Claudine André

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Claudine André com um bonobo jovem no colo.

Claudine André (nascida em 6 de novembro de 1946, na Bélgica) é uma conservacionista belga. Ela fundou o Lola ya Bonobo em 1994, que se trata do único santuário de bonobos no mundo, situado a sul de Kinshasa, na República Democrática do Congo.[1]

O objetivo do santuário é resgatar e cuidar dos bonobos órfãos, devido a ação de caçadores ilegais, e eventualmente, reintrudozi-los numa reserva florestal. Durante o mesmo ano, Claudine começou a organização "Friends of Bonobos" (Amigos dos Bonobos), do qual ainda é presidente.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. The story of Lola ya Bonobo. Lola ya Bonobo. Página visitada em 8 de setembro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.