Civil War: Young Avengers & Runaways

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Civil War: Young Avengers & Runaways
Comic image missing-pt.png
Capa de Civil War: Young Avengers & Runaways #1. Arte por Jim Cheung
Editora Marvel Comics
Publicação
Formato de publicação Minisérie
Qte. de edições 4
Data das edições Julho - Outubro 2006
Personagens Jovens Vingadores
Fugitivos
Noh-Varr
Equipe criativa
Escritor(es) Zeb Wells
Arte Stefano Caselli
Projecto Banda Desenhada  · Portal da Banda Desenhada

Civil War: Young Avengers & Runaways (em português: Guerra Civil: Jovens Vingadores/Fugitivos) é uma série limitada publicada pela editora americana Marvel Comics. Em Portugal e no Brasil, foi publicada pela editora Panini Comics, na revista mensal Avante, Vingadores!. Os acontecimentos da revista são decorrentes do evento Guerra Civil.

História[editar | editar código-fonte]

Em Los Angeles, os Fugitivos não tinham a menor noção de que a Guerra Civil havia explodido e que todos os super-seres deveriam se registrar. Quando ajudaram uns soldados a pegarem um vilão, foram surpreendidos por uma tropa que queriam pegá-los. Eles pensaram que havia sido um mal entendido mas na verdade estavam querendo levá-los para se registrarem. Victor foi atingido e eles tiveram que fugir.

Longe dalí, os Jovens Vingadores, que estavam do lado do Capitão América, assitiam o que acontecia em Los Angeles e decidiram, sem permissão, irem ao encontro dos Fugitivos. Naquele mesmo momento, os Fugitivos assistiam a um documentário e descobriam porque foram atacados. Molly saiu e foi andar depois de ter discutido com Chase. Neste momento, ela deu de cara com os Jovens Vingadores. Lembrando do noticiário e pensando que eles eram do mal, a pequena lançou um carro em cima deles. Ela foi nocauteada e os Jovens Vingadores entraram na fortaleza dos Filhos do Orgulho. Foi aí que começou a pancadaria. Visão e Victor entraram em um tipo de curto-circuito quendo se encontraram. Eles são filhos de um mesmo pai: Ultron.

A luta continuou até que Patriota e Nico decidiram para com aquilo e sentar e conversar. Foi aí que Noh-Varr, mandado para capturar os jovens heróis, apareceu (ultilizando o codinome Marvel Boy) e disse para eles se renderem.