Classe Los Angeles

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Classe Los Angeles
O USS Asheville em 2004.
Origem
Nome: Classe Los Angeles
Construtor(es): General Dynamics Electric Boat
Newport News Shipbuilding
Lançamento: 1972 – 1996
Em serviço: 1976 - presente
Operadores: Estados Unidos Marinha dos Estados Unidos
Construídos: 62
Ativos: 41[1]
Características gerais
Tipo: Submarino de ataque
Deslocamento: 6 082 toneladas
Comprimento: 110 m
Boca: 10 m
Calado: 9,4 m
Propulsão: Reator nuclear GE PWR S6G
Velocidade: 37 km/h
Autonomia: 30 anos antes de reabastecer
Profundidade: 290 m
Armamento: Lançadores de BGM-109 Tomahawk
Tubos de torpedo Mark 48
Tripulação/Equipagem: 129

A Classe Los Angeles é uma classe de submarinos nucleares que forma a espinha dorsal da frota de submarinos da marinha de guerra dos Estados Unidos, com 62 embarcações construidas. Ao fim de 2013, 41 estavam no serviço ativo e outros 21 haviam sido aposentados.[2] Esta é a classe de submarinos com a maior quantidade de unidades construídas a serviço de qualquer marinha moderna.[3]

A última variante, contando com 23 embarcações, foram construidos para serem maiores e mais furtivos do que seus predecessores, com um sistema de sensores e armas mais avançado. Estes submarinos também foram projetados para navegar por longa duração abaixo das calotas polares.[4]

Fotos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Ship Battle Forces Nvr.navy.mil. Visitado em 27 de março de 2012.
  2. "SSN Los Angeles Class Nuclear Submarine, United States of America". Página acessada em 3 de janeiro de 2014.
  3. "Los Angeles Class" no Globalsecurity.org. Página acessada em 3 de janeiro de 2014.
  4. Polmar, Norman; Moore, Kenneth J.. Cold War Submarines:The Design and Construction of U.S. and Soviet Submarines. [S.l.]: Brassey's, 2003. p. 271. ISBN 1-57488-594-4