Cidade de Dali (Yunnan)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

25° 42′ N 100° 09′ E

Localização da Cidade de Dali (em rosa) e da Prefeitura Autónoma de Dali Bai (em amarelo) na província de Yunnan, China.

A Cidade de Dali (em chinês: 大理; pinyin: Dalí; Bai: Darl•lit; Hani: Dafli) é um conselho à nível de cidade da Prefeitura Autónoma de Dali Bai, na Província de Yunnan, China.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Dali está localizada em um planalto fértil entre os montanhas Cangshan a oeste e para o leste do lago Erhai. Ela tem sido tradicionalmente povoado pelas minorias étnicas de Bai e Yi. É também a capital da Prefeitura Autónoma de Dali Bai (em chinês: Dàlǐ Báizú zìzhìzhōu 大理白族自治州; Bai: Darl•lit Baif•cuf zirl•zirl•zox). A Ferrovia Guangtong-Dali está conectada com Chengdu e Kunming, e em Guangtong possuí uma grande Estação Ferroviária. Existem comboios diários de Kunming para Dali ou vice-versa. Trens para outras cidades importantes, incluindo Lijiang e Shangri-La também circulam. A cidade também possuí um aeroporto.

História[editar | editar código-fonte]

Dali é a antiga capital de ambas os reinos de Bai e Nanzhao, que floresceram na área durante o oitavo e nono séculos, e o Reino de Dali, que existiu de 937-1253. Dali foi também o centro da Revolta de Panthay em 1856-1863.

Dali também é famosa pelos vários tipos de mármore que produz, que são utilizados principalmente na construção e decoração de objetos. Dali é tão famosa pelas suas pedras de mármore, que seu nome em chinês é, literalmente "Pedra Dali" (chinês: 大理石; pinyin: Dali shi).

Dali é atualmente um importante centro turístico, juntamente com Lijiang, tanto para turistas nacionais e internacionais. Dali é separada da capital de Yunnan, Kunming por apenas 40 minutos de vôo.

"Velha Cidade" e "Nova Cidade"[editar | editar código-fonte]

Portão sul da antiga cidade de Dali.

O recém-terminado distrito administrativo de Dali é conhecido como "nova cidade", sendo chamada de Xiaguan e está a sul da cidade antiga. abriga o Centro de Convenções Internacionais de Dali. O Governo de Dali porém, manteve seu velho planejamento urbano de bairros separados uns dos outros, para os recém-chegados que entrem pela primeira vez sintam como se "tivessem entrado em um túnel".

A velha cidade foi construída durante a Dinastia Ming sob o reinado do imperador Hongwu (1368-1398). Devido à distância entre eles, a velha cidade ainda é pacífica e calma.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Os Três Pagodes do Templo Chong Sheng.

Dali é um dos destinos turísticos mais populares, tanto pelos seus sítios históricos quanto pelas suas "Ruas estrangeiras", que possuem comida e música ocidental, e onde é falado inglês, tornando-se popular entre os turistas chineses e ocidentais. Alguns pontos turísticos notáveis são:

  • Museu Dali
  • Templo Sheng Chong
  • Palácio Guanyin de Cobre Rain (reconstruído em 1999)
  • Jianji Great Bell de Nanzhao (reformada em 1997)
  • Três pagodes
  • Shaxi: uma vila histórica sobre a antiga rota do chá.

Transporte local[editar | editar código-fonte]

Os modos de transporte locais incluem ônibus (11 linhas na cidade propriamente dita), táxis, bicicletas, e barco (no Lago Erhai).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cidade de Dali (Yunnan)
Ícone de esboço Este artigo sobre a China é um esboço relacionado ao Projeto Ásia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.