Cidade Nova (Manaus)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cidade Nova
—  Bairro do Brasil  —
Vista do bairro Cidade Nova.
Vista do bairro Cidade Nova.
Zona Norte
Região administrativa Região de Manaus
Distrito Distrito de Manaus
Município Manaus
Criado em 1979
Área
 - Total 1 419,38
População (2010)
 - Total 121 135
    • Densidade 8534,36/km2 
Domicílios 34.239
Limites Norte: Nova Cidade e Monte das Oliveiras;
Sul: Aleixo;
Leste: Cidade de Deus e Novo Aleixo;
Oeste: Colônia Santo Antônio e Novo Israel;
Noroeste: Colônia Terra Nova;
Sudoeste: Flores e Parque 10 de Novembro.
Fonte: Não disponível

A Cidade Nova é um bairro do município brasileiro de Manaus, capital do Amazonas, destacando-se por ser o mais populoso deles, com uma população estimada em mais de 121 135 habitantes. Localiza-se na zona norte e pertence ao distrito de mesmo nome. Seus limites são com os bairros de Parque 10 de Novembro e Flores ao sudoeste; Colônia Santo Antônio e Novo Israel ao oeste; Colônia Terra Nova ao noroeste; Nova Cidade e Monte das Oliveiras ao norte; Cidade de Deus e Novo Aleixo ao leste, e o bairro do Aleixo ao sul.

Foi um bairro bem planejado e por isso possui pouquíssimo déficit habitacional. O IPTU gerado no bairro alcança, em média, R$ 59,86.[1]

É um dos bairros que mais cresceram na cidade nos últimos tempos e atualmente é considerado um centro gastronômico e de entretenimento da capital. Além disso o bairro é marcado pelo seu alto Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Pode ainda ser caracterizado por amplos espaços verdes, belos jardins, diversos condomínios, comércios e áreas de lazer, grandes empresas de informática, comunicação e agências de publicidade, além de inúmeras empresas. É um dos principais bairros da cidade, um dos maiores em área territorial e população. É também é um dos únicos bairros manauenses que possuem bairros-autônomos, ou seja, bairros e núcleos independentes, com escolas, igrejas e infra-estrutura completa. O bairro é dividido em 24 núcleos organizados de forma numeral.

História[editar | editar código-fonte]

A partir da década de 1970, a Cidade Nova tornou-se referência como zona de crescimento. As antigas casas isoladas deram lugar ao maior projeto de urbanização e crescimento populacional da história de Manaus, pois a partir daí a Zona Norte da cidade passou a crescer significativamente, como até hoje.

A partir do final da década de 1980, o bairro transformou-se num dos maiores da capital. Logo, em 1992, atingiu uma população de 100 mil habitantes. Na década de 2000, sua população chegou a ultrapassar os 300 000 habitantes. Em 2010, o bairro foi dividido e deste, originaram-se três novos bairros em Manaus: Nova Cidade, Cidade de Deus e Novo Aleixo, todos originados a partir de sua divisão.[2]

Situação geográfica e social[editar | editar código-fonte]

Localizada na convergência entre o Centro e a Zona Norte,[3] o bairro é um dos que mais se valorizam na cidade, crescendo rapidamente e atraindo a classe alta, vinda de bairros nobres já saturados e a classe média alta emergente, vinda de bairros mais humildes.

A vizinhança inclui, principalmente, os extensos quarteirões situados na extremidade oeste da avenida Noel Nuteles, localizado nas proximidades do bairro do Parque 10 de Novembro.

A população do bairro é de aproximadamente 264.449 habitantes, tornando-se assim o maior bairro de Manaus e da região norte brasileira. Apesar da contagem, estima-se que a população do bairro ultrapassa os 300.000 habitantes.[4]

Foi o bairro que mais avançou no IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) nos últimos anos na cidade. A Cidade Nova, ao contrário dos bairros da Zona Centro-Sul, que possuem arranha-céus residenciais, possui, principalmente, prédios baixos com grandes varandas. É considerado um dos bairros mais seguros da cidade e sua infra-estrutura foi toda planejada para uma boa qualidade de vida. Nele, localizava-se a antiga bola do 8, que seria destruída com as obras de abertura da Avenida Max Teixeira. Entretanto, parte da Cidade Nova manteve a denominação de "Bola do Produtor", em referência ao antigo logradouro, Apesar disso, curiosamente, a Bola do Produtor não faz parte do bairro da Cidade Nova, fazendo parte do bairro Jorge Teixeira , pois fica depois do conjunto Jardim Canaranas, divisa oficial dos dois bairros.

Foram incontáveis projetos de urbanização e ocupação da zona, todos completamente executados. A região sofreu várias intervenções, com o projeto "Parque Sumaúma", mantido até hoje.

Também é na Cidade Nova que se localiza o IML de Manaus, inaugurada em 1984.

Atualmente, a fim de continuar o projeto inicial de criação de um novo pólo de desenvolvimento em Manaus, pelo menos três grandes empreendimentos têm sido construídos no bairro: um novo shopping em Manaus (Shopping Jardim Primavera, projetado para a Copa de 2014), que tem data de início em 2009, um Centro de Convenções do Governo do Estado e um pólo de informações da Vivo (operadora de telecomunicações).O Governo tem feito muitos esforços no sentido de revitalizar a região,considerado hoje em dia um dos bairros de maior tráfego de veículos da capital.

Estrada da Cidade Nova, que liga toda a Zona norte de Manaus ao centro da cidade.

Subdivisões[editar | editar código-fonte]

A Cidade Nova divide-se em vinte e quatro núcleos e cinco subdivisões:

Cidade Nova 1[editar | editar código-fonte]

A Cidade Nova 1 é a maior subdivisão do bairro. É o bairro mais populoso de Manaus, superando os 50.000 habitantes possui grande parte do comércio e das principais escolas do bairro, além das agências bancárias, e do Terminal de Integração da Cidade Nova e Centro de Convivência da Família.

Cidade Nova 2[editar | editar código-fonte]

A Cidade Nova 2 é mais uma subdivisão do bairro Cidade Nova. Estende-se desde o limite com o bairro Parque 10 até o limite com a Zona Leste, possuindo uma população de aproximadamente 60.000 hab.. Na Cidade Nova 2 encontramos a garagem da TransManaus, a maior empresa de transportes da cidade. Fazem parte da Cidade Nova 2 os Núcleos 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 10, 11, 12, 13 e 14, além de Canaranas, Colônia Cachoeira Grande, Fazendinha e Francisca Mendes.

Cidade Nova 3[editar | editar código-fonte]

A Cidade Nova 3 é a menor subdvisão do bairro em área. Estende-se também desde o limite com o bairro do Parque 10 de Novembro e Aleixo até a Zona Leste. Fazem parte da Cidade Nova 3 os Núcleos 15 e 16.

Cidade Nova 5[editar | editar código-fonte]

A Cidade Nova 5 é a segunda maior subdvisão do bairro em área e a mais populosa, com população superior aos 100.000 habitantes. Possui algumas da principais escolas e o prédio do Instituto Médico Legal, além do Hospital Universitário Dona Francisca Mendes. Cerca de 40% da área da Cidade Nova 5 é mata nativa. Fazem parte da Cidade Nova 5 os Núcleos 21, 22, 23 e 24 e os bairros de Amazonino Mendes, Amadeu Botelho e Nossa Senhora de Fátima.

Economia[editar | editar código-fonte]

O bairro é repleto de bons restaurantes, bares, cafés, bancos, igrejas, lojas e feiras de arte nos finais de semana. O comércio é bastante diversificado, com lojas elegantes e caras misturadas a outras de perfil mais popular. É um dos maiores bairros comerciais de Manaus e possui uma grande diversidade em seus comércios.

Limites[editar | editar código-fonte]

O bairro é um dos maiores de Manaus em área territorial. Portanto, limita-se com vários bairros da cidade. Seus limites são com os bairros de Flores, Parque 10 de Novembro e Novo Aleixo ao sul; ao leste com Jorge Teixeira, Novo Aleixo e Cidade de Deus; ao norte com os bairros de Nova Cidade e Monte das Oliveiras; ao oeste com Colônia Santo Antônio; e ao noroeste com Colônia Terra Nova.

Referências

  1. Valores de IPTU dos bairros de Manaus. Prefeitura de Manaus.
  2. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas Cidade_Nova_2
  3. Secretaria Especial para Articulação de Políticas Públicas. Prefeitura de Manaus. Página visitada em 02/11/08.
  4. Portal Amazônia.com. Portal Amazônia. Página visitada em 03/11/08.

Ver também[editar | editar código-fonte]