Citymatic

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

O Citymatic foi um sistema de embreagem automática criado pela Fiat no Brasil. Foi lançado em 1999 no Fiat Palio, se tornando o primeiro carro 1.0 da categoria com embreagem automática.

O sistema funciona quando o motorista movimenta a alavanca para mudar de marcha, há um cabo que envia um comando para a embreagem, como se pressionasse o pedal, que engata e desengata a transmissão simultaneamente. A troca é suave e ágil. Não é sentida aquela patinada da embreagem causada pelo conversor de torque dos câmbios automáticos convencionais.

Confortável e seguro[editar | editar código-fonte]

Os motoristas que enfrentavam o pára-e-anda no trânsito das cidades grandes tinham apenas os câmbios automáticos como forma de diminuir o cansaço, principalmente o sofrido pelo pé esquerdo, obrigado a pressionar constantemente a embreagem. Essa transmissão não proíbe o motorista que prefere comandar pessoalmente as trocas de marcha. Externamente, a única modificação do Citymatic em relação aos modelos da linha Palio é o emblema Palio Citymatic na tampa traseira. No interior, a diferença é a ausência do pedal da esquerda.

Embora não fosse caro (na época custava R$800,00) e nem de complicada manutenção, não chamou a atenção dos consumidores, sendo que a Fiat retirou-o do mercado após algum tempo depois de lança-lo no mercado, sem sucesso.

Ver também[editar | editar código-fonte]