Chutney

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


NoFonti.svg
Este artigo cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Trechos sem fontes poderão ser removidos.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Chetnins de beringela e limão (à direita e em cima)
Chetnim de coco
Chetnim de tomate
Chetnins servidos em folha de banana, à maneira do sul da Índia

Chutney (termo de origem anglo-saxónica, usado com alguma frequência por portugueses, brasileiros e moçambicanos), chetnim (termo indo-português oriundo de Goa, Damão e Diu, outrora pertencentes ao Estado Português da Índia, por vezes também usado nos demais países de língua portuguesa), chatni (transliteração Hindi) ou catni (transliteração arcaica) é um condimento de paladar agridoce, picante (forte ou suave), ou ainda uma mistura dos dois, originário da Índia.

Variantes[editar | editar código-fonte]

Ingredientes comuns a em grande parte dos chutneys ou chetnins são a pimenta, os frutos e vegetais, ou ainda uma mistura destes dois. O tempero utilizado na preparação inclui quase invariavelmente açúcar mascavo, sal, alho, cebola, mel, vinagre, gengibre e canela. As especiarias vulgarmente utilizadas são o coentro, o cominho, a assa-fétida e o feno-grego.

Muitos dos chutneys ou chetnins vegetais não são cozinhados, ao contrário dos de fruta. No seu país de origem, a Índia, o chutney é confeccionado na altura de ser consumido, com ingredientes locais e disponíveis, escolhendo para a preparação os que se adequam a conferir sensações fortes ao paladar.

Em países de clima temperado, os chutneys são elaborados com ingredientes locais tais como a maçã, pera ou o tomate. Nesses países, o chutney é confeccionado e vendido sob a forma de conserva. Para este propósito, são utilizados, para efeitos de conserva, óleo vegetal, vinagre ou sumo de limão.

Em Goa, é possível se encontrar, entre outros, chetnim de camarão seco, chetnim de coentro e chetnim doce de manga[1] .

De notar que existe um estilo, ou género, de música originário das ilhas Trinidade e Tobago intitulado chutney.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A palavra "chetnim" é derivada da palavra da língua persa chāshni (چاشنى), que teve origem na palavra çāshnik do antigo idioma persa médio, partilhando a mesma raiz etimológica de outras palavras persas tais como chāsht (چاشت), que significa "uma porção de comida".

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Rita D' Souza , "Goan Kitchen", Roli Books 2002, ISBN 81-7436-195-2
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Chutney

Ligações externas[editar | editar código-fonte]