Classe Admiral

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wiki letter w.svg
Por favor melhore este artigo, expandindo-o. Mais informação pode ser encontrada no artigo «Admiral-class battlecruiser» na Wikipédia em inglês e também na página de discussão. (janeiro de 2015)
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Classe Admiral
HMS Hood em 1920
Origem    Bandeira do país de origem
Construtor(es): John Brown & Company
Armstrong Whitworth
Cammell Laird
Fairfield Shipbuilding and Engineering Company
Lançamento: 1918
Período de construção: 1916-20
Precedido por: Classe Courageous
Sucedido por: Classe G3 (cancelada)
Unidade inicial: HMS Hood (51)
Unidade final HMS Rodney (cancelado)
Em serviço: 1920-1941
Operadores:  Marinha Real Britânica
Planejados: 4
Construídos: 1
Cancelados: 3
Características gerais
Tipo: Cruzador de batalha
Deslocamento: 45 200 t (99 600 000 lb)
Comprimento: 262,1 m (860 ft)
Boca: 31,7 m (104 ft)
Calado: 9,6 m (31,5 ft)
Propulsão: Turbinas a vapor acopladas
4 x hélices
24 x caldeiras
144 000 hp (107 000 kW)
Velocidade: 31 kn (57,5 km/h)
Autonomia: 7 500 m.n. (13 900 km) à 14 kn (25,9 km/h)
Armamento: 4 x 2 canhões de 381 mm (15,0 in)
16 x 1 canhões de 140 mm (5,51 in)
4 x 1 canhão anti-aéreo de 101,6 mm (4,00 in)
10 x 1 tubos lançadores de torpedos de 533 mm (21,0 in)
Equipamentos especializados: 1 catapulta lançadora de avião.
Tripulação/Equipagem: 820

Os Cruzadores de batalha da classe-Admiral eram um grupo de quatro navios da marinha real britânica que projetados perto do fim da Primeira Guerra Mundial. Estes navios foram pretendidos para fazer frente aos cruzadores de batalha da Classe-Mackensen da Kriegsmarine que estavam então sob construção. A classe foi pretendida originalmente para consistir nos navios HMS Anson, Howe, Rodney, e Hood. Depois que os alemães pararam de trabalhar na Classe-Mackensen, o HMS Anson, Howe, e Rodney foram cancelados. O HMS Hood, entretanto, foi terminado e entrou em serviço um pouco depois do final da Primeira Guerra Mundial.

Navios na classe[editar | editar código-fonte]

Nº na amurada Nome Estaleiro Batimento de quilha Lançado Completo
51 Hood John Brown & Company 1 de setembro de 1916 22 de agosto de 1918 15 de maio de 1920
- Anson Armstrong Whitworth 9 de novembro de 1916 N/D
- Howe Cammell Laird 16 de outubro de 1916
- Rodney Fairfield Shipbuilding and Engineering Company 9 de outubro de 1916
Estado dos navios
Nome Estado
Hood Afundado pelo Bismarck em 24 de maio de 1941
Anson Construção suspendida em 9 de março de 1917. Cancelado em 27 de fevereiro de 1919
Howe
Rodney

Ver também[editar | editar código-fonte]


Cruzadores de batalha classe Admiral
HMS Anson | HMS Hood | HMS Howe | HMS Rodney
Precedido pela: Classe Courageous - Sucedido pela: Classe-G3

Lista de cruzadores de batalha da Marinha Real Britânica

Lista de classes de cruzadores da Marinha Real Britânica
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.