Cinema Paradiso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde outubro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Nuovo cinema Paradiso
Cinema Paraíso (PT)
Cinema Paradiso (BR)
 Itália /  França /  Alemanha
1988 • cor • 123 min 
Direção Giuseppe Tornatore
Produção Franco Cristaldi
Giovanna Romagnoli
Roteiro Giuseppe Tornatore
Elenco Antonella Attili
Enzo Cannavale
Isa Danieli
Género Drama
Comédia
Idioma Siciliano, italiano
Música Ennio Morricone
Direção de arte Andrea Crisanti
Direção de fotografia Blasco Giurato
Figurino Beatrice Bordone
Edição Mario Morra
Página no IMDb (em inglês)

Nuovo Cinema Paradiso (no Brasil e em Portugal, Cinema Paradiso) é um filme italiano de 1988 escrito e dirigido por Giuseppe Tornatore.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Salvatore Di Vita é um cineasta bem-sucedido que vive em Roma. Um dia ele recebe um telefonema de sua mãe avisando que Alfredo está morto. A menção deste nome traz lembranças de sua infância e, principalmente, do Cinema Paradiso, para onde Salvatore, então chamado de Totó, fugia sempre que podia, depois que terminava a missa (ele era coroinha). No começo, ele costumava espreitar as projeções através das cortinas do cinema, que o padre via primeiro para censurar as imagens que possuíam beijos, e fazia companhia a Alfredo, o projecionista. Foi ali que Totó aprendeu a amar o cinema.

Após um caso de amor frustrado com Elena, a filha do banqueiro da cidade, Totó deixa a cidade e vai para Roma, retornando somente trinta anos depois, por causa da morte de Alfredo. Ao final, o Novo Cinema Paradiso, já abandonado, acaba demolido pela prefeitura para construir um estacionamento. Voltando para Roma Totó assiste a uma fita com todas as imagens de beijo que o padre da cidade havia censurado.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o

Oscar 1990 (EUA)

  • Venceu na categoria de Melhor Filme Estrangeiro.

Globo de Ouro 1990 (EUA)

  • Venceu na categoria de Melhor Filme Estrangeiro.

Festival de Cannes 1989 (França)

Prêmio César 1990 (França)

  • Ganhou o prêmio de Melhor Poster.
  • Indicado na categoria de Melhor Filme Estrangeiro.

Academia Japonesa de Cinema 1991 (Japão)

  • Indicado na categoria de Melhor Filme Estrangeiro.

Prêmio David di Donatello 1989 (Itália)

BAFTA 1991 (Reino Unido)

  • Venceu nas categorias de Melhor Ator (Philippe Noiret), Melhor Ator Ator Coadjuvante (Salvatore Cascio), Melhor Filme em Língua Não Inglesa, Melhor Trilha Sonora Original e Melhor Roteiro Original.
  • Indicado nas categorias de Melhor Fotografia, Melhor Figurino, Melhor Diretor, Melhor Edição, Melhor Maquiagem e Melhor Direção de Arte.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]