Cidade Ocidental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Cidade Ocidental
"A Princesinha do Entorno"
Brasão desconhecido
Bandeira Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 09 de Dezembro
Fundação 1976
Gentílico ocidentalense
Prefeito(a) Giselle Araújo (PTB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Cidade Ocidental
Localização de Cidade Ocidental em Goiás
Cidade Ocidental está localizado em: Brasil
Cidade Ocidental
Localização de Cidade Ocidental no Brasil
16° 04' 37" S 47° 55' 30" O16° 04' 37" S 47° 55' 30" O
Unidade federativa  Goiás
Mesorregião Leste Goiano IBGE/2008 [1]
Microrregião Entorno do Distrito Federal IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Valparaíso de Goiás, Santa Maria (DF), São Sebastião (DF), Cristalina e Luziânia
Distância até a capital 192 km
Características geográficas
Área 388,162 km² [2]
População 61 552 hab. (GO: 19º) –  IBGE/2013[3]
Densidade 158,57 hab./km²
Altitude 1014 m
Clima tropical de altitude Cwa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,717 alto PNUD/2010 [4]
PIB R$ 268,359 milhões IBGE/2010[5]
PIB per capita R$ 4,802 15 IBGE/2010[5]
Página oficial
Prefeitura www.cidadeocidental.go.gov.br

Cidade Ocidental é um município brasileiro do estado de Goiás.

Localizado no entorno do Distrito Federal. Tem, segundo o Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística para 2010, 55.915 habitantes [6] . Segundo o Tribunal Regional Eleitoral de Goiás, em junho de 2011 registram-se na Cidade Ocidental 30.171 eleitores ou 0,74% do eleitorado de Goiás [7] .

História[editar | editar código-fonte]

Teve sua origem na implantação de um núcleo residencial ao norte do município de Luziânia, quando em 1974, o Sr. João Batista de Souza, proprietário da Fazenda Aracati, onde se fabricava o aguardente “Caninha Aracati” vendeu 5,04 km² ao Sr. Cleto Campelo Meireles, ficando esta gleba pertencente à Zona Suburbana do município de Luziânia.

Em 15 de dezembro de 1976 deu-se a fundação do núcleo, cuja a construção ficou a cargo da Construtora Ocidental - daí a origem do nome "Cidade Ocidental".

O projeto inicial previa a construção de 14.349 unidades habitacionais, mas apenas 6.796 casas foram construídas. O restante, 7.533 lotes onde não foram construídos, foram repassados ao Banco Regional de Brasília como forma de pagamentos de dívidas da construtora junto àquela instituição financeira. O banco, por sua vez, repassou estes lotes para o Governo do Distrito Federal, que até hoje detém a propriedade destes lotes.

Em 1989 o núcleo habitacional foi elevado à condição de distrito de Luziânia e em 9 de dezembro de 1990 deu-se a emancipação político-administrativa do distrito e o primeiro prefeito municipal tomou posse em 1º de janeiro de 1993.

Localizada a uma distância de 48 km de Brasília, é por muitos considerada ainda cidade dormitório, sendo que grande parte de seus moradores se deslocam até a capital federal para trabalhar. A cidade possui um traçado urbano organizado, a partir de seu núcleo original, sendo que os novos loteamentos foram sendo adequados ao mesmo tipo de traçado.

Trata-se de um avanço político-administrativo que só foi possível em decorrência da emancipação alcançada no final do ano de 1990 pela consciência social de seus habitantes. No entanto, não há mais controvérsia sobre a importância da emancipação de Cidade Ocidental, pois este vem tendo um significado particularmente importante na concepção dos cidadãos deste município, devido ao processo acelerado de desenvolvimento que vem alcançando.

Afinal temos um espelho muito forte que é o próprio desenvolvimento Goiano desde 1592, quando Sebastião Marinho descobriu as terras goianas no alto do rio Tocantins e graças às primeiras povoações em Goiás. Devido à tenacidade desse povo e a luta de vários parlamentares o progresso chegou nesta região.

O município de Cidade Ocidental compõe a RIDE - Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno. A RIDE foi criada em 1998 e tem como objetivo principal implantar soluções imediatas e a médio prazo para os problemas existentes nos municípios do entorno do Distrito Federal.

Subdivisão[editar | editar código-fonte]

Zona urbana

A zona urbana de Cidade Ocidental é composta pelo centro que se encontra divido em Super Quadras: SQ 02, SQ 03, SQ 09, SQ 10, SQ 11, SQ 12, SQ 13, SQ 15, SQ 16, SQ 17, SQ 18, SQ 19 e por bairros: Ocidental Park, Parque Nápolis, Parque Nova Friburgo, Recreio Mossoró,Parque Araguari, Parque Estrela D'alva 4, Residencial Morada das Garças, Residencial São Mateus, Colina Verde, Residencial Dom Bosco, Residencial Marisa, Tapera Flórida, Jardim Edite, Parque das Américas, Quintas Itapuã, Jardim Brasília, Setor de mansões Suleste e Jardim ABC.

Zona rural

A zona rural do município de Cidade Ocidental é extensa e até mesmo desconhecido por grande parte da população urbana. Essa área faz divisa com o Distrito Federal e com os municípios goianos de Luziânia e Cristalina.

Compõem a zona rural ocidentalense as seguintes áreas: Garapa, Ferraz, Chacaras Regina, Água Quente, Povoado Quilombola Mesquita e Mata da Fartura. O Povoado Mesquita foi recentemente reconhecido pelo Governo Federal como área remanescente de quilombo, onde dedicam-se à fabricação de marmelada e aguardente.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localizado na mesorregião do Leste Goiano e na microrregião do entorno do Distrito Federal, a 48 km de Brasília (DF) e a cerca de 192 km de Goiânia (GO),[8] faz divisa com Santa Maria (DF), São Sebastião (DF) (norte), Cristalina (sudeste), Luziânia (sul) e Valparaíso de Goiás (oeste).

O relevo do município é levemente ondulado com vales nos cursos de rios e córregos. A altitude nas margens do lago é de 951 metros acima do nível do mar, já na praça central chega a 1.014 metros. Sendo o ponto culminante localizado na divisa com o Distrito Federal, no Monumento às Árvores no final do loteamento Dom Bosco a 1.115 metros de altitude. Ao sul do município o relevo torna-se mais baixo e ondulado com formações serranas nos vales que descem a menos de 830 metros no extremo sul do município.

A vegetação da região do município de Cidade Ocidental constitui-se basicamente de cerradão, cerrado, campo cerrado, campo e matas de galeria nos cursos de rios e córregos. Hoje restam remanescentes desses conjuntos florísticos, devido à extrema destruição desse ecótone para a constituição de pastos e lavouras.

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

  • Ribeirão Saia Velha:serve de linha limítrofe entre o município e os municípios de Luziânia e Valparaíso de Goiás. Sendo também o principal curso d'água de Cidade Ocidental, pois abastece o centro da cidade e os bairros próximos. Em 1970, a construtora Ocidental criou a barragem do córrego Jacob, um espelho d'água na entrada da cidade, conhecido pelos nomes de Lago Jacob ou Lago Saia Velha e a transformou no Clube Recreativo de Lazer.
  • Ribeirão Mesquita: afluente do braço direito do Rio São Bartolomeu, banha parte do povoado Mesquita; apresenta-se com forte poluição, oriunda do centro urbano que está bem próximo. Isso prejudica muito as atividades relacionadas à pecuária, que necessita das águas do Ribeirão Mesquita.
  • Rio São Bartolomeu: Recebe as águas do Ribeirão Mesquita e do Ribeirão Saia Velha e deságua no Rio Corumbá. Suas bacias abrigam intensa atividade agrícola e em seu curso é extraída areia para construção civil. Servindo também de limite entre Cidade Ocidental e o município de Cristalina.
  • Ribeirão Água Quente:Localizado a norte do município ,numa região que recebe seu nome,este córrego possui águas termais.Suas origens ainda estão sendo investigadas.
  • Poções e cachoeiras: Localizados a menos de 30 minutos de caminhada do centro da cidade pode-se encontrar córregos com águas límpidas entre matas de galeria, mas somente entre os meses de dezembro e maio.

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima de cidade Ocidental, de acordo com a classificação de Köppem é do tipo Cwatropical de altitude,em altitudes próximas a 1.000m, com verões chuvosos e quentes e invernos frios e secos. Sendo comum temperaturas de 28°C de máximas no verão e de 12°C de mínimas no inverno. Porém já foram registradas temperaturas entre 35°C e 3°C. Nas partes baixas pode ocorrer o tipo AW (tropical chuvoso de inverno seco). De todos os componentes climáticos, a precipitação é um dos fatores mais importantes do ecossistema da região dos cerrados. Apesar da variabilidade, o padrão de precipitação verificado apresenta dois períodos bem marcantes, um chuvoso de outubro à abril e outro seco de maio à setembro.

A altitude do município constitui uma determinante para atenuação térmica no mês de janeiro, bem como média inferior a 18°C no mês de julho.

A região no inverno, período de estiagem, está sob o domínio dos ventos de leste, nordeste e sudeste. Enquanto os dois primeiros encontram-se vinculados ao domínio da massa Tropical Atlântica, nesse período dissecado e, portanto responsável por estabilidade atmosférica, o terceiro refere-se as ingressões do fluxo extra tropical, caracterizado pela massa polar.

A baixa umidade absoluta reduz a possibilidade de ocorrência pluviométrica frontal no referido período, constituindo se como a principal causa da queda da temperatura. Nesse momento, a posição altimétrica da área contribui para o aumento da velocidade dos ventos, e pode implicar em desconforto térmico.

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia ocidentalense baseia-se na criação de gado bovino de corte e leite, do plantio de soja e da produção de doces de marmelo. Na zona rural do município está localizado um frigorífico que abastece toda a região.

O comércio varejista de Cidade Ocidental é bem diversificado sendo composto pelos ramos de: confecção, bares e restaurantes, hotéis, panificação, supermercados, lojas de informática, oficinas mecânicas etc. Todos os Sábados, pela manhã, ocorre a Feira Livre da Cidade Ocidental, na Av. Principal na altura da Super Quadra 10, ao lado da CELG e a Feira do Produtor que reúne apenas os produtores rurais do município,às Terça-feiras, à noite, Ocorre na Av. Principal na rua larga entre as quadras 15 e 17 e às quinta-feiras, à noite, ocorre na Av. Principalna na altura da Super Quadra 10, ao lado da CELG.

Recentemente a AGETUR - Agência Goiana de Turismo - classificou o município de Cidade Ocidental como sendo de potencial turístico, o que pode alavancar a economia municipal.

No município está localizada a primeira usina hidrelétrica da região, fornecedora de energia elétrica para a construção de Brasília, a Usina Saia Velha.

Atualmente a cidade recebe maciços investimentos imobiliários. Tais investimentos ocorrem devido a instalação dos condomínios Alphaville Brasília Residencial [9] e do Damha Residencial Brasília[10] no bairro Jardim ABC. O município contempla ainda muitas áreas que podem servir como base para outros empreendimentos imobiliários e/ou voltados para o turismo rural.

Indicadores socioeconômicos[editar | editar código-fonte]

PIB municipal (2010)
[5] R$ 268,359 milhões
PIB per capita (2010)
[5] R$ 4.802,15
Composição do PIB (2010)[11]
  • Valor adicionado bruto da agropecuária: R$ 13,742 milhões
  • Valor adicionado bruto da indústria: R$ 43,594 milhões
  • Valor adicionado bruto dos serviços: R$ 197,219 milhões
  • Impostos sobre produtos líquidos de subsídios: R$ 13,803 milhões

Infra-estrutura[editar | editar código-fonte]

Todo o centro da Cidade Ocidental tem coleta de esgoto, que é devidamente tratado em uma Estação de Tratamento de Esgoto da SANEAGO. Cidade Ocidental foi um dos primeiros municípios goianos a oferecer este tipo de serviço aos cidadãos e situa-se entre os cinquenta e sete municípios que oferecem esse serviço no estado.

Cultura[editar | editar código-fonte]

A cidade também tem suas lendas, assim como as "bolas-de-fogo", bolas de prata (para os ufólogos), a "árvore mística" que situa-se em Colina Verde" (no Zé Leão) e a mais famosa, a lenda da noiva do lago.

  • Parque Ecológico Chico Mendes: Trata-se de um bosque urbanizado localizado no centro da cidade. Rodeado de árvores nativas do cerrado o Parque Ecológico Chico Mendes é uma opção de lazer, pois oferece lago artificial com peixes exóticos, quiosque com lanchonete, duas áreas de convivência cobertas, aparelhos de ginástica, parque infantil, campo de futebol de areia, trilhas para caminhada ecológica, área de piquenique e paisagismo.
  • Povoado Mesquita: Localizada na Zona Rural da Cidade Ocidental, trata-se de comunidade de remanescentes de quilombos. A comunidade Quilombola do Mesquita surgiu a partir de uma doação de terras feita a três escravas da Fazenda Mesquita, há mais de 200 anos. Hoje é formada por 300 famílias, que cultivam marmelo, goiaba, laranja, cana de açúcar, mandioca e contam também, com uma pequena indústria artesanal de marmelada e goiabada. No artesanato produz caixinhas, biscoitos e tapetes, que são comercializados em feiras. As festas são comemoradas com a dança Catira, dança tradicional de Goiás.
  • Clubes: Recanto Primavera, Suleste Clube, Recanto das Águas, Toca do Leão e varios pesque pague.

Religião[editar | editar código-fonte]

População residente, religião católica apostólica romana: 32.033 pessoas

População residente, religião espírita: 779 pessoas

População residente, religião evangélicas: 17.359 pessoas [12]

Eventos e datas comemorativas[editar | editar código-fonte]

Feriados Municipais
  • 9 de dezembro: Emancipação da Cidade Ocidental
  • 13 de Junho: Padroeiro da Cidade
Eventos e Festejos
  • Corrida do Marmelo: janeiro
  • Paixão de Cristo: abril
  • Ocidental Fest: maio
  • Congresso Evangélico UMAM: julho
  • Canta Jardim: agosto
  • Comemoração do Dia do cerrado': setembro
  • Desfile da Independência: setembro
  • Festa dos Estados: setembro
  • Cavalgada dos Veteranos: setembro
  • Aniversário da Cidade Ocidental: dezembro

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Estimativa Populacional 2013 (PDF) Censo Populacional 2013 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (01/07/2013). Visitado em 23/10/2013.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Visitado em 31 de julho de 2013.
  5. a b c d Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 15 de junho de 2011.
  6. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas IBGE_Pop_2010
  7. Estatísticas Eleitorais - Goiás - Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (Informações atualizadas em 11/06/2010). Visitado em 15 de junho de 2011.
  8. http://maps.google.com/maps?f=q&hl=pt-BR&geocode=&q=Cidade+Ocidental,+Brazil&sll=-16.107174,-47.928543&sspn=0.01039,0.018797&ie=UTF8&ll=-16.108081,-47.932405&spn=0.02078,0.037594&t=k&z=14&iwloc=addr&om=0
  9. Alphaville hotsite. Visitado em 19 fev. 2012.
  10. Damha Residencial Brasília hotsite. Visitado em 01 março 2013.
  11. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Banco de Dados: Cidades
  12. Síntese das informações - Cidade Ocidental | IBGE

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Goiás é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.