Clériston Andrade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Clériston Andrade
55° Prefeito de Salvador Bandeira de Salvador.svg
Período abril de 1970
março de 1975
Antecessor(a) ACM
Sucessor(a) Jorge Hage Sobrinho
Presidente do Baneb (Banco do Estado da Bahia)
Período 1979
1982
Vida
Nascimento 1925 de Carece de parâmetro necessário 1=mês! de [[{{{3}}}]] (2015 anos)
Morte 1 de outubro de 1982
Dados pessoais
Partido Arena

Clériston Andrade (Salvador, 1925 - Caatiba, 1 de outubro de 1982) foi um político e pastor brasileiro.

Era pastor da Igreja Batista. Como político, começou como procurador-geral do município de Salvador na administração do então prefeito Antônio Carlos Magalhães (1927-2007). Quando ACM deixou a prefeitura da capital baiana para se candidatar a governador do estado da Bahia por via indireta, em 1970, Clériston assumiu a prefeitura da cidade. Em 1971, ACM, já como governador, o confirmou como prefeito, garantindo a sua permanência até 1975.

Clériston Andrade deu continuidade à administração de seu antecessor. Suas principais obras da sua gestão foram as avenidas Luís Viana Filho ou Paralela e Garibaldi, e o Parque da Cidade Joventino Silva.

Quase chegou a ser candidato ao governo da Bahia em 1974, sendo apoiado por ACM, mas o então presidente Ernesto Geisel abortou essa candidatura, indicando o médico e ex-reitor da Universidade Federal da Bahia Roberto Santos. Em 1979, no segundo governo de ACM, foi nomeado presidente do Baneb (Banco do Estado da Bahia), abandonando o cargo para se candidatar ao governo da Bahia em 1982, pelo PDS.

Morreu em um acidente de helicóptero durante a sua campanha ao governo da Bahia, em 1 de outubro de 1982. Poucos dias depois de sua morte, o então governador Antônio Carlos Magalhães escolheu o nome de João Durval Carneiro para sucedê-lo.

Em sua homenagem foram erguidos o Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana, o Estádio Clériston Andrade, em Itagimirim e o monumento Clériston Andrade, na avenida Garibaldi em Salvador.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Antônio Carlos Magalhães
Prefeito de Salvador
19701975
Sucedido por
Jorge Hage Sobrinho