Cipó-chumbo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O cipó-chumbo (Cuscuta racemosa) é um vegetal considerado parasita. Ele não possui folhas nem clorofila e, por isso, não faz fotossíntese. Ele apresenta estruturas que penetram na planta hospedeira de onde retira os nutrientes que necessita.

O cipó-chumbo é muito comum em pomares de frutíferas e vive sobre outras plantas também como em pastagens de trevo.

Ele se instala em árvores ou plantas para retirar os recursos necessários para sua sobrevivência.

Ícone de esboço Este artigo sobre plantas é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

[[Categoria:Convolvulaceae]

O cipó-chumbo e uma planta nativa das Américas,pode ser encontrado desde a argentina,aos estados unidos,e em todo o brasil,principalmente na floresta amazônica. O caule do cipó-chumbo e usado como chá.Para tratar diversos problemas do sistema respiratório.