Cipó-caboclo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaCipó-caboclo
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Dilleniales
Família: Dilleniaceae
Género: Davilla
Espécie: D. rugosa
Nome binomial
Davilla latifolia
Poiret

O cipó-caboclo[1] (Davilla rugosa - também se registam os sinónimos botânicos de Davilla brasiliana DC. e Davilla pilosa Miq.) é uma planta, trepadeira, lenhosa, de tamanho variável. É nativa do Brasil. É reputada como planta medicinal, com propriedades depurativas e estimulantes. As suas folhas são ásperas, com nervuras proeminentes na página inferior. As flores são amarelo-pálidas, com sépalas de 5 a 6 mm de comprimento e pétalas de 6 a 8 mm. os frutos têm a forma de cápsulas, inseridas entre duas sépalas internas, de cerca de 7 mm.

Outros nomes vulgares[editar | editar código-fonte]

A planta é ainda conhecida pelos seguintes nomes vulgares:

  • Capa-homem
  • Cipó-capa-homem
  • Cipó-de-caboclo
  • Cipó-de-carijó
  • Cipó-vermelho
  • Folha-de-lixa
  • Lixa
  • Lixeirinha
  • Muiraqueteca
  • Muirateteca
  • Muraqueteca
  • Sambaíba
  • Sambaibinha

São observadas também muitas espécies com essas caracteristicas na região da Serra do Cipó em Minas Gerais, entretanto prescindem de comprovação científica á respeito de sua classificação dentro da botânica

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre plantas é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.