Clarke Abel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Clarke Abel
Abelia chinensis

Clarke Abel (Grã-Bretanha, 1780Índia, 24 de novembro de 1826) foi um cirurgião e naturalista britânico [1] .

Biografia[editar | editar código-fonte]

Fez seus estudos em medicina e embarcou, em 1816, à bordo do H.M.S. Alceste para uma expedição naturalista à China, em Pequim e Cantão, acompanhando Lorde Amherst, onde constituiu uma importante coleção de história natural. Como resultado da viagem escreveu e publicou a Narrative of a Journey in the Interior of China (1818).

Quando do seu retorno à Grã-Bretanha, sofreu um naufrágio e um ataque de piratas , perdendo todos os seus espécimes. Por sorte, havia deixado alguns espécimes com um conhecido na China, e este remeteu a coleção que guardou para Abel.

Abel ofereceu a pequena parte que conseguiu salvar ao Sir George Thomas Staunton (1781-1859) em 1816. Em 1816 , quando na China, Clarke Abel, coletou espécimes e sementes de uma planta conhecida atualmente como Abelia Chinensis. As plantas que colheu foram estudadas por Robert Brown (1773-1858) que lhe dedicou o gênero Abelia, da família das Caprifoliaceae em 1818.

Residiu na África do Sul, onde estudou a flora, a fauna e a geologia deste país. Foi membro da Royal Society em 1819, da Sociedade Linneana de Londres, Sociedade Geológica de Londres e de diversas outras sociedades científicas.

Foi o primeiro cientista ocidental à relatar a presença de orangotangos na ilha de Sumatra.

Na Índia exerceu a função de médico-chefe do governador-geral.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Narrative of a Journey in the Interior of China and of a Voyage to and from that country, in 1816 and 1817 Londres ( 1818 ).

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Allen G. Debus (dir.) (1968). World Who’s Who in Science. A Biographical Dictionary of Notable Scientists from Antiquity to the Present. Marquis-Who’s Who (Chicago) : xvi + 1855 p.
  • Brummitt RK; Powell CE. (1992). Authors of Plant Names. Royal Botanic Gardens, Kew. ISBN 1-84246-085-4.
  • Diana Wells, " 100 Flowers and How They Got their Names", Algonquin Books of Chapel Hill, 1997

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Wikipedia-pt-hist-cien-logo.png Portal de história da ciência. Os artigos sobre história da ciência, tecnologia e medicina.