Cláudia Marcela, a Velha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Cláudia Marcela, chamada por historiadores de a Velha (ou a Maior) para diferenciar de sua irmã mais nova, Cláudia Marcela, a Jovem, foi uma das duas filhas de Cláudio Marcelo e Otávia, irmã de Augusto.

Família[editar | editar código-fonte]

Seu pai foi um dos três romanos de nome Cláudio Marcelo, netos de Marco Cláudio Marcelo, que ocuparam o consulado em três anos sucessivos: os irmãos Marco (cônsul em 51 a.C.) e Caio (cônsul em 49 a.C.), e seu primo Caio, o pai desta Cláudia, cônsul em 50 a.C..[1]

Sua mãe foi Otávia, filha do senador Caio Otávio Turino (em latim: Gaius Octavius Thurinus), também procônsul na Macedónia.[2] Segundo Plutarco, Otávia era filha de "Ancária".[3] Segundo Suetônio, outra Otávia era filha de Ancária e a mais conhecida Otávia era irmã, também por parte de mãe, do futuro imperador Augusto, ambos sendo filhos de Ácia, sendo Otávia mais velha que o irmão.[2] [4]

Do casamento de Cláudio e Otávia nasceram um filho e duas filhas.[5] O filho, Marcelo,[5] era o favorito e querido do povo romano,[carece de fontes?] e casou com sua prima Júlia, filha de Augusto,[5] porém morreu logo depois, sem ter filhos.

Casamentos[editar | editar código-fonte]

Cláudia Marcela, a filha mais velha de Cláudio Marcelo e Otávia, se casou com Agripa, com Lúcio Antônio, filho de Marco Antônio,[1] [5] e com Sexto Apuleio.[5]

O casamento de Agripa com Cláudia ocorreu em 29 a.C..[6]

Em 21 a.C., após a morte de Marcelo, o sobrinho de Augusto, o imperador ordenou a Agripa que se divorciasse de Cláudia e se casasse com Júlia.[6] [7]

Filhos[editar | editar código-fonte]

Agripa e Cláudia tiveram uma filha, que se casou com Públio Quintílio Varo, que foi cônsul no ano 13 a.C..[6]

Lúcio Antônio e Cláudia tiveram um filho, também chamado Lúcio Antônio, que morreu em Marselha.[1]

Referências

  1. a b c Louis Moréri, Goujet, Le Grand dictionnaire historique ou le Mélange curieux de l'histoire sacrée et profane... par Mre Louis Moreri, Marcellus, p.205 [em linha]
  2. a b Suetônio. Vidas dos Doze Césares, Vida de Augusto, 4.1 Penelope.uchicago.edu.
  3. Plutarco. Vidas Paralelas, Vida de Marco Antônio 31.1 Penelope.uchicago.edu.
  4. Peter Bayle, Pierre Des Maizeaux, Alexis Gaudin, Anthelme Tricaud, The dictionary historical and critical of Mr. Peter Bayle, Volume 4, Octavia, p.394 [google books]
  5. a b c d e Georg Alexander Ruperti, Tabulae genealogicae sive stemmata nobilissimarum gentium Romanarum (1794), p.51 [google books]
  6. a b c Jona Lendering, Marcus Vipsanius Agrippa, Parte 2, [em linha]
  7. James Ussher, The Annals of the World [em linha]