Clément Ader

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Clément Ader
Clément Ader em 1891
Nascimento 2 de Abril de 1841
Muret - Haute-Garonne - Midi-Pyrénées
Morte 5 de Março de 1925 (83 anos)
Toulouse Toulouse
Nacionalidade França francesa
Ocupação engenheiro elétrico e inventor de aeronaves[1]

Clément Ader, (Muret, 2 de abril de 1841 - Toulouse, 5 de março de 1925) foi um engenheiro francês, precursor da aviação e inventor do termo avion (1890).

Foi um engenheiro francês, representante da Bell na França e instalou os primeiros telefones de Paris em 1879.

En 1881 Clément Ader apresentou um sistema estéreo na exibição de equipamentos elétricos em Paris, transmitindo uma ópera da capital francesa por meio de um tipo de telefone, o teatrófono, que produzia uma sensação de som espacial para os ouvintes.

Avion III.

Baseado nos estudos sobre o voo dos pássaros de Louis Pierre Mouillard, construiu os primeiros aeroplanos com motor. Entre 1890 e 1897 construiu três aparelhos: Eole (Avion I), Zéphyr (Avion II) e Aquilon (Avion III).

Fez fortuna graças a invenções no campo da electricidade (microfone, teatrofone). Na sua invenção, a que chamou Avion, e que tinha o sobrenome de Éolo, rei dos ventos da mitologia, percorreu, no dia 9 de outubro de 1890, cerca de 50 metros à uma altura de 20 cm. Seguidamente, com o apoio do estado-Maior francês, e do próprio ministro da Guerra, trabalhou no aperfeiçoamento do seu invento durante 7 anos, no mais completo segredo. Depois de pronto, o mesmo passaria a pertencer ao Estado.

Em outubro de 1897 a prova definitiva no Avion III, agora provido de dois motores de 20cv, redundaria num fracasso quase completo.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.