Cilene (satélite)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Cilene (grego: Κυλλήνη) ou Jupiter XLVIII é um satélite natural de Júpiter. Foi descoberto por um time de astrônomos da Universidade do Havaí liderados por Scott S. Sheppard em 2003, e recebeu a designação temporária de S/2003 J 13[1] [2]

Cilene tem aproximadamente 2 Km de diâmetro, e orbita Júpiter a uma média de 23,396 Mm em 731.099 dias, a uma inclinação de 140° em relação à eclíptica (140° em relação ao equador de Júpiter), num movimento retrógrado irregular e com uma excentricidade orbital de 0,4116.

Foi nomeado em março de 2005 em homenagem a Cilene, uma náiade (ninfa dos rios) ou oréade (ninfa das montanhas) associada ao ao Monte Kyllini (Monte Cilene), na Grécia[3] . A ninfa era filha de Zeus (Júpiter).

Pertence ao grupo Pasife, cujas luas irregulares e retrógradas orbitam Júpiter a distâncias que variam entre 22.8 e 24.1 Gm, com inclinações variando de 144.5° e 158.3°

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre astronomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.