Cloreto de cetilpiridínio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cloreto de cetilpiridínio
Alerta sobre risco à saúde
Cetylpyridiniumchlorid.svg
Nome IUPAC 1-Hexadecylpyridinium chloride
Outros nomes Acetoquat CPC;
Pyrisept

EXADECYL-PYRIDINIUM, CHLORIDE

Identificadores
Número CAS 123-03-5,
6004-24-6 (monoidrato)
PubChem 31239
ChemSpider 28979
ChEBI 32915
Código ATC B05CA01D08AJ03, D09AA07, R02AA06
SMILES
InChI InChI=1/C21H38N.ClH/c1-2-3-4-5-6-7-8-9-10-11-12-13-14-16-19-22-20-17-15-18-21-22;/h15,17-18,20-21H,2-14,16,19H2,1H3;1H/q+1;/p-1
Referência Beilstein 3578606
Propriedades
Fórmula química C21H38ClN
Massa molar 339.99 g mol-1
Aparência solid
Ponto de fusão

80 °C[1]

Solubilidade em água facilmente solúvel em água[2]
Solubilidade facilmente solúvel em clorofórmio, diclorometano e etanol[2]
pouco solúvel em benzeno, tolueno e éter dietílico[2]
Riscos associados
Frases R R25, R26, R36/37/38, R35
Frases S S26, S28, S36/37, S45, S61
LD50 36 mg/kg (rabbit, iv)[3]
400 mg/kg (rabbit, oral)[3]
6 mg/kg (rat, ip)[3]
30 mg/kg (rat, iv)[3]
200 mg/kg (rat, oral)[1] [3]
250 mg/kg (rat, sc)[3]
10 mg/kg (mouse, ip)[3]
108 mg/kg (mouse, oral)[3]
Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Cloreto de cetilpiridínio (CPC, do inglês cetylpyridinium chloride) é um composto químico quaternário de amônio catiônico que faz parte em alguns tipos de enxaguantes bucais, cremes dentais, comprimidos para tosse, sprays para a garganta, sprays para o hálito e sprays nasais. É um antisséptico que mata bactérias e outros microorganismos. Tem mostrado ser eficiente em prevenir placa dentária e reduzir gengivite.[4] Tem também sido usado como um ingrediente em certos pesticidas. No entanto, esse ingrediente também tem sido alegado causar manchas marrons entre e na superfície dos dentes semelhantes aos causados pelos enxagues de clorexidina (de acordo com a WebMD,[5] eMedicine,[6] ). Porém, estas manchas podem ser fcilmente removidas por um dentista em um procedimento de rotina. Há relatos de alteração do paladar que acompanham o uso de bochechos de cloreto de cetilpiridínio.[5] [6] [7]

Referências

  1. a b (en) « Cloreto de cetilpiridínio » em ChemIDplus
  2. a b c Thieme Chemistry (Hrsg.): RÖMPP Online, Version 3.1. Thieme, Stuttgart 2008.
  3. a b c d e f g h Lewis, Richard J.. Sax's Dangerous Properties of Industrial Materials. 9th ed. New York, NY: Van Nostrand Reinhold, 1996. p. 691.
  4. Asadoorian, Joanna. "Cetylpyridinium chloride mouth rinse on gingivitis and plaque", Journal of Dental Hygiene.
  5. a b Tooth Discoloration: Causes and Treatments.
  6. a b Tooth Discoloration : Article by Jonathan A Ship, DMD.
  7. Cloreto de cetilpiridínio www.guidechem.com