Citibank Hall (Rio de Janeiro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

O Citibank Hall é uma casa de espetáculos da cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Localiza-se na Barra da Tijuca, e é a maior casa de espetáculos da América do Sul.[carece de fontes?]

Inaugurada em setembro de 1994 com o nome de Metropolitan, no Via Parque Shopping, já foi denominada ATL Hall a partir do fim de 2000, com a compra dos naming rights pela companhia telefônica Algar Telecom Leste (ATL). Quando a companhia foi comprada pela Claro, em outubro de 2003, a casa assumiu o nome Claro Hall, utilizado até Março de 2007, com a venda dos naming-rights para o banco Citibank, que rebatizou a casa com o nome Citibank Hall - Rio de Janeiro.

Já se apresentaram na casa nomes importantes do cenário da música, como Mamonas Assassinas, Roxette, Avenged Sevenfold, Pet Shop Boys, Erasure, Linkin Park, Tears For Fears, Snow Patrol, Sandy, Donna Summer, Sarah Brightman, Laura Pausini, Taylor Swift, Nightwish, B. B. King, Nina Simone, Hanson, Alanis Morissette, A-ha, Andrea Bocelli, Luciano Pavarotti, Legião Urbana, Red Hot Chilli Peppers, Dream Theater, Emily Osment, Paramore, Midnight Oil, Simply Red, Def Leppard, Manowar, Megadeth, Planet Hemp, Avril Lavigne, dentre outros.

A casa possui capacidade total para até 8.500 pessoas.[1] O palco ocupa 500 metros quadrados, com o pé-direito de 20 metros, permitindo adaptações a eventos específicos.[1]

Referências

  1. a b Ficha técnica Citibank Hall.