Além disso, Aguilera recentemente trabalhou com produtores tradicionais, incluindo Shellback e Max Martin.[159] Ambos os álbuns no entanto receberam críticas mistas, criticando Aguilera pelo conteúdo do álbum e falta de vocais, que foram vistos como secundários no álbum que é predominantemente feito na produção electropop.[218] Uma revisão no The Tampa Bay Times disse: "Aguilera é muito talentosa, e espero que ela continue sendo muito inteligente, e saia desse caminho de desperdício que é o electropop. Ainda assim, é preocupante que ela queira se tornar comum no ramo da música. Mas espero que Christina, um dia, Volte ao Básico (Back to Basics)".[219]

Influências[editar | editar código-fonte]

Aguilera citou Etta James (esquerda) e Whitney Houston (direita) como uma de suas maiores influências.[220]

A grande influência e ídolo de Aguilera é a cantora de blues Etta James, cuja música "At Last" foi regravada por Aguilera diversas vezes ao longo de sua carreira. Ela diz: "Etta é a minha cantora favorita desde sempre. Em todas as entrevistas que eu sou perguntada por quem eu me influencio digo sobre Etta, eu cresci ouvindo suas músicas".[221] Após a morte de Etta, em 2012, Christina foi convidada para cantar "At Last" em seu funeral.[222] Antes de realizar a canção, Aguilera declarou: "Há um trecho nesta canção que diz, 'Eu encontrei um sonho que eu poderia falar', e para mim esse sonho, toda a minha vida, foi Etta James".[223] As duas se conheceram em 2006, durante um artigo e entrevista com a InStyle, em que James disse para Aguilera: "É como se você estivesse aqui há muitos anos. Você não é como esses cantores atuais, há algo em você que me diz que você é a nova Dinah Washington ou Billie Holiday. Nunca vi uma garota tão nova cantar como você, sua voz soa quase lírica".[221] A maior parte de seu álbum Back to Basics, Aguilera presta homenagem a Etta James e outros cantores da música jazz, soul e blues.[224] O álbum inclui a canção "Slow Down Baby", cuja amostra foi uma canção de Gladys Knight & the Pips.[225]

Aguilera também mencionou Whitney Houston como outra grande influência, tendo realizado muitas de suas canções em seus primeiros anos, durante alguns shows de talentos.[12] Os críticos observaram a influência de Houston em Aguilera comparando seu tom e estilo de canto.[193] Aguilera prestou homenagem a Houston cantando "Run to You" durante o BET Awards em 2001. A faixa foi cantada por Christina onde fez com que ela ganhasse um contrato com a RCA Records em 1998.[226] Aguilera disse que no início de sua carreira, Mariah Carey foi outra influência.[227] De acordo com o autor Pier Dominguez, Aguilera afirmou que o single de estreia de Carey, "Vision of Love", foi a maior influência sobre o seu estilo vocal.[228] Aguilera também nomeou Madonna e Janet Jackson como duas de suas maiores influências "por ser reinventarem e ser corajosas como mulheres fortes devem ser, por explorar o que querem, mesmo se a mídia as crítica-las".[220] Suas outras influências musicais incluem Aretha Franklin,[229] Donna Summer,[230] e Nina Simone.[231]

Aguilera cita o musical The Sound of Music e sua atriz principal Julie Andrews, como a sua primeira inspiração para cantar e se apresentar.[232] Com seis anos de idade, o filme ajudou Aguilera lidar com a adição de sua infância violenta, dizendo: "Coisas ruins aconteceram na minha casa, não havia violência em The Sound of Music parecia uma forma de libertação. Eu queria abrir janela do meu quarto e cantar como Maria".[233] Ela mencionou a "Idade de ouro de Hollywood" como outra inspiração no qual ela diz que "está fazendo referência a Marlene Dietrich, Marilyn Monroe, Carole Lombard, Greta Garbo e Veronica Lake".[234] Sua estrela na Calçada da Fama de Hollywood está localizado próximo ao de Julie Andrews e fica ao lado de Greta Garbo.[235] Em seu vídeo da música "Ain't No Other Man", ela interpreta seu alter ego "Baby Jane", em referência ao filme What Ever Happened to Baby Jane?.[236] E também se sente influenciada por estrelas de filmes, incluindo atrizes como Bette Davis e Joan Crawford. O terceiro single de Back to Basics, "Candyman", foi inspirado pela canção de 1941, "Boogie Woogie Bugle Boy" das The Andrews Sisters, que foi lançado durante a Segunda Guerra Mundial. Ela também foi inspirado pelas garotas pin-up e várias pinturas de Alberto Vargas.[237] Aguilera manifestou interesse em ícones culturais como Nico, Blondie e artistas como Roy Lichtenstein e Andy Warhol.[238] Ela tem trabalhado com frequência com o fotógrafo David LaChapelle, que já trabalhou com Warhol. Chapelle filmou muitos dos vídeos de Aguilera. Ela também é fã do grafiteiro Banksy. Em 2006, ela comprou três das obras de Banksy, durante uma exposição de arte privada, uma delas incluía uma foto pornográfica da Rainha Victoria.[239] Ela mencionou em várias entrevistas que ela é fã da atriz Angelina Jolie,[240] Lucille Ball,[241] e de sua companheira no filme Burlesque, Cher.[115] Aguilera também se sente influenciada por moda, e em 2003, ela se tornou a musa e inspiração para a linha de roupas da Donatella Versace. Versace também desenhou peças para sua turnê no ano seguinte. Christina também desfilou para a grife Dsquared² Fã confessa das peças de Christian Louboutin ela recebeu do designer francês pares de sapatos exclusivo para usar no filme Burlesque,que não é possível de ser comprado em loja alguma. Aguilera também é fã de Roberto Cavalli, sendo que esse, foi o responsavel pelo figurino de sua turnê Back to Basics Tour. Christina também é fã dos trabalhos de Jean Paul Gaultier, John Galliano, Marc Jacobs e Alexander McQueen, cujos desenhos ela tem usado ao longo de sua carreira.[242] [243]

Legado[editar | editar código-fonte]

Estrela de Aguilera na Calçada da Fama, em 2010.

Durante sua carreira, Aguilera já foi nomeada como "Rainha da Reinvenção" e a "Voz da Geração", o que a fez se tornar um ícone pop internacional.[244] [245] Além disso, ela foi nomeada entre as "100 Melhores Cantoras de Todos os Tempos".[190] [191] [245] Ao longo de sua carreira, Aguilera já vendeu mais de 50 milhões de álbuns em todo o mundo,[246] e seus singles "Genie In a Bottle", "Lady Marmalade" e "Moves Like Jagger" são alguns dos singles mais vendidos de todos os tempos. "Genie In a Bottle" foi listado na 38.ª posição na lista das "100 Maiores Canções dos Anos 90s", feita pelo canal VH1.[247] O single "Beautiful" foi nomeado entre as "Músicas Pop mais Influentes dos Últimos 20 Anos", ocupando a 52.ª colocação, feita pela revista Rolling Stone, e está incluída entre as "100 Melhores Canções da Década de 2000", ocupando a 18.ª colocação.[248] [249] "Lady Marmalade" foi listada na 47.ª posição do mesmo ranking. Aguilera se tornou a segunda mulher a colocar singles número um na Billboard Hot 100 em décadas diferentes, atrás da cantora Cher.[250] Ela foi listada na 8.ª posição como a "Artista mais Influente da Música", e também foi classificada como a "Artista da Década" (2000-09), de acordo com a Billboard.[48] [76] Aguilera também é a segunda artista feminina que mais vendeu na década, atrás da cantora Madonna.[251] [252] O seu álbum de estreia tornou-se o terceiro álbum mais vendido dos anos 90,[44] enquanto seu álbum em espanhol, Mi Reflejo, se tornou o álbum latino mais vendido dos Estados Unidos nos anos 2000.[46] [48] [43]

Estátua de Christina Aguilera no Museu Madame Tussauds.

Jon Caramanica do jornal The New York Times disse que "Christina Aguilera será lembrada por seu glamour e por sua grande voz. Mas também deve ser lembrada por ter reformulado a realidade musical".[253] Aguilera foi classificada na 8.ª posição da lista das "100 Maiores Mulheres", feita pelo canal VH1, e foi listada na 14.ª posição das "50 Maiores Mulheres de Todos os Tempos".[254] [255] [256] Além disso, ela é nomeada a "Melhor Cantora Latina de Todos os Tempos". Em 2013, ela entrou na lista das "100 Pessoas Mais Influentes do Mundo" feita pela revista Time.[190] [257] [258] Christina Aguilera foi homenageada com uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood, e foi a primeira homenageada pela GLAAD Media Award com seu trabalho positivo com os gays.[259] [260] O vídeo da música "Beautiful" ganhou o prêmio. No Reino Unido, a canção "Beautiful" se tornou a "Canção Mais Poderosa da Década", por inspirar milhões de jovens ao redor do mundo.[261] Aguilera é a cantora mais jovem a ganhar o Grammy Award de "Melhor Nova Artista", atrás apenas de LeAnn Rimes.[262] Sua interpretação de "It's A Man's, Man's, Man's World" na cerimônia do Grammy em 2007 foi considerada o terceiro melhor momento do Grammy de todos os tempos.[263]

Durante a abertura do MTV Video Music Awards de 2003, Aguilera se juntou a Madonna, Britney Spears e Missy Elliott para uma apresentação que foi aclamada pela crítica, o desempenho foi marcado como "O Maior Momento Histórico do MTV Video Music Awards".[264] Consistentemente, ela está classificada na revista Maxim eleita uma das "Mulheres Mais Sexys", cuja a capa levava seu rosto, e se tornou a revista mais vendida da época.[265] [266] O videoclipe da música "Dirrty" foi eleito o "Vídeo Mais Sexy de Todos os Tempos".[267] A figura de cera de Aguilera é encontrada no Museu Madame Tussauds, em Londres.[268] [269] [270]

Apelidando-a de “Princesa do Pop” e destacando sua influência no movimento de retorno ao estilo glamouroso de Hollywood dos anos 1920-1940, Christina Aguilera foi eleita pelo website The Richest como a segunda artista mais influente da atualidade.[271] .

Já a revista Forbes destacou a importância que Christina teve no sucesso da dupla independente A Great Big World, a onde com a ajuda de Christina levou a canção Say Something no topo das paradas de sucesso. [272] .

Seu trabalho influenciou e admirou numerosos artistas, incluindo Demi Lovato,[273] Miley Cyrus,[274] Kelly Clarkson,[275] Inna,[276] Ariana Grande,[277] Lady Gaga,[278] Adele,[279] Rihanna,[280] Cassadee Pope,[281] JoJo,[282] Leona Lewis,[283] Jessica Sanchez,[284] Jordin Sparks,[285] Alexandra Burke,[286] Katharine McPhee,[287] o grupo Danity Kane,[191] Ashley Tisdale,[288] Rebecca Ferguson,[289] Adam Lambert,[290] Jessie J,[291] Johnny Weir,[292] a nadadora Dana Vollmer,[293] Meghan Trainor [294] , a banda Fifth Harmony[295] Christina Grimmie [296] , Jacquie Lee[297] , Cece Frey[298] . Entre outros. Além disso, ela foi elogiada por artistas como Céline Dion, Etta James, Whitney Houston, Aretha Franklin, Cher, Madonna, Kylie Minogue, Debbie Harry, Sting, Patti LaBelle, Tony Bennett, Elton John, Mick Jagger, Steven Tyler, Shakira, Beyoncé, Britney Spears, Justin Timberlake, Adam Levine,Cee Lo Green, Blake Shelton, [191] [299] [300] [301] [302] [303] [304] [305]

Vida pessoal e imagem pública[editar | editar código-fonte]

Christina sempre manteve sua vida pessoal e seus relacionamentos longe da mídia, Christina no inicio da carreira se envolveu com seu dançarino Jorge Santos, eles terminaram em 2001. Christina também teve um breve relacionamento com produtor musical Dallas Austin, Christina nunca mencionou o nome de Dallas como o “imbecil” que ela mencionava em entrevistas, mas é certo que ele é o responsável pelo que ela descreve como o pior relacionamento romântico que ela já viveu.[306] Conheceu produtor Jordan Bratman em 2002 noivaram em 2005 numa luxuosa cerimonia em Napa na Califórnia os dois se conheceram durante as gravações álbum Stripped. Do casamento de cinco anos, nasceu o único filho do casal Max Liron Bratman. Os dois se separam em 2010, nesse mesmo ano conheceu o assistente de produção Matthew Rutler nas filmagens do filme Burlesque. Christina Aguilera além de seu talento também é conhecida por ter uma personalidade forte, já se envolveu em escandalos com a apresentadora Kelly Osbourne[307] , chegando até jogar dardos em uma foto dela durante a premiação da MTV Europe Music Awards na qual foi apresentadora em 2003. Também se envolveu em polemicas com o rapper Eminem a onde o mesmo havia parodiado Christina ná musica The Real Slim Shady.

Considerada uma das artistas mais ricas do show business Christina acumulou ao longo de sua carreira um patrimônio segundo a revista Forbes de U$200 milhões de dólares cerca de 400 milhões de reais.[308] Entrou na lista da Forbes das 20 mulheres mais ricas do entretenimento, na lista aparece nomes como Oprah Winfrey, J.K. Rowling, Madonna, Sandra Bullock, e Nicole Kidman[309] . Em 2008 comprou por U$13 milhões de dólares a icônica mansão dos The Osbournes famosa pelo reality show da MTV, localizado em Beverly Hills[310] 2013 vendeu a propriedade para comprar uma nova mansão em Mulhohand States

Na televisão Christina já recebeu inúmeros tributos. Na série de televisão Glee já teve suas musicas cantadas pelos personagens de Lea Michele:What a Girl Wants, Darren Criss cantou a música:Fighter, Amber Riley fez o cover da canção Beautiful e também apresentou junto com Heather Morris e Naya Rivera a canção Candyman, Christina também apresentou o show Saturday Night Live além de fazer participações em séries como Beverly Hills 90210 e Entourage também teve sua música Beautiful cantada na série Smash a performance foi feita pela atriz Katharine McPhee. Pelo seu jeito único de cantar Christina já foi parodiada por diversas vezes a atriz Maya Rudolph,Sarah Michelle Gellar,Katy Perry foi umas das personalidades que já fizeram parodias de Christina no humorístico, Saturday Night Live. A cantora Jessica Simpson também fez uma parodia de Christina durante uma esquete para um programa de TV.

Também foi parodiada na série infantil Vila Sésamo, ainda foi parodiada nas séries American DadFamily Guy e South Park [311] Também foi convidada para participar da série The Simpsons, porém por motivos nunca divulgados Aguilera nunca aceitou o convite. Christina também foi citada no livro de memoria “Soundtrack Of My Life” do alto executivo da musica Clive Davis.

No começo de 2014, Aguilera ficou noiva do assistente de produção Matthew Rutler. Eles já moram juntos na casa dela, junto com Max, filho de Aguilera com seu ex-marido Jordan Bratman.[312]

Logo após o anúncio do noivado de Aguilera com Rutler, foi anunciado que ela está grávida, do primeiro filho do casal.[313]

No dia 17 de agosto Christina dá a luz a sua filha Summer Rain Rutler[314] .

Discografia[editar | editar código-fonte]

Turnês[editar | editar código-fonte]

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Christina Aguilera ao longo de sua carreira acumulou vários prêmios, que vão deste a sua contribuição para o mundo da musica, até pelas suas contribuições beneficiantes.

Christina ganhou seu primeiro prêmio Grammy em 2000 quando ganhou na categoria de Artista Revelação, Christina conseguiu o feito de se tornar a unica cantora com menos de 20 anos a ganhar o premio nessa mesma categoria.

Seu segundo Grammy veio no ano seguinte em 2001 quando ganhou o Grammy Latino na categoria Melhor Álbum Pop com Vocais pelo álbum Mi Reflejo, Christina conseguiu outro feito inédito em sua carreira, ser a primeira e unica artista americana a conseguir o Grammy Latino

Em 2002 depois do enorme sucesso que o single Lady Marmalade fez ao redor do mundo, Christina ganharia seu terceiro Grammy desta vez na categoria Melhor Colaboração Pop com Vocais.

Na edição da premiação de 2004, Christina receberia seu quarto Grammy. Depois de seu elogiado álbum Back to Basics Aguilera receberia seu quinto prêmio pela canção Ain't No Other Man na categoria de Melhor Vocal Pop Feminino.

Com 15 anos de carreira Christina Aguilera recebeu 20 indicações ao Grammy Awards tendo ganho por cinco vezes.

Christina também ganhou uma indicação ao Globo de Ouro de 2011 na categoria de Melhor Canção Original pela música Bound To You do filme Burlesque na qual participou, a canção era uma das favoritas a ganhar o prêmio, porém acabou perdendo para a canção do mesmo filme You Haven't Seen the Last of Me que foi escrita pela premiada compositora Diane Warren e interpretada por Cher

Christina também se tornou uma das artistas mais bem sucedidas do canal de música norte americano a MTV. Em sua anual premiação, Aguilera fez apresentações inesquiváveis tornando-se uma das principais e mais importantes artistas do canal, teve 23 indicações ao VMA a onde ganhou por duas vezes, já na versão europeia da premiação a MTV Europe Music Awards Christina ganhou duas vezes, foi a apresentadora do evento em 2003 a onde foi eleita pela crítica da MTV como a melhor apresentadora da historia da premiação.

Christina ganhou vários outros prêmios como: Billboard Music Awards, World Music Awards, BRIT Awards, Teen Choice Awards, ASCAP, NRJ Music Awards e teve indicações para o American Music Awards

Christina também ganhou em 2012 o Prêmio de Reconhecimento Especial no ALMA Award. No ano seguinte Christina foi homenageada no People's Choice Awards com o prêmio também especial intitulo People’s Voice.[315] .

Christina também foi homenageada pela suas contribuições assistenciais, ganhando vários prêmios como o GLAAD Media Awards, pela suas contribuições comunidade GLBT. Christina também ganhou das mãos de Hilary Clinton o Troféu George McGovern Leadership Award sendo a unica artista a receber tal prêmio. Tornou-se em 2010 embaixadora Oficial Contra a Fome no mundo pela ONU.

O museu Rock And Roll Hall Of Fame elegeu as 60 mulheres marcantes a onde Christina faz parte de uma galeria exposta no museu. O comitê já havia recebido Christina na galeria após a performance do It's a Man's Man's Man's World, no Grammy Awards de 2007, imortalizando aquele momento como um dos maiores destaques do mundo da música. [316] .

Outros trabalhos[editar | editar código-fonte]

Filantropia[editar | editar código-fonte]

Ao longo de sua carreira, Aguilera esteve envolvida com várias instituições de caridade. Ela assinou uma carta do PETA para o governo sul-coreano para pedir que o país pare de matar cães para se alimentar deles.[317] Durante sua turnê de 2007, ela usava uma estola de pele durante o início de sua turnê, que o estilista Roberto Cavalli tinha lhe dado sem informar ela. Depois de receber um vídeo do PETA, através do vice-presidente Dan Mathews, ela substituiu a estola por uma de pele sintética no restante de sua turnê. Aguilera ficou chateada com Roberto Cavalli dizendo: "Eu nunca usaria uma roupa com pele animal se soubesse".[318] Em 2010, Aguilera leiloou o dinheiro recebido pelos seus concertos ao vivo para a caridade, uma tentativa de salvar o mundo, de acordo com a "Instituição Christie".[319] Aguilera também apoia a instituição "Defenders of Wildlife", onde trata de crianças desaparecidas, e também da Aliança Nacional das organizações para combater o câncer de mama.[320] [321] [322] Ela também já trabalhou ao lado da organização sem fins lucrativos, Do Something, dizendo: "Cada indivíduo tem o poder de inspirar os jovens em todo o país".[323] Em 2010, Aguilera foi indicada ao prêmio VH1 Do Something Award, por seu trabalho com a organização e os seus esforços na resposta ao Terremoto no Haiti de 2010.[324] Aguilera ainda é uma das principais contribuintes para sua cidade natal, Pittsburgh, contribuindo regularmente para o "Centro e Abrigo de Mulheres da Grande Pittsburgh".[325] De acordo com seu site oficial, ela percorreu o centro e doou US$ 200.000 para o abrigo.[326] Ela continuou suas doações e visitas ao abrigo, e planeja abrir um adicional. Aguilera também ajuda a "Coalizão Nacional Contra a Violência Doméstica" e construiu um refúgio no Reino Unido.[320] [327]

Aguilera em um cartaz para promover o programa World Hunger Relief.

Considerada um ícone gay, Aguilera foi homenageada na premiação GLAAD por usar imagens de gays e transgéneros em seu vídeo da música "Beautiful". Ao aceitar o prêmio Aguilera disse: "Meu vídeo captura a realidade de que os gays e transgéneros são bonitos, embora o preconceito e a discriminação contra eles ainda exista".[328] Em 2005, ela apareceu em um álbum de compilação, Love Rocks, prossegue como benefício para o Human Rights Campaign, uma organização dedicada a promover a igualdade de direitos para gays, lésbicas, bissexuais e transgéneros. Em 2008, ela manifestou-se contra a California Proposition, que queria impedir o casamento do mesmo sexo na Califórnia, dizendo: "Por que você iria colocar tanto dinheiro atrás de alguma coisa [para] impedir as pessoas de amar uns aos outros? Eu simplesmente não compreendo. É difícil para mim entender isso".[329] Em 2011, Aguilera foi homenageada no The Abbey, um clube gay em Hollywood, por suas contribuições para a comunidade gay.[330] Aguilera contribui na luta contra AIDS, através da organização AIDS Project Los Angeles' Artists Against AIDS. Em 2004, Aguilera se tornou o novo rosto para a empresa de cosméticos M·A·C e porta-voz da M·A·C AIDS Fund. Aguilera apareceu em anúncios da M·A·C, e foi destaque na Vanity Fair em reconhecimento do seu trabalho na campanha. Ela foi destaque em um dos três slogans, "Speak No Evil?" e declarou: "O HIV é algo que as pessoas não querem falar e ouvir falar, e, muito menos sentir".[331] [332] O cantor Elton John apresentou Aguilera em seu livro intitulado 4 Inches beneficiando a "Elton John AIDS Foundation".[333] [334]

Hillary Clinton (no meio) e David Novak (direita) presenteando Aguilera (esquerda) com um prêmios especial por suas contribuições pela World Hunger Relief.[335] [336]

Na corrida para a presidência dos Estados Unidos em 2004, Aguilera foi destaque em outdoors para a "Only You Can Silence Yourself" gerido pela campanha apartidária, sem fins lucrativos Declare Yourself. Nestes anúncios políticos, feitos por David LaChapelle, Aguilera parece com a boca costurada, para simbolizar os efeitos de não votar. Em seguida, ela apareceu no The Oprah Winfrey Show para discutir a importância do voto. No final de 2007, Aguilera se tornou a porta-voz do "Rock the Vote", onde ela pediu para que os jovens votem a eleição presidencial de 2008.[337] Em parceria com a "Rock the Vote", ela apareceu em um anúncio de serviço público que foi ao ar em meados de 2008.[338] O anúncio mostrou Aguilera com o filho, Max Bratman, enrolados em uma bandeira americana enquanto ela cantava "America the Beautiful". Em novembro de 2005, todos os presentes de seu casamento foram submetidos a várias instituições de caridade em todo o país em apoio à vítimas do Furacão Katrina.[339] No mesmo ano, ela também se apresentou no "Unite of the Stars", um concerto em prol da Unite Against Hunger, em Joanesburgo, Sul da África, e no Nelson Mandela Children's Fund.[340] Em março de 2007, Aguilera participou de um álbum de caridade, os lucros do álbum foram doados.[341] Mais tarde naquele ano, ela apareceu na versão turca de Deal or No Deal, chamado Var mısın? Yok musun?, onde os rendimentos foram doados para um programa de caridade que ajuda os órfãos.[342]

Em 2009, Aguilera se tornou a porta-voz global do World Hunger Relief aparecendo em anúncios, campanhas online e um anúncio de serviço público.[343] Aguilera e seu então marido viajou para a Guatemala com o programa World Food Programme, para trazer a consciência para questões como a alta taxa de desnutrição no país. Ela se reuniu com as famílias das aldeias e alguns dos beneficiários dos programas de nutrição. Aguilera disse: "As pessoas da WFP fazer um grande trabalho para ajudar as crianças com fome e suas mães. Estou grata pela oportunidade de fazer parte de um projeto tão maravilhoso".[344] Desde que se tornou uma porta-voz, Aguilera ajudou a arrecadar mais de $22 milhões, o que ajudou a fornecer mais de 90 milhões de refeições.[345] Ela foi homenageada no prêmio anual, "Power of Women", em um almoço no final de 2009, ao lado de outras mulheres famosas que ajudam a contribuir para causas filantrópicas e de caridade.[346] Em resposta ao Terremoto no Haiti em 2010, Aguilera doou um Chrysler, que foi leiloado para ajudar nos esforços do socorro.[347] Ela foi uma dos muitos artistas que apareceram no Hope for Haiti em 22 de janeiro de 2010, as doações beneficiaram diretamente a América e a África.[348] Mais tarde, ela apareceu em um segundo anúncio de serviço público ao lado do ex-boxeador Muhammad Ali, para arrecadar fundos para os esforços do World Hunger Relief para trazer comida para os sobreviventes do terremoto.[349] Mais tarde naquele ano, Aguilera fez sua primeira visita ao Haiti como embaixadora contra a fome, onde visitou duas escolas na cidade de Léogâne. Em 2012, durante a cerimônia do ALMA Awards, Aguilera recebeu o "Special Achievement Award" pela sua carreira e esforços humanitários.[350] Naquele ano, Hillary Clinton e Aguilera também receberam o "Prêmio de Liderança" pelo George McGovern, fazendo dela a primeira cantora a receber tal prêmio.[351] Em 2012, após o Furacão Sandy que atravessou a Nova Jersey, Nova Iorque e outras partes do Nordeste, Aguilera cantou "Beautiful" que abria um programa especial para arrecadar lucros para as famílias atingidas pelo furacão. Ela apresentou a canção, dizendo que ela havia nascido no bairro devastado de Staten Island. Todos os rendimentos foram para a Cruz Vermelha Americana.[352] Em setembro Christina recebeu o prêmio "Humanitária do Ano no evento Muhammad Ali Humanitarian Award num discurso emocionado Aguilera agradeceu pelo reconhecimento. Entre os homenageados estavam o cantor Michael Bolton e o ex presidente dos Estados Unidos Jimmy Carter.

Produtos e Marketing[editar | editar código-fonte]

Ao longo de sua carreira Aguilera já foi garota propaganda de inúmeras empresas. Em 2000, juntou-se com a Coca-Cola para uma campanha publicitária somente na América Latina. No mesmo ano, os gigantes dos Jeans, Sears And Levi's Jeans, patrocinou a turnê americana de Christina, enquanto ela aparecia nas propagandas da marca.[353] No ano seguinte, criou uma linha de maquiagens chamada Fetish, que foi intitulada "Fetish by Christina Aguilera", além de ser garota propaganda da marca, Christina ajudou na produção da linha. Mais uma vez, Aguilera e a Coca-Cola derão continuidade à parceria firmada em 2000, além de comerciais, mídia impressa e entrevistas à shows de entretenimento, uma promoção foi criada para dar ao vencedor a oportunidade de participar dos bastidores do próximo clipe que Christina fizesse.[354]

Em 2002, Christina assinou o contato com a Motorola, para uma campanha de conteúdo exclusivo para aparelhos Motorola. Em 2004, foi musa-inspiradora da coleção Outono/Inverno da grife Versace.[355] Também em 2004, Aguilera assinou um contrato milionário com a Mercedes Benz, para o lançamento do novo Classe A na Europa, nesse mesmo ano ganhou £200.000 libras esterlinas para abrir promoção de verão nas lojas de luxos Harrods, em Londres.[356] Em 2006, Aguilera assinou um contrato com a Pepsi, ganhando cerca de 2 milhões de dólares, sendo até então um dos contratos mais caros já pago pela Pepsi para uma celebridade. Aguilera também assinou contratos com outras marcas famosas como a marca de tênis Skechers, Virgin Mobile, Dsquared2, Verizon V-Cast, Sony Ericsson, Stephen Webster e Directv.[357]

Christina também lançou varias fragrâncias de sucesso que ganharam inúmeros prêmios, sendo considerado um dos perfumes de celebridade mais vendidos no mundo inteiro, principalmente na Europa e pela Ásia.[358] Foi confirmado o lançamento da sua sétima fragrância chamada Secret Potion. Em 2011, Christina Aguilera foi ao Brasil para participar do São Paulo Fashion Week, no lançamento de sua coleção de roupas pelas lojas C&A, a sua linha de roupas foi lançada no mesmo ano e sendo um grande sucesso da moda.[359]

Em 2010, ela faturou U$1 milhão de dólares em apenas 1 hora para cantar em um show do empresário Charles Brandes.[360] Em agosto, Christina recebeu 3,5 milhões dólares para cantar 4 músicas em uma festa de um empresário espanhol. A revista OK! listou as cantoras que mais ganham em festas particulares, Christina veio em primeiro lugar.[361]

Christina também firmou uma parceria com a empresa de cosméticos brasileiras Jequiti para o lançamento de seu primeiro perfume da linha Christina Aguilera. Em outubro de 2011 Christina lançou o perfume Secret Potion no ano seguinte o Red Sin e em 2013 o Unforgettable. Christina já ganhou 11 prêmios por suas fragrâncias, sendo 3 Duftstar Award, o Oscar dos perfumes.[362] e 3 FiFi Awards o prêmio mais importante de perfumes

Ainda em 2014 Christina firmou parceria com a gigante dos videos games a Nintendo para o lançamento do jogo Tomodachi Life [363] .

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Filmes
Ano Título Personagem Notas
2004 Shark Tale Rastafarian Jellyfish Aparição/Dublagem[364]
2008 Shine a Light Ela Mesma Documentário
2010 Get Him to the Greek Ela Mesma Aparição
Burlesque Alice Marilyn "Ali" Rose Nomeada-Globo de Ouro de Melhor Canção Original
Nomeada-ALMA Awards de Melhor Atriz - Musical ou Comédia
Nomeada-Grammy Award de Melhor Trilha Sonora de um Filme

Também foi produtora da trilha sonora

2014 Broadway 4D Evita Perón [365]
Televisão
Ano Título Personagem Notas
1993 The Mickey Mouse Club Vários Personagens 6.ª—7.ª temporada, 1993-1994[366]
1999 Beverly Hills, 90210 Ela Mesma "Let's Eat Cake" (10.ª temporada, 2.º episódio)[367]
2000 Al salir de clase Ela Mesma "El día que no existe" (5.ª temporada, 42.º episódio)

"Augurios" (8.ª temporada, 72.º episódio)

2000-2007 Saturday Night Live Ela Mesma "Christopher Walken/Christina Aguilera" (25.ª temporada, 16.º episódio)
"Salma Hayek/Christina Aguilera" (28.ª temporada, 15.º episódio)
"Christina Aguilera/Maroon 5" (29.ª temporada, 13.º episódio)
"Alec Baldwin/Christina Aguilera" (32.ª temporada, 5.º episódio)
2003 Players (G4 TV series) Ela Mesma "Hulk" (2.ª temporada, 10.º episódio)
Punk'd Ela Mesma "Ryan Pinkston - VH1 Big in 2002 Awards" (1.ª temporada, 1.º episódio)
2009 Project Runway Ela Mesma "Sequins, Feathers and Fur, Oh My!" (6.ª temporada, 9.º episódio)
2010 Conan Ela Mesma "A Prayer for Dick Butkus" (1.ª temporada, 9.º episódio)
Entourage Ela Mesma "Lose Yourself" (7.ª temporada, 10.º episódio )
2011-2012; 2013 2015 The Voice Ela Mesma/Mentora 1-3; 5.ª temporadas
Nomeada—ALMA Award de Melhor Programa de TV (2011)
Venceu—ALMA Award de Melhor Programa de TV (2012)
Nomeada—Teen Choice Awards de Melhor Jurada Feminina (2011, 2012)
Venceu-Emmy Award de Melhor Reality Show (2013)[368]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Bionic by Christina Aguilera Songfacts. Visitado em June 29, 2011.
  2. Christina Aguilera. Visitado em June 29, 2011.
  3. Christina Aguilera to Sing the National Anthem at Super Bowl. Visitado em June 29, 2011.
  4. The Voice Judges: Christina Aguilera, Cee Lo Green, Blake Shelton and Adam Levine. Visitado em June 29, 2011.
  5. a b Christina Aguilera Biography The Biography Channel. Visitado em March 31, 2013.
  6. Dinca, Alma Boghitoiu. An Interview with Christina Aguilera Brasov travel guide. Visitado em May 25, 2007.
  7. Elaine Rivera. "What A Woman Wants", Time, August 15, 2001. Página visitada em March 31, 2013.
  8. http://www.rollingstone.com/music/lists/100-greatest-singers-of-all-time-19691231/christina-aguilera-20101202
  9. a b Sophfronia Scott Gregory. "Uncorking the Genie", People, September 27, 1999. Página visitada em March 31, 2013.
  10. Christina Aguilera – Biography People.com Time Inc. Visitado em March 31, 2013.
  11. Dominguez, Pier. Christina Aguilera: A Star is Made: The Unauthorized Biography. [S.l.]: Amber Communications Group, Inc., December-2002. 1–2 pp. ISBN 978-0-9702224-5-9.
  12. a b c Richard Harrington. "Christina Aguilera's Fast Track", Washington Post, February 13, 2000. Página visitada em March 31, 2013.
  13. Thompson, Paul (September 23, 2009). Christina Aguilera talks about childhood hell at the hands of her violent father Daily Mail Associated Newspapers Ltd. Visitado em December 3, 2012.
  14. a b c d "Christina Aguilera Biography", Yahoo!. Página visitada em February 17, 2011.
  15. Helligar, Jeremy. (February 3, 2003). "Christina's World". Us Weekly.
  16. Grupp, John. "Anthem singer fires up Mellon crowd", May 6, 2009. Página visitada em February 5, 2010.
  17. USMagazine.com Stars who were bullied Retrieved on December 9, 2010.
  18. Goldberg, Lesley (November 17, 2010). "Beautiful," Bullied and "Burlesque" – our interview with Christina Aguilera After Ellen. Visitado em December 4, 2012. Cópia arquivada em July 24, 2012.
  19. Goldstein, Rob (May 15, 1999). Dreaming Of Genie Yahoo! Music. Visitado em December 4, 2012. Cópia arquivada em December 4, 2012.
  20. Christina Aguilera Biography People.com. Visitado em December 8, 2010.
  21. Christina Aguilera Biography Allmusic. Rovi Corporation. Visitado em December 4, 2012.
  22. "Pegasus Lounge to close for good", October 30, 2009. Página visitada em January 17, 2009.
  23. Willman, Chris (October 11, 2010). Club Kid Entertainment Weekly Time Inc.. Visitado em December 4, 2012.
  24. Smith, Andy. (August 15, 1998). "One talented teen". The Providence Journal Co..
  25. a b Gráfico ilegal entrouall Reflection by Christina Aguilera – Song Chart History Billboard Prometheus Global Media (September 19, 1998). Visitado em October 2, 2011.
  26. Dominguez 2003, p. 45
  27. Erlewine, Stephen Thomas. Christina Aguilera – Christina Aguilera Allmusic. Rovi Corporation. Visitado em December 4, 2012.
  28. a b c d Wang, Julia (2003). Christina Aguilera timeline People. Visitado em February 16, 2011.
  29. "Christina Aguilera Musician Coach of ‘The Voice’", [Dutch Daily News], 2011=03-04.
  30. "Christina Aguilera Net Worth", [Celebrity Networth].
  31. McLean, Craig. "Christina Aguilera's 'eye on the prize'", The Daily Telegraph, Telegraph Media Group, May 7, 2010. Página visitada em September 11, 2012.
  32. Gold and Platinum: Top 100 Albums Page 2, Retrieved December 5, 2012"
  33. UK Singles Chart – Number One Number Ones UK (1999). Visitado em December 7, 2012.
  34. Christina Aguilera – Genie in a Bottle SpanishCharts.com (1999). Visitado em December 7, 2012.
  35. Best Selling Records of 1999 Singles – (More Than 500,000) Billboard.Biz Billboard (December 31, 1999). Visitado em December 8, 2007.
  36. Billboard chart beat Fergie Scores Third Solo No. 1 On Hot 100 Retrieved on February 16, 2010.
  37. Gelman, Jason (May 15, 2001). 'What A Girl Wants' Wins BMI Award Daily Yahoo! News. Visitado em October 12, 2012.
  38. Christophe John Farley. "Christina Aguilera – Building 21st Century Star", Chicago Tribune, March 7, 2000. Página visitada em December 9, 2012.
  39. Rosen, Craig (February 24, 2000). Christina Aguilera Wins Best New Artist Yahoo! Music. Visitado em December 4, 2012. Cópia arquivada em December 4, 2012.
  40. Teri vanHorn (August 16, 2000). Christina Aguilera Delves Into Latin Roots On Spanish LP MTV News. Visitado em August 1, 2008.
  41. Colleti, Roger (April 18, 2000). Christina Aguilera To Record With Her Idol MTV News. Visitado em August 1, 2008.
  42. Gráfico ilegal entrouall Mi reflejo – Christina Aguilera Billboard Prometheus Global Media. Visitado em December 4, 2012.
  43. a b Mi Reflejo sales Big Noise Now (November 2000). Visitado em December 5, 2012.
  44. a b c Newman, Melinda. "Christina Aguilera Gets Inspired by 30s and 40s Idols for her Upcoming Album", Billboard (magazine), Prometheus Global Media, June 29, 2006. Página visitada em September 19, 2012.
  45. a b BMG releases Christina's sales figures Big Noise Now (January 4, 2002). Visitado em May 19, 2013.
  46. a b c Gary Trust (September 24, 2012). Ask Billboard Billboard. Visitado em September 24, 2012.
  47. RIAA Mi Reflejo certification RIAA. Visitado em December 6, 2012.
  48. a b c d Christina Aguilera awards Big Noise Now (2000). Visitado em December 4, 2012.
  49. Saraceno, Christina (October 30, 2001). Christina Wins Latin Grammy Rolling Stone Jann S. Wenner. Visitado em December 4, 2012.
  50. a b Grein, Paul (October 30, 2011). Week Ending Oct. 30, 2011. Songs: Eleven For Rihanna Yahoo! Music. Visitado em November 6, 2011.
  51. RIAA Certifications for Christina Aguilera RIAA Gold and Platinum certifications Retrieved on December 4, 2012
  52. Christina Aguilera Kicks Off Her First Headlining Tour on July 31 PR Newswire (July 31, 2000). Visitado em December 7, 2012.
  53. Search My Reflection RIAA RIAA Gold and Platinum certifications Archived janeiro 17, 2010 at WebCite
  54. Merin, Jennifer (February 11, 2000).Fleshing out the vital details. USA Today. Retrieved on May 25, 2007.
  55. Helling, Steve May 12, 2009 People Magazine Eminem and His Many Feuds Retrieved on November 9, 2010.
  56. Moss, Corey August 30, 2002 MTV.com Eminem Hugs Christina: Backstage At The VMAs Retrieved on November 9, 2010.
  57. USA Today October 24, 2002 Aguilera's image is 'Stripped' USA Today Music Retrieved on July 3, 2009.
  58. US magazine. Christina Aguilera. Retrieved on May 25, 2007.
  59. Christina Aguilera Album & Song Chart History Billboard Prometheus Global Media. Visitado em December 4, 2012.
  60. Lady Marmalade chart history Big Noise Now. Visitado em December 8, 2012.
  61. Michelle, A. (January 21, 2001). "Lady Marmalade" World's Best-selling single of 2001 BigNoiseNow. Visitado em December 27, 2012.
  62. Mitchell, John (June 27, 2011). Remaking ‘Lady Marmalade’ 10 Years Later MTV Newsroom. MTV Networks. Visitado em December 4, 2012.
  63. McGrath, Stephanie (July 3, 2001). "Disputed Aguilera album to be released". Toronto Sun. Retrieved on May 25, 2007.
  64. Statement from Aguilera's official site about "Just Be Free" single. Cópia arquivada em December 12, 2002. (From The Internet Archive). Retrieved on May 25, 2007.
  65. Reid, Shaheem (May 21, 2001). Christina Aguilera Sues to stop release of early recordings. MTV. Retrieved on May 25, 2007.
  66. Jenison, David (November 6, 2002). Em's "8 Mile" Outstrips Christina. Cópia arquivada em February 10, 2008.. E! News. Retrieved on May 25, 2007.
  67. "Stripped Review", Entertainment Weekly, November 1, 2002. Página visitada em February 17, 2011.
  68. D'Angelo, Joe (October 18, 2002). 'Dirrty' Christina Aguilera Video Thai-ed To Sex Industry". MTV. Retrieved on May 25, 2007.
  69. (October 30, 2002). "Aguilera sheds teen pop image, alongside clothes", The Sydney Morning Herald, October 30, 2002.. The Sydney Morning Herald. Retrieved on February 16, 2011.
  70. People Magazine: Christina Aguilera August 15, 2006 Christina Aguilera: Five Fun Facts People magazine online Retrieved on August 29, 2008.
  71. http://www.aguileraonline.com/2010/08/miley-cyrus-praises-xtina.html
  72. https://twitter.com/JackeeHarry/status/320638529468235776
  73. Moss, Corey MTV News Online (November 2, 2008) Christina Aguilera Follows Controversial 'Dirrty' With Inspirational 'Beautiful' MTV News Retrieved on July 5, 2008.
  74. Scaggs, Austin August 10, 2006 Dirty Girl Cleans Up RollingStone online Retrieved on February 16, 2010.
  75. a b Gráfico ilegal entrouall Christina Aguilera Song & Chart History Billboard. Visitado em December 7, 2012.
  76. a b Top Pop Artists – Female Billboard (2003-27-12). Visitado em August 1, 2013.
  77. a b Moss, Corey. "As Kelly Clarkson Drops LP, She's Thankful For Simon's Barbs", MTV, Apr 15 2003. Página visitada em May 15, 2013.
  78. Justin And Christina's Tour Stripped Of Lights, Cameras, Action Due To Accident MTV.com. Visitado em December 6, 2012.
  79. World Entertainment News Network (January 16, 2004). Outkast + Justin Top Rolling Stone Poll. Retrieved on May 25, 2007.
  80. Maxim Christina Aguilera.. Maxim magazine. Retrieved on February 16, 2011.
  81. Moss, Corey (November 10, 2003) Sing Like Christina And Dance Like Carmen? The Pussycat Dolls Want You. MTV Retrieved (February 28, 2008).
  82. PRNewswire Maxim Hot 100 2003. Maxim. Retrieved on February 16, 2011.
  83. Christina Calls Off Tour With Chingy Due To Vocal Strain MTV.com. Visitado em December 6, 2012.
  84. Cattrall Praises Aguilera's performance San Francisco Gate (February 24, 2004). Visitado em December 4, 2012. Cópia arquivada em December 4, 2012.
  85. Hello! (October 20, 2004). Christina turns Hollywood pin-up in latest shoot. Retrieved on May 25, 2007.
  86. Edwards, Tanya L. (November 4, 2004). Christina, Gwen Stefani, Dita Von Teese Help Bring Back Burlesque. MTV. Retrieved on May 25, 2007.
  87. BBC (February 13, 2005). Singer Christina Aguilera to wed. Retrieved on May 25, 2007.
  88. "Aguilera ties knot", Herald Sun (Melbourne), Nationwide News Pty Limited, November 22, 2005, p. 3.
  89. Christina Aguilera festival de Sanremo. Yahoo. Retrieved on June 18, 2011.
  90. Evans, Chris (April 2, 2008). What's Next For Christina Aguilera?. BC. Retrieved on April 2, 2008.
  91. Recording Industry Association of America (November 15, 2006). U.S. Certification. Visitado em July 27, 2009.
  92. Moss, Corey (June 6, 2006). Christina Makes Her Comeback Twice As Nice By Expanding Basics Into Double LP. MTV. Retrieved on May 25, 2007.
  93. Back To Basics Reviews, Ratings, Credits, and More at Metacritic Metacritic. Visitado em August 24, 2008.
  94. Eliscu, Jenny Rolling Stone magazine August 11, 2008 Back to Basics review Retrieved on September 27, 2008.
  95. Erlewine, Stephen Thomas August 2006 Back to Basics review All Music Guide Retrieved on January 5, 2010.
  96. PRNewswire (September 11, 2006). Aguilera announces Euro tour. Retrieved on May 25, 2007.
  97. Vineyard, Jennifer (October 12, 2006). Christina Aguilera's Heading Back On Tour For 41 North American Dates. MTV. Retrieved on May 25, 2007.
  98. Schulz, Chris (August 2, 2007). Christina Aguilera cancels Auckland shows. Stuff New Zealand. Retrieved on December 11, 2007.
  99. Moss, Corety (February 8, 2007). XChristina's Tour Takes Fans To Circus, Cabaret Club – And Church?. MTV. Retrieved on December 11, 2007.
  100. Billboard.biz December 13, 2007 The Police Score Top-Grossing Tour Of '07 Retrieved on November 16, 2009.
  101. Jamie King's official website Jamie King Christina Aguilera Back to Basics tour section, video. Retrieved on December 31, 2009.
  102. (December 13, 2007)The Police Score Top-Grossing Tour Of '07. Billboard. Retrieved on December 13, 2007.
  103. Micallef, Ken (February 11, 2007). Dixie Chicks Make Nice With Five Grammys Grammy.com. Retrieved on May 25, 2007.
  104. Goldman, Lea; Blakeley, Kiri (February 18, 2007). The 20 Richest Women In Entertainment. Forbes. Retrieved on May 25, 2007.
  105. Christina Aguilera finally confirms pregnancy NBC.com (November 4, 2007). Visitado em February 17, 2011.
  106. Fleeman, Mike September 9, 2007 People Magazine online Paris Hilton Makes a Baby Announcement – for Christina Aguilera Retrieved on November 18, 2010.
  107. Christina Aguilera's baby Bris Female First (January 21, 2008). Visitado em February 7, 2011.
  108. Rose, Lacey. (July 1, 2009). "Jackson Pic Won't Make List of Priciest Celeb Photos". Forbes.
  109. IMDB.com page Get Him to the Greek Get Him to the Greek (2009) Retrieved on October 22, 2008.
  110. Billboard's Best of the 2000s December 2009. Artists of the Decade Billboard.com Retrieved on December 11, 2009.
  111. allmusic ((( Bionic > Charts & Awards > Billboard Singles ))) Allmusic. Visitado em June 10, 2010.
  112. Pareles, Jon. "New CDs", New York Times, 2010-06=06. Página visitada em June 10, 2010.
  113. a b Stewart, Allison. "Christina Aguilera's new album 'Bionic' is a mish-mash of Gaga and blah", The Washington Post, The Washington Post Company, June 7, 2010. Página visitada em June 7, 2010.
  114. Grein, Paul Yahoo! Music News June 16, 2010 Where's That "Genie" When You Need Her? Retrieved on June 16, 2010.
  115. a b Radish, Christina November 16, 2010 Collider.com Christina Aguilera Interview BURLESQUE Retrieved on December 3, 2010.
  116. a b Bain, Becky. The Top 10 Worst Lyrics On ‘Bionic’ Idolator Buzz Media. Visitado em November 2, 2012.
  117. a b Young, Matt. Reviewed: Christina Aguilera, Bionic Village Voice Village Voice Media. Visitado em November 2, 2012.
  118. a b Lamb, Bill. Christina Aguilera – Bionic A Great: Album Buried In Here About.com IAC. Visitado em November 2, 2012.
  119. Week of July 10, 2010 Billboard Prometheus Global Media. Visitado em July 1, 2010.
  120. Elber, Lynn. "Christina Aguilera Says 'Feel-Good' New Album Is a 'Rebirth'", Billboard, August 28, 2012. Página visitada em August 29, 2012.
  121. Christina Aguilera Cancels Summer Tour Pilot TVGuide.com.
  122. Welcome – Hollywood Chamber of Commerce Hollywoodchamber.net. Visitado em November 5, 2011.
  123. Fleming, Michael. "Christina Aguilera going 'Burlesque'", Variety, May 4, 2009. Página visitada em September 26, 2009.
  124. Radish, Christina Collider.com November 22, 2010 Writer/Director Steven Antin Exclusive Interview Burlesque Retrieved on November 22, 2010.
  125. Trust, Gary Billboard online September 24, 2012 Ask Billboard: Who's The Hot 100's King? Retrieved on November 28, 2012.
  126. Grein, Paul Yahoo! November 28, 2010 Week Ending Nov. 28, 2010: The King And Queen Of Hip-Hop Retrieved on January 27, 2012.
  127. RIAA "Burlesque" soundtrack Retrieved December 17, 2011.
  128. Pols, Mary Time November 24, 2010 Burlesque Review: Dances with Divas Retrieved on December 7, 2010.
  129. DeBruge, Peter Variety magazine November 18, 2010 Burlesque Retrieved on December 7, 2010.
  130. Burlesque Reviews, Ratings, Credits, and More at Metacritic Metacritic.com. Visitado em November 5, 2011.
  131. Burlesque Movie Reviews, Pictures – Rotten Tomatoes Rottentomatoes.com. Visitado em November 5, 2011.
  132. Box Office Mojo, January 2011 Burlesque box office
  133. Fleeman, Mike, and Ulrica Wihlborg. "Christina Aguilera Speaks Out About Separation", People, October 12, 2010
  134. Fleeman, Mike, and Ulrica Wihlborg. "Christina Aguilera Files for Divorce", People, October 14, 2010
  135. "Christina Aguilera Files for Divorce", ''TMZ'', October 14, 2010 Tmz.com (October 14, 2010). Visitado em November 5, 2011.
  136. Semigran, Aly (February 13, 2011). Christina Aguilera, Jennifer Hudson Belt Out Aretha Franklin Grammy Tribute MTV News. MTV Networks. Visitado em December 4, 2012.
  137. "Christina Aguilera and Jordan Bratman reach a divorce deal", Glamour magazine, February 10, 2011. Página visitada em February 9, 2011.
  138. Christina Aguilera, Jordan Bratman Finalize Their Divorce US magazine.com.
  139. "Christina Aguilera on her curvy, controversial figure", New York Daily News, October 1, 2012. Página visitada em December 5, 2012.
  140. "Christina Aguilera Goes Solo", Redbook magazine. Página visitada em February 24, 2011.
  141. ""Wasted" Christina Aguilera Passes Out in Jeremy Renner's Bed", US Online, January 19, 2011. Página visitada em February 6, 2011.
  142. "Is Christina Aguilera Spiraling Out of Control?", Yahoo.com, January 24, 2011. Página visitada em February 6, 2011.
  143. "Catfight Alert! Christina Aguilera Goes After Julianne Hough", E! Online, January 17, 2011. Página visitada em February 6, 2011.
  144. "Julianne Hough, Christina Aguilera Clash at Globes Party", CBS News, January 18, 2011. Página visitada em February 6, 2011.
  145. The Los Angeles Times. "Christina Aguilera arrested, released;", The Los Angeles Times, March 1, 2011. Página visitada em March 1, 2011.
  146. Camille Mann. "Christina Aguilera arrested for public drunkenness", CBS News, March 1, 2011. Página visitada em March 1, 2011.
  147. Erin Skarda. "Christina Aguilera Arrested and Jailed for Public Intoxication", TIME magazine, March 1, 2011. Página visitada em March 1, 2011.
  148. Christina Aguilera's Boyfriend's DUI Charges Dropped UsMagazine.com. Visitado em July 7, 2011.
  149. Yahoo! Sports February 6, 2011 Aguilera Goofs Up the National Anthem Retrieved on February 6, 2011
  150. By Wenn.Com (December 12, 2010). Aguilera sorry for Super Bowl fumble | Music | Entertainment Toronto Sun. Visitado em February 7, 2011.
  151. "The Voice posts solid ratings for premiere, encore", CNN, April 28, 2011. Página visitada em May 2, 2011.
  152. Sanger, Craig (May 2, 2011). You're going to want to turn around for The Voice The Washington Times. Visitado em May 2, 2011.
  153. Seidman, Robert (May 4, 2011). Tuesday Final Ratings: ‘The Voice,’ ‘NCIS,’ ‘Dancing With The Stars,’ ‘Glee,’ ‘The Biggest Loser,’ ‘Hellcats’ Adjusted Up; ‘Raising Hope,’ ‘Traffic Light’ Adjusted Down – Ratings | TVbytheNumbers Tvbythenumbers.zap2it.com. Visitado em July 7, 2011.
  154. The Voice beats NCIS, Dancing With The Stars and Glee in ratings war! Unreality TV (May 4, 2011). Visitado em July 7, 2011.
  155. Maroon 5 and Christina Aguilera's 'Moves Like Jagger' Struts To No. 1 on Billboard Hot 100 Billboard (August 31, 2011). Visitado em August 31, 2011.
  156. Week Ending July 1, 2012. Songs: Jepsen Does Canada Proud Yahoo!. Visitado em July 4, 2012.
  157. Bruno Mars claims 2 best-selling digital songs of 2011 Music Week. Visitado em March 8, 2012.
  158. Caramanica, Jon. "Albums by Christina Aguilera, Soundgarden and Brian Eno", New York Times, December 12, 2012. Página visitada em April 2, 2013.
  159. a b c Christina Aguilera's Lotus: Why Her 'Comeback' Album Wasn't A Comeback At All MTV News. MTV Networks (November 21, 2012). Visitado em November 21, 2012.
  160. What happened to Christina Aguilera? Digital Spy. Hachette Filipacchi Médias. Visitado em November 21, 2012.
  161. Peoples, Glen (January 2, 2013). Business Matters: How Much Will Irving Azoff Be Missed on Live Nation's Bottom Line? Billboard Biz. Visitado em April 2, 2013.
  162. http://www.billboard.com/charts/2013-06-01/dance-club-play-songs
  163. http://www.fuse.tv/2013/05/christina-aguilera-let-there-be-love-next-single
  164. Christina Aguilera Returns to Latin Roots on Soundtrack Song Billboard.com (March 7, 2012). Visitado em March 10, 2012.
  165. Lotus Reviews, Ratings, Credits, and More Metacritic. CBS Interactive. Visitado em 18 de noviembre de 2012.
  166. Semanal pop; semana 11/11/12 http://adminlic.capif.org.ar/sis_resultados_rankings_web.aspx Consultado el 24 e marzo de 2013
  167. Lenta (7 de diciembre de 2012). Российские музыкальные чарты. Недели 47 и 48 - 2012 (em ruso) Lenta. Visitado em 16 de febrero de 2013.
  168. Keith Caulfield (21 de noviembre de 2012). One Direction Tops Billboard 200 Chart, 'Twilight' Debuts at No. 3 (em inglés) Billboard. Visitado em 16 de febrero de 2013.
  169. Marc Schneider (4 de noviembre de 2012). Christina Aguilera Opens 'Blank Page' on Emotional 'Lotus' Track (em inglés) Billboard. Visitado em 16 de febrero de 2013.
  170. http://www.lavozlibre.com/noticias/ampliar/693654/peoples-choice-awards-2013-taylor-swift-one-direction-katy-perry-todos-los-ganadores
  171. Reseña de Lotus; Rolling Stone http://www.rollingstone.com/music/albumreviews/lotus-20121120 Consultado el 29 de marzo de 2013
  172. Cubarrubia, RJ (May 15, 2013). Christina Aguilera Will Return to 'The Voice' Rolling Stonw. Visitado em May 16, 2013.
  173. http://www.dominiopop.com/2013/05/14/christina-aguilera-voltara-ao-the-voice-por-17-milhoes/
  174. http://iloveaguilera.wordpress.com/2013/11/12/jogos-vorazes-we-remain-nao-sera-tocada-durante-creditos/
  175. http://www.boainformacao.com.br/2013/11/musica-com-parceria-de-christina-aguilera-e-a-mais-baixada-da-semana/
  176. http://www.billboard.com/articles/news/5820081/eminem-rihanna-rule-hot-100-with-the-monster/
  177. http://portalpopline.com.br/lady-gaga-e-christina-aguilera-cantam-juntos-na-final-do-the-voice-eua/
  178. http://portalpopline.com.br/christina-aguilera-agenda-mais-um-show-em-um-festival/
  179. http://www.billboard.com.br/noticias/adeus-gwen-christina-aguilera-volta-ao-the-voice-americano//
  180. Beale, Lauren. "Christina's Home moving plans 'The LA Times'", Articles.latimes.com, August 26, 2011. Página visitada em November 5, 2011.
  181. Hermione Hoby. "Christina Interview with The Guardian Newspaper", Guardian, June 13, 2010. Página visitada em November 5, 2011.
  182. Holder, Peter, Jo Casamento. "Genie out of a bottle", The Daily Telegraph (Sydney), March 10, 2000, p. 16.
  183. Farber, Jim. "Christina glitzes up Garden", New York Daily News, March 24, 2007, p. 16.
  184. Gayles, Contessa. "10 Things You Didn't Know About The Voice Coach and "Dirrty" Pop Star Christina Aguilera", AOL.com. Página visitada em December 22, 2012.
  185. Stacey, Wendy. "Pop Divas, Vocal Range and Whistle Tones", WendyStacey.com. Página visitada em February 3, 2013.
  186. Cove magazine. The 100 Outstanding Pop Vocalists. Retrieved on May 25, 2007.
  187. PopSugar.com (sourced from Cove magazine) The 100 Outstanding Pop Vocalists.
  188. MTV 22 Greatest Voices". Am I Annoying. Retrieved on December 11, 2007.
  189. Simon Gage. (December 2007). "Queen of the World". Gay Times Magazine.
  190. a b c Dion, Celine (April 18, 2013). The 2013 TIME 100 – Christina Aguilera TIME TIME magazine. Visitado em April 24, 2013.
  191. a b c d e "100 Greatest Singers of All Time", Rolling Stone. Página visitada em November 11, 2008.
  192. Vena, Jocelyn. "Christina Aguilera Goes From The Voice To People's Choice", MTV.com, December 20, 2012. Página visitada em December 22, 2012.
  193. a b Lamb, Bill Top About.com 40/Pop The Bottom Line About.com Top 40 Retrieved on August 4, 2008.
  194. Browne, David The New York Times December 24, 2010 Trilling Songbirds Clip Their Wings Retrieved on January 4, 2010.
  195. Powers, Ann Los Angeles Times August 15, 2006 Old-school? Her? Los Angeles Times Music archives Retrieved on August 4, 2008.
  196. "How to Sing Like Christina Aguilera", AOL.com. Página visitada em December 4, 2012.
  197. William, Chris EW.com December 11, 2001 Genie at Full Throttle Entertainment Weekly Music Retrieved on August 4, 2008.
  198. Eskow, John. "Christina Aguilera and the Hideous Cult of Oversouling", February 8, 2011. Página visitada em December 5, 2012.
  199. Davies, Luvy BBC News August 14, 2006 Christina Aguilera – Back to Basics BBC Online Pop/Chart Music Review Retrieved on December 16, 2008.
  200. Copsey, Robert. "Christina Aguilera's new album 'Lotus': First listen", November 2, 2012. Página visitada em November 2, 2012.
  201. Watson, Courtney. "Christina Comes Clean : The Allure Interview", Big Noise Now, April 16, 2002. Página visitada em December 9, 2012.
  202. Hiatt, Brian EW.com October 29, 2002 'Dirrty' Work (Continued) Entertainment Weekly Music Retrieved on August 4, 2008.
  203. "'Basic' Instinct", Billboard, Prometheus Global Media, August 13, 2006. Página visitada em January 3, 2009.
  204. Hoby, Hermione. "Christina Aguilera: 'I'm a very sexual person by nature'", The Guardian, June 12, 2010. Página visitada em May 13, 2013.
  205. Empire, Kitty. "Christina Aguilera: Bionic", The Guardian, June 5, 2010. Página visitada em May 12, 2013.
  206. "This Day In Music – 8th October", MTV India, October 30, 2012. Página visitada em December 29, 2012.
  207. Fekadu, Mesfin. "Review: Aguilera has an identity crisis on new CD", Boston Globe, July 6, 2010. Página visitada em May 12, 2013.
  208. "Xtina down and dirrty", Chicago Tribune, July 16, 2003. Página visitada em May 15, 2013.
  209. Oh, Eunice. "Christina Aguilera: Why I'm Sometimes Attracted to Women", People magazine, June 11, 2010. Página visitada em May 11, 2013.
  210. Hampp, Andrew Billboard Magazine September 21, 2012 Christina Aguilera: Billboard Cover Story Retrieved on November 28, 2012
  211. "Christina Aguilera Stripped review", Rolling Stone, November 5, 2013. Página visitada em February 19, 2013.
  212. Ogunnaike, Lola. "Aguilera Aims For Edgy, But Richer, Sound", The Christina Connection, taken from original article by The New York Times, July 31, 2006. Página visitada em February 19, 2013.
  213. Cohen, Jonathan (June 11, 2006). New Aguilera Album Set For August Billboard Prometheus Global Media. Visitado em December 4, 2012. Cópia arquivada em December 4, 2012.
  214. Sanneh, Kelefa The New York Times August 17, 2006 Honey They’ve Shrunk the Pop Stars Critic's Notebook Music review Retrieved on July 8, 2009.
  215. Fleming, Michael Variety October 15, 2007 Screen Gems enlists Antin for 'Burlesque' Variety.com Retrieved on January 5, 2010.
  216. Mason, Kerri Billboard December 11, 2010 Burlesque: Original Motion Picture Soundtrack Billboard album review Retrieved on November 28, 2012.
  217. Mason, Kerri Billboard December 11, 2010 Burlesque: Original Motion Picture Soundtrack Billboard album review Retrieved on November 28, 2012.
  218. Clarke, Betty. "Christina Aguilera: Stripped", The Guardian, October 24, 2002. Página visitada em May 11, 2013.
  219. Daly, Sean Tampa Bay Times November 22, 2012 Review: Christina Aguilera's Lotus is a waste of her robust talent Retrieved on November 28, 2012.
  220. a b Sculley, Alan. "What Christina wants", September 8, 2000, p. 17.
  221. a b Vineyard, Jennifer (June 28, 2006). Christina Aguilera Can Die Happy – She's Bonded With 'Bad Girl' Idol Etta James". MTV. Retrieved on May 25, 2007.
  222. Martinez, Michael. "Etta James remembered as an authentic voice at funeral", CNN, January 28, 2012. Página visitada em January 29, 2012.
  223. Farley, Christopher The Wall Street Journal online January 29, 2012 Christina Aguilera Sings "At Last" at Etta James Funeral Retrieved on January 29, 2012.
  224. Christina Aguilera Much Music. Visitado em December 4, 2012. Cópia arquivada em December 4, 2012.
  225. Lyskey, Dorian The Guardian August 4, 2006 Christina Aguilera, Back to Basics The Guardian online album review Retrieved on August 27, 2008.
  226. Billboard Magazine; Al Gomes (June 19, 2001). Christina performs on the 2001 BET Awards in a special tribute to Whitney Houston. BigNoiseNow. Retrieved on May 25, 2007.
  227. Catlin, Roger. "A Matter of Time Christina Aguilera Says She'll Leave The Pack", Hartford Courant, Tribune Company, August 31, 2000. Página visitada em July 21, 2011.
  228. Dominguez, Pier. Christina Aguilera: a star is made : the unauthorized biography. [S.l.]: Amber Books Publishing, 2003. p. 134. ISBN 0-9702224-5-9.
  229. Moss, Corey MTV News online April 28, 2006 Christina's New Split-Personality Album Is Mature And 'Dirrty' MTV.com Retrieved on August 7, 2008.
  230. Pedersen, Erik (January 23, 2013). Dave Grohl, Christina Aguilera Among Rock and Roll Hall of Fame Presenters Hollywood Reporter. Visitado em February 7, 2013.
  231. Vineyard, Jennifer MTV News August 2007 Christina Aguilera's old soul MTV.com News Retrieved on August 7, 2008
  232. Rosen, Craig (September 29, 2000). Christina Aguilera Climbs Every Mountain For 'My Kind Of Christmas' Yahoo! Music. Visitado em December 4, 2012. Cópia arquivada em December 4, 2012.
  233. Hirschberg, Lynn July 2011 W Magzine Christina Finds Her Voice Retrieved on November 21, 2012.
  234. Araya, Eric MTV.com June 29, 2006 Christina Channels Marilyn Monroe For Intimate Album Cover MTV online Retrieved on August 25, 2008.
  235. ABC News Radio November 16, 2010 http://abcnewsradioonline.com/entertainment-news/tag/christina-aguilera Retrieved on February 1, 2011.
  236. Vineyard, Jennifer MTV.com June 19, 2006 'Ain't No Other Man' Video Has Christina Singing The Blues MTV Online Retrieved on October 31, 2008.
  237. Corey (February 21, 2007). Xtina X Three: Aguilera Has Multiple-Personality Disorder In Clip MTV. Visitado em May 19, 2013.
  238. Vena, Jocelyn November 10, 2009 MTV News Christina Aguilera Looks Back – And Forward – With New LP, Next LP MTV.com Retrieved on November 22, 2009.
  239. Beard, Matthew The Independent October 20, 2009 Banksy's 'Mona Lisa' breaks auction price record Independent UK online Retrieved on November 20, 2009.
  240. Reiter, Amy (December 9, 2002). Dirrty flicks. Salon.com. Retrieved on May 25, 2007.
  241. Anderson Minshall Diane November 28, 2012 Christina Aguilera Says LGBT Fans Held Her Up When She Couldn't Stand The Advocate Retrieved on December 1, 2012.
  242. Alexander, Hilary July 7, 2005 Telegraph Galliano celebrates 100 years of Dior with his own 'new look' Retrieved on November 20, 2009.
  243. Morley-Cartner, Jess June 4, 2004 The Guardian The old black McQueen in London for charity Retrieved on November 20, 2009.
  244. The Britney Spears Versus Christina Aguilera Feud is Back! Glamour magazine (September 6, 2013). Visitado em May 8, 2013.
  245. a b Christina Aguilera is the 'Voice of a Generation' Terra (September 12, 2012). Visitado em May 8, 2013.
  246. Levine, Stuart. "Can 'The Voice' be heard?", Variety, April 9, 2011. Página visitada em December 4, 2012.
  247. The Top 100 Songs of the ’90s VH1 (December 13, 2013). Visitado em May 8, 2013.
  248. 100 Best Songs of the 2000s Rolling Stone. Visitado em May 8, 2013.
  249. 100 Greatest Songs of the ’00s VH1. Visitado em May 8, 2013.
  250. 100 Greatest Songs of the ’00s VH1. Visitado em May 8, 2013.
  251. Staff, Billboard (2010). Artists of the Decade Billboard Nielsen Company. Visitado em May 3, 2010.
  252. Single Sales Artist Billboard.biz. Prometheus Global Media. Visitado em December 6, 2010.
  253. http://www.nytimes.com/2012/09/18/arts/music/how-christina-aguilera-changed-judging-of-reality-tv-music.html?_r=0&adxnnl=1&adxnnlx=1367395310-WRowPdGRHDn9XFqIJeWjQQ
  254. Staff, VH1 (2012). VH1's 100 Greatest Women in Music (the complete list) VH1 VH1. Visitado em January 24, 2012.
  255. Graham, Mark (February 13, 2012). The 100 Greatest Women In Music | VH1 Tuner Vh1.com. Visitado em May 13, 2013.
  256. Photo | The Greatest | Ep. 072 | 50 Greatest Women Of the Video Era | Thumbnails VH1.com. Visitado em May 13, 2013.
  257. Palomares, Sugey. The 50 Best Latin Singers and Pop Stars of All Time | Latina Mobile M.latina.com. Visitado em May 13, 2013.
  258. Dion, Celine (April 18, 2013). Christina Aguilera | TIME 100: The 100 Most Influential People in the World | TIME.com Time100.time.com. Visitado em May 13, 2013.
  259. Hollywood in the News Hollywoodchamber.net. Visitado em May 13, 2013.
  260. Becky Bain. Christina Aguilera Immortalized On Gay Walk Of Fame | Music News, Reviews, and Gossip on Idolator.com. Visitado em May 13, 2013.
  261. http://www.stonewall.org.uk/media/current_releases/5511.asp%7Ctitle=Christina
  262. 100 Greatest Singers: Christina Aguilera Rolling Stone (December 18, 1980). Visitado em May 13, 2013.
  263. http://www.nytimes.com/2012/10/28/arts/artsspecial/women-who-rock-exhibit-traces-female-music-artists-in-america.html
  264. Vena, Jocelyn (August 24, 2008). The Top 10 Opening Moments In VMA History: From Madonna To The Present | MTV Video Music Awards Mtv.com. Visitado em May 13, 2013.
  265. 2003 Hot 100 Maxim (May 1, 2003). Visitado em May 13, 2013.
  266. Bené Viera (March 5, 2013). VH1′s 100 Sexiest Artists [Complete List] – | VH1 Tuner Vh1.com. Visitado em May 13, 2013.
  267. Christina Aguilera's Dirrty Voted Sexiest Music Video Of All Time Gigwise (February 18, 2009). Visitado em May 13, 2013.
  268. Christina Aguilera heads up the "Beauty After Baby" category in Peoples Top 100 People's Annual 100 Most Beautiful List photo gallery | Christina Applegate | MTV UK Mtv.co.uk. Visitado em May 13, 2013.
  269. Christina Aguilera featured in People en Espanol's Most Beautiful People; talks about son, Max – Moms & Babies – Moms & Babies - People.com Celebritybabies.people.com (April 27, 2008). Visitado em May 13, 2013.
  270. Madame Tussauds London | Tussauds Wax Museum London Madametussaudswaxmuseum.com. Visitado em May 13, 2013.
  271. {{cite web|url=http://portalpopline.com.br/website-elege-christina-aguilera-como-a-segunda-artista-mais-influente-da-atualidade/
  272. {{cite web|url=https://iloveaguilera.wordpress.com/2013/12/23/forbes-o-papel-de-christina-na-trajetoria-de-uma-banda-independente/
  273. 2011 (March 28, 2013). Demi Talks About Her Influences | BOP and Tiger Beat Online Bopandtigerbeat.com. Visitado em May 13, 2013.
  274. Vanessa WhiteWolf, with additional reporting from Sway (February 13, 2011). Miley Cyrus, Other Stars Talk Grammys At Pre-Show Bash – Music, Celebrity, Artist News MTV.com. Visitado em May 13, 2013.
  275. Vena, Jocelyn (November 7, 2012). Christina Aguilera's Blake Shelton Duet Quenched Kelly Clarkson's Curiosity – Music, Celebrity, Artist News MTV.com. Visitado em May 13, 2013.
  276. Inna Bio | Inna Career MTV. Visitado em May 13, 2013.
  277. Twitter / ArianaGrande: What a girl wants – Christina Twitter.com. Visitado em May 13, 2013.
  278. Temple, Sonic (31 de dezembro de 2008). GaGa: I'm thankful for Christina (em inglês) OK! Northern & Shell. Visitado em 8 de outubro de 2010.
  279. Adele – Defining Moments Spinner (2010-12-23). Visitado em 2012-04-04.
  280. "ARTISTdirect's Exclusive Interview With Rihanna!" (em inglês) Artistdirect. Visitado em 27 de Junho de 2009.
  281. Pajer, Nicole (November 20, 2012). Cassadee Pope Talks Her Emotional Performance and Reveals Her Secret Fear "I'm a Little Afraid of Christina Aguilera" Wetpaint. Visitado em May 30, 2013.
  282. Arnold, Chuck (July 19, 2004). Picks and Pans Review: Jojo People online. Visitado em May 30, 2013.
  283. Christina Aguilera gives Leona Lewis stage fright Female First UK (September 12, 2008). Visitado em May 30, 2013.
  284. Fil-Mexican Jessica Sanchez makes it to A.I.'s top 24 GMA Network (February 24, 2012). Visitado em May 30, 2013.
  285. Jordin Sparks wants to sing with Christina Aguilera Crushable (August 27, 2009). Visitado em May 13, 2013.
  286. admin (May 30, 2012). – Who is Alexandra Burke? Raycornelius.com. Visitado em May 13, 2013.
  287. When I Was 17 - Ep. 4 MTV.com (May 21, 2010). Visitado em May 30, 2013.
  288. Ashley Tisdale Music Influences MTV. Visitado em May 13, 2013.
  289. Music – Rebecca Ferguson BBC. Visitado em May 13, 2013.
  290. Loading... (August 25, 2012). Adam Lambert Chooses Christina Aguilera Over Lady Gaga – Celebrity Gossip, News & Photos, Movie Reviews, Competitions Entertainmentwise. Visitado em May 13, 2013.
  291. http://top40.about.com/b/2009/05/28/artist-in-the-wings-jessie-james.htm
  292. Materville Studios – Host of Windy City Times. Johnny Weir lets us in his 'World' – 4117 – Gay Lesbian Bi Trans News – Windy City Times Windycitymediagroup.com. Visitado em May 13, 2013.
  293. Abel, Alex (February 18, 2013). Dana Vollmer Success Tips – Dana Vollmer Interview Seventeen. Visitado em May 13, 2013.
  294. 2011. [1].
  295. Abel, Alex. [2].
  296. Abel, Alex. [3].
  297. Abel, Alex. [4].
  298. Abel, Alex. [5].
  299. http://popstoptv.com/tv-411/exclusive-shakira-leaves-the-voice-24823.html
  300. Celine Praises Christina Aguilera | The Official Celine Dion Site Celinedion.com. Visitado em May 13, 2013.
  301. Vineyard, Jennifer (June 28, 2006). Christina Aguilera Can Die Happy — She's Bonded With 'Bad Girl' Idol Etta James – Music, Celebrity, Artist News MTV.com. Visitado em May 13, 2013.
  302. Aretha Franklin: ‘I LOVED Grammy Tribute’ EURweb (February 14, 2011). Visitado em May 13, 2013.
  303. Cher On Working With Christina Aguilera: ‘She Has My Respect!’ Accesshollywood.com (July 7, 2010). Visitado em May 13, 2013.
  304. Mick Jagger Mick Jagger. Visitado em May 13, 2013.
  305. Becky Bain. Justin Timberlake Defends Britney’s Dancing, Gushes Over Gaga In ‘Playboy’ | Music News, Reviews, and Gossip on Idolator.com. Visitado em May 13, 2013.
  306. http://www.hollywood.com/news/celebrities/3670382/dallas-austin-aguilera-and-stone-offered-sex-in-return-for-beats
  307. http://contigo.abril.com.br/noticias/kelly-osbourne-afronta-christina-aguilera-em-programa-de-tv
  308. http://iloveaguilera.wordpress.com/2013/02/17/segundo-fuse-fortuna-de-christina-cresceu-mais-de-333-desde-2006/
  309. http://www.justjared.com/2007/01/18/top-20-richest-women-2007/
  310. http://www.cifraclubnews.com.br/noticias/9393-christina-aguilera-compra-mansao-da-familia-de-ozzy-osbourne.htmlem
  311. Título não preenchido, favor adicionar.
  312. CHRISTINA AGUILERA ENGAGED TO PRODUCTION ASSISTANT!.
  313. 195531.html Christina Aguilera está grávida novamente.
  314. Christina Aguilera revela nome da filha recém-nascida: Summer Rain Rutler
  315. http://iloveaguilera.wordpress.com/outras-secoes/premios/
  316. http://portalpopline.com.br/rock-and-roll-hall-of-fame-organiza-exposicao-e-mostra-modelitos-de-60-mulheres-importantes-para-a-musica-mundial/
  317. Travis, Neal (September 13, 2001). "Terror Attack Blows D.A.'s Timing". New York Post, p. 67. Retrieved on April 21, 2007.
  318. The PETA Files December 12, 2006 Christina Aguilera's Costume Change PETA.org Archives Retrieved on December 2, 2009.
  319. Ju, Siel Mother Nature Network February 3, 2010 Christie's celeb-studded Earth Day auction MNN.com Retrieved on February 4, 2010
  320. a b Christina Aguilera Charities. Retrieved on May 25, 2007. Archived janeiro 18, 2010 at WebCite
  321. Berliner, Alex (March 3, 2004) Nicole Kidman fashions fight against women’s cancers USA Today Health Retrieved on (March 6, 2008).
  322. Peden, Lauren David (October 12, 2006) Celebrities Sign On To Help Fight Breast Cancer Fashion Wire Daily Retrieved on (March 12, 2008).
  323. Press Release (April 27, 2000). Christina Aguilera, Sears and Levi's Launch 'Come On Over and Do... – re> HOFFMAN ESTATES, Ill., April 27 /PRNewswire/ -- Christina Aguilera, Sears and Levi's Launch "Come On Over and Do Something". PR Newswire. Retrieved on February 27, 2008.
  324. DO SOMETHING Music Artist VH1. Visitado em 2012-12-04.
  325. Post Gazette (July 15, 2003). Aguilera auction to aid battered women. Retrieved on May 25, 2007.
  326. MTV News staff (July 27, 2006). Aguilera wants to open domestic-abuse shelter MTV. Retrieved on May 25, 2007.
  327. Yahoo! Finance (April 3, 2007). Multi-Grammy Winner Aguilera Takes Campaign on 'Back to Basics' Concert Tour. Retrieved on May 25, 2007.
  328. Gelman, Jason (2003-03-07). Christina Aguilera Video Recognized By Gay & Lesbian Alliance Yahoo! Music. Visitado em 2012-12-04. Cópia arquivada em 2012-12-04.
  329. Harris, Chris MTV.com November 7, 2008 Christina Aguilera Speaks Out Against Proposition 8 MTV online Retrieved on November 7, 2008.
  330. "Christina Aguilera honored at debut of The Abbey's Gay Walk of Fame", ChicagoPride.com, April 21, 2011. Página visitada em April 21, 2011.
  331. Hear No Evil?. Retrieved on May 25, 2007.
  332. Christina Multimedia. Retrieved on May 25, 2007.
  333. Paris and Nicky Hilton, Kimora Lee Simmons, Christina Aguilera, Rebecca Romijn, Elle Macpherson, Heidi Klum Among 44 Celebrities To Bare All For New Book To Benefit The Elton John AIDS Foundation PR Newswire. United Business Media (2005-06-05).
  334. Cohen, Jonathan (July 6, 2006). Elton Curating Fashion Rocks, Busy With New CD. Billboard. Retrieved on May 25, 2007.
  335. Hillary Clinton Busted Staring At Christina Aguilera’s Chest In Photo International Business Times Etienne Uzac, Johnathan Davis. Visitado em 2 November 2012.
  336. Christina Aguilera honoured by Hilary[sic Clinton for hunger relief work] OK! Northern & Shell. Visitado em 2 November 2012.
  337. Channel 4 News(November 14, 2007). Aguilera back voting campaign with Rock the Vote. Retrieved on November 14, 2007.
  338. Christina Aguilera si separa dal marito produttore.
  339. Watson, Donna (October 21, 2005). Chrissie Presents. Daily Record. Retrieved on May 25, 2007.
  340. MTV News staff (October 26, 2005). For The Record: Quick News On Christina Aguilera. MTV. Retrieved on May 25, 2007.
  341. USA Today (March 11, 2007). Aguilera takes part in All-Star charity project.[ligação inativa]. Retrieved on May 25, 2007.
  342. Altinsas, E. Baris. "A loving family for children in need of protection", Today's Zaman, 2008-10-26. Página visitada em 2008-10-31.
  343. Business Wire Christina Aguilera Lends Powerful Voice in Fight to End Hunger as Global Spokesperson Aguilera Raises Awareness of Hunger Issue by Appearing in PSA, Advertising, Posters July 15, 2009 Retrieved on July 15, 2009.
  344. Relief Web September 23, 2009 Christina Aguilera sees hunger first hand in Guatemala Relief Web press release Retrieved on September 23, 2009.
  345. World Food Programme official site Christina and the World Food Programme Retrieved on May 13, 2010.
  346. McNiece, Mia Variety online September 1, 2009 Variety to celebrate Power of Women Retrieved on September 10, 2009.
  347. PRNewswire January 17, 2010 The Chrysler Brand Joins Forces With 'The 67th Annual Golden Globe Awards' to Contribute Relief Efforts to Haiti Retrieved on January 18, 2010.
  348. Countdown to Christina....
  349. WFO Retrieved on January 31, 2010
  350. World Food Programme May 12, 2010 Haiti Is First Stop For New WFP Ambassador Christina Aguilera Retrieved on May 12, 2010.
  351. Posted: 10/04/2012 1:17 pm Updated: 10/04/2012 3:00 pm. Hillary Clinton Honors Christina Aguilera At United Nations Ceremony, Stares At Her Breasts (PHOTO) Huffingtonpost.com. Visitado em 2012-11-01.
  352. "Stars perform to help victims of Sandy", 2012-11-02. Página visitada em 2012-12-07.
  353. Susman, Gary (March 5, 2003). Beautiful: Designer signs new muse and model.. EW. Retrieved on May 25, 2007.
  354. Christina Aguilera: Inside Beauty (September 15, 2002) Christina's Personal Stylist Steve Sollitto: Inside Beauty with Christina 2 Big Noise Now Retrieved on (March 17, 2008).
  355. MTV Online; MTV Staff Writer (October 2005). Quick News: Christina shoots ad for Pepsi Retrieved on January 30, 2007.
  356. Cove magazine. The 100 Outstanding Pop Vocalists. Retrieved on May 25, 2007.
  357. Cina, Mark. "The Shocking Amounts of Money a Singer Can Make Off a Private Performance", The Hollywood Reporter, March 5, 2011. Página visitada em March 5, 2011.
  358. MTV Europe Music Awards: The winners.
  359. 2,4 millones por escuchar a Christina Aguilera (In spanish) El Mundo (Spain). Visitado em February 2, 2013.
  360. Christina fatura 1 milhão de dólares para cantar em um show do empresário Charles Brandes
  361. Latin Past Winners.
  362. Christina Aguilera Collection - Perfumes for Women (2013). Visitado em 21/06/2014.
  363. {{citar web|URL =http://www.fanlala.com/news/christina-aguilera-loves-nintendos-tomodachi-life
  364. Jennifer Vineyard September 24, 2004 Christina Aguilera Is Poisonous In Video With Missy Elliott: Singer animated as jellyfish in 'Car Wash' clip from 'Shark Tale.' MTV Networks Retrieved on November 8, 2012.
  365. [http://portalpopline.com.br/christina-aguilera-regrava-classico-dont-cry-for-me-argentina-para-filme-em-4d/
  366. Christina Aguilera's Abusive Childhood "I did not feel safe".
  367. IMDB.com Season 10, Episode 2 Let's Eat Cake Retrieved on December 5, 2012
  368. Emmys 2013: 'The Voice' wins best reality-competition series Los Angeles Times. Visitado em 23 de setembro de 2013.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Dominguez, Pier. Christina Aguilera: A Star is Made: The Unauthorized Biography. [S.l.]: Amber Communications Group, Inc, 2002. ISBN 978-0-9702224-5-9.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Categoria no Commons