Clements Markham

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Clements Robert Markham
Clements Robert Markham
Nascimento 20 de Julho de 1830
Stillingfleet, Inglaterra
Morte 30 de janeiro de 1916 (85 anos)
Londres
Nacionalidade Inglesa
Ocupação Oficial de Marinha, Explorador e Geógrafo

Sir Clements Robert Markham KCB (20 de Julho de 183030 de Janeiro de 1916) foi um geógrafo inglês, explorador e escritor. Foi Secretário da Real Sociedade Geográfica (RSG) entre 1863 e 1888, e mais tarde o seu Presidente durante 12 anos. Foi responsável pela organização da Expedição Discovery de 1901–04, e pelo lançamento da carreira de Robert Falcon Scott.

Markham iniciou a sua carreira como cadete e guarda-marinha na Marinha Real, durante a qual foi ao Árctico no Assistance numa das muitas procuras pela Expedição Franklin de Sir John Franklin. Mais tarde, Markham teve as funções de geógrafo no Departamento Indiano, e responsável pela recolha de cinchona, uma planta das florestas do Peru e o seu transplante para a Índia. Deste modo, o governo indiano passou a ter uma fonte da qual podia extrair quinino. Markham também foi o geógrafo da força expedicionária de Robert Napier na Abissínia, estando presente na tomada de Magdala em 1868.

A principal conquista da presidência de Markham na RSG foi o renascimento, no final do século XIX, do interesse britânico na exploração antárctica, depois de um iterregno de 50 anos. Tinha ideias bastante definidas sobre como a Expedição Discovery devia ser organizada e lutou para que ela tivesse o estatuto de projecto de natureza naval, com Scott no comando. Para atingir o seu objectivo, teve que ultrapassar uma oposição muito hostil da comunidade científica. Nos anos que se seguiram à expedição, continuou a patrocinar a carreira de Scott, de tal forma que não olhava para os feitos de outros exploradores da época.

Durante toda a sua vida Markham foi um contínuo viajante e um escritor prolífero; escreveu histórias, relatos de viagens e biografias. Escreveu mutos trabalhos para a revista da RSG, e fez muitas traduções para a Hakluyt Society, da qual também foi presidente. Recebeu homenagens públicas e acadéemicas, sendo reconhecido como bastante influente na disciplina de Geografia, embora muito do seu trabalho fosse resultado do seu entusiasmo e não da sua formação. O seu nome foi dado ao Monte Markham por Scott em 1902.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]