Club Atlético Osasuna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Osasuna
CA Osasuna.png
Nome Club Atlético Osasuna
Alcunhas Rojillos, Gorritxo
Fundação 17 de novembro de 1920
Estádio Estádio Reyno de Navarra
Capacidade 19.800
Localização Pamplona - Navarra - Espanha
Presidente Espanha Patxi Izco
Treinador Espanha José Luis Mendilibar
Material esportivo Alemanha Adidas
Competição La Liga
2009-10 12º
Website http://www.osasuna.es
Kit left arm osasuna1415h.png Kit body osasuna1415h.png Kit right arm osasuna1415h.png
Kit shorts osasuna1415h.png
Kit socks osasuna1415h.png
Uniforme
titular
Kit left arm osasuna1415a.png Kit body osasuna1415a.png Kit right arm osasuna1415a.png
Kit shorts adidas white.png
Kit socks osasuna1415a.png
Uniforme
alternativo
editar

O Club Atlético Osasuna, conhecido como Osasuna, é um clube de futebol espanhol da cidade de Pamplona, Navarra, fundado em 17 de novembro de 1920. Atualmente disputa a Primeira divisão da Liga profissional espanhola.

História[editar | editar código-fonte]

O nome do clube, Osasuna, proposto por Benjamín Andoain Martínez, significa saúde em basco.

Existe certa incerteza em quanto a data de constituição de Osasuna. Em 24 de outubro de 1920 apareceu uma notícia no jornal El Pueblo Navarro sobre a criação de Osasuna e a disputa de sua primeira partida contra o Regimento da Constituição, tendo como resultado o empate a 1. Oficialmente, a data de fundação reconhecida pelo clube é de 17 de novembro de 1920. O clube se formou ao fusionar os clubes pamploneses do Esportiva e o Novo Clube.

Em sua primeira temporada de vida disputou um total de 22 partidas, com 11 vitórias, 6 empates e 5 derrotas,com um total de 42 gols a favor e 34 contra.

Inaugurou o Campo de San Juan em 21 de maio de 1922.

Na temporada de 1931 e 1932, ascedeu a Segunda divisão, depois de finalizar a temporada na primeira posição com 12 pontos, Merced a 9 partidas jogadas, com 5 vitórias, 2 empates e 1 derrota.

Em 1934 e 1935, ascedeu pela primeira vez na história a Primeira divisão. Na Copa da Espanha, Osasuna chegou às semifinais.

Imagem de uma partida do Osasuna.

Entre 1943 a 1960, o clube chegou a baixar para a Terceira divisão, subiu para a Primeira divisão e retornou a baixar em diversas ocasiões.

Em 2 de setembro de 1967, foi inaugurado o estádio de El Sadar com uma partida que enfrentou ao Real Zaragoza com a vitória de Setúbal de Portugal. A seguinte partida, entre rojillos e portugueses, se jogou um dia depois com vitória osasunista por 3 gols a um.

Na temporada de 1985 e 1986, participou pela primeira vez em sua história na Copa da UEFA, depois de que na temporada anterior Osasuna teve se classificado na sexta posição.

Em 11 de junho de 2005, jogou sua primeira final de Copa do Rei, sendo vice campeão.

Em dezembro de 2005, o estádio passou a denominar-se Reyno de Navarra, devido ao acordo entre o clube e o governo de Navarra, para promocionar e potenciar turisticamente a Comunidade Foral de Navarra.

Em 16 de maio de 2006 se classificou pela primeira vez em sua história para a Liga dos Campeões da UEFA, mas foi eliminado pelo Hamburger SV da Alemanha na fase de classificação.

Em 25 de fevereiro de 2007 disputou sua partida número 1.000 na Primeira Divisão da Espanha contra o Espanyol de Barcelona no Estádio Reyno de Navarra. O resultado foi de 0-2 favorável à equipe catalã.

Em 14 de março de 2007 conseguiu uma histórica classificação às quartas de final da Copa da UEFA, eliminando o poderoso Glasgow Rangers de Escócia. Em 12 de abril de 2007 volta a fazer história ao se classificar pa as seminais da Copa da UEFA após vencer o Bayer Leverkusen. Nesta semifinal foi derrotado pelo Sevilla, posteriormente campeão do torneio.

Após um mau começo da equipe na temporada 2008/2009, a direção do Osasuna resolveu destituir o técnico "Cuco" Ziganda e colocar em seu lugar José Antonio Camacho,[1] permanecendo a equipe em posição desconfortável na classificação. O Osasuna só conseguiu sua permanência na Primeira Divisão na partida disputada em Pamplona, contra o Real Madrid, com uma vitória por 2-1.

Dados do clube[editar | editar código-fonte]

  • Número de sócios: 15.294[2]
  • Orçamento: 29.500.000 €[3]

Componentes de direção do clube[editar | editar código-fonte]

  • Gerente: Angel Luis Vizcay Ventura
  • Diretor-Geral: José Gómez Castells
  • Contabilidade, Protocolo e Relações públicas: Lorena Acaz Mendive
  • Chefe de imprensa : Guillermo Pérez Azcona
  • Marketing: Isabel Mendiara Lisarri
  • Administração: Juan Jesús Ostivar Lorea, Jose Mari Iglesias Marcellán e Tamara Urroz Osés

Torneios Nacionais[editar | editar código-fonte]

Torneios Internacionais[editar | editar código-fonte]

Outros dados[editar | editar código-fonte]

  • É um dos quatro únicos clubes na Espanha que se puderam manter em seus status de clube desportivo sem necessidade de se converter em sociedade anônima, além do FC Barcelona, Real Madrid e Athletic Club de Bilbao.
  • Osasuna conta com uma das maiores canteiras futebolísticas da Espanha, com quinze times em categorias inferiores (incluídos dos times femininos) e de acordos de colaboração com quase uma centena de clubes de Navarra. Organiza anualmente uma escola de futebol, consistente no ensino de classes a jovens futebolistas em diferentes localidades da província.
  • Estas atividades estão coordenadas pela Fundação Osasuna, cujos objetivos passam pela criação de atividades sociais, culturais e desportivas, além de promover o futebol baseado no território.
  • Conta com seções de bola e natação.
  • No estádio é frequente a presença de bandeiras bascas e irlandesas.

Estádio e instalações[editar | editar código-fonte]

Estádio Reyno de Navarra onde o Osasuna manda seus jogos.

Joga no estádio de Reyno de Navarra, que tem uma capacidade de 19.800 espectadores sentados. Inaugurado em 1967, suas dimensões são 105 metros de comprimento e 67,5 metros de largura.

Nas Instalações Desportivas de Tajonar, inauguradas em 1982, se encontra a escola de futebol de Tajonar, onde se formam jogadores com o fim de que se participam na disciplina profissional do CA Osasuna. Foram inaguradas de acordo com a presidencia de Fermín Ezcurra, uma superfície de 80.000 metros quadrados, completando assim uma velha pretensão do Clube com o fim de trabalhar com a canteira.

Na temporada de 1987/88, se adquiriram na propriedade de 80.000 metros quadrados mais de terrenos lindões com as instalações de Tajonar. No ano de 2001, quando a Cidade Desportiva se veio ampliada com a construção de três novos campos e seus respectivos vestiários, tinha 2 campos de grama natural, um de grama artificial, quatro de arena e um campo de grama natural que se utiliza para o treinamento de jogadores.

Hino[editar | editar código-fonte]

O hino de Osasuna foi composto por Maestro Turrillas, e a gravação foi realizada por Los Iruñako nos anos 60.

Letra[editar | editar código-fonte]

El "once" de Osasuna, valiente y luchador
defiende sus colores con brío arrollador
y por eso los hinchas le gritan sin cesar
Osasuna ¡aúpa!, que tú sabes triunfar.
De tu blusa y tu bandera, fuerte y rojo es el color
de tu blusa y tu bandera, como el roble montañés
y el vino de la ribera vibra en tí Navarra entera
en donde quiera que estés.
Artistas en el juego, dominan el balón,
derrochan valentía y luchan con tesón
y el público entusiasta así suele gritar
Osasuna ¡aúpa!, que tú sabes triunfar.
De tu blusa y tu bandera, fuerte y rojo es el color
de tu blusa y tu bandera, como el roble montañés
y el vino de la ribera vibra en ti Navarra entera
en donde quiera que estés.
Osasuna valiente, no dejes de luchar
que Navarra te admira porque sabes jugar.
Osasuna valiente, juega con ilusión
que jugando y venciendo tú serás campeón.

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

  • Atualizado em 1 de setembro de 2014.[4]
Legenda
  • Capitão: Capitão
  • PenalizadoExpulso: Jogador suspenso
  • Lesionado: Jogador lesionado


Goleiros
Jogador
1 Espanha Asier Riesgo
13 Espanha Roberto Santamaría
Defensores
Jogador Pos.
3 Argélia Liassine Cadamuro Z
4 Espanha Miguel Flaño Z
22 França Jordan Lotiès Z
2 Espanha Javier Flaño LD
5 Espanha Ion Echaide LD
15 Espanha Oier Lesionado[5] LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
6 Irã Javad Nekounam V
23 Camarões Raoul Loé V
8 Espanha Miguel de las Cuevas M
10 Espanha Roberto Torres M
11 Espanha Sisi M
14 Espanha Maikel M
17 República Democrática do Congo Cedrick M
Atacantes
Jogador
7 Espanha Nino
9 Espanha Manuel Onwu
12 Irã Karim Ansarifard
Comissão técnica
Nome Pos.
Polónia Jan Urban T

Futebolistas famosos[editar | editar código-fonte]

Treinadores ao longo do tempo[editar | editar código-fonte]

Lista de treinadores do CA Osasuna
Ano Treinadores (1922-1964)   Ano Treinadores (1964-2014)
1922 - 1924 Navaz e Joaquín Rasero 1964 - 1965 Miguel Gual / Luis Aranaz
1924 -1925 Walter Gerbat 1965 -1966 Luis Aranaz / Miguel Blanco
1925 - 1928 Walter Harris 1966 - 1967 García de Andoain / Miguel Blanco / Julio Martialay
1928 - 1929 Mariano Sagaseta 1967 - 1968 Julio Martialay / Miguel Blanco / Casimiro Benavente
1929 - 1930 Mariano Sagaseta / Emilio Urdíroz 1968 - 1969 Juan Ochoa
1930 - 1931 Francisco Pagaza 1969 - 1970 Juan Ochoa / Sabino Andonegui - Miguel Blanco
1931 - 1933 Martín José Muguiro 1970 - 1971 José Ignacio Goñi Romero / Baltasar Albéniz
1933 - 1936 Emilio Urdíroz 1971 - 1972 Perico Eguiluz / Miguel Blanco
1939 - 1940 José María Peña 1972 - 1973 Manolo Fernández Mora
1940 - 1941 Ramón Urrizalqui 1973 - 1974 M. Fdez. Mora / M. Blanco / Antonio Barrios / Luis Ciáurriz
1941 - 1942 Juanín e Ramón Urrizalqui 1974 -1975 Luis Ciáurriz
1942 - 1943 Ramón Urrizalqui 1975 -1976 Luis Ciáurriz / Pepe Alzate
1943 - 1944 Emilio Urdíroz 1976 - 1977 Enrique Pérez Díaz "Pachín"
1944 - 1945 Sheve Goiburu / Emilio Urdíroz 1977 - 1979 Javier García Verdugo
1945 - 1946 Ramón Urrizalqui / F. Florenza 1979 -1980 Streten Petkovic / Pepe Alzate
1946 - 1948 Amadeo Labarta 1980 -1986 Pepe Alzate
1948 - 1949 José María Peña / Martín González Rizo 1986 - 1987 Iván Brzic / Pedro Mari Zabalza
1949 - 1950 Martín González Rizo 1987 - 1993 Pedro Mari Zabalza
1950 - 1952 Cuqui Bienzobas 1993 -1994 Pedro Mari Zabalza / Martín Monreal
1952 - 1954 Tomás Arnaz 1994 -1995 Txetxu Rojo / Manolo Los Arcos
1954 - 1955 Tomás Arnaz / Baltasar Albéniz 1995 - 1996 Rafael Benítez / P.M Zabalza / Miguel Sola / M. Monreal
1955 - 1957 Baltasar Albéniz 1996 - 1997 Francisco García "Paquito"
1957 - 1959 Sabino Barinaga 1997 -1999 Martín Monreal
1959 - 1960 Ignacio Eizaguirre / Jesús Salvatierra / Miguel Gual 1999 - 2002 Miguel Ángel Lotina
1960 - 1962 Miguel Gual 2002 - 2006 Javier Aguirre
1962 - 1963 Enrique Orizaola 2006 - 2008 "Cuco" Ziganda
1963 - 1964 Baltasar Albéniz / Miguel Gual 2008 José Antonio Camacho

Presidentes ao longo do tempo[editar | editar código-fonte]

Lista de presidentes do CA Osasuna
Ano Presidente (1920-1948)   Ano Presidente (1948-2014)
1920 - 1921 Joaquín Rasero 1948 - 1951 Ángel Goicoechea
1921 -1923 Rafael Álvarez 1951 - 1954 Daniel Taberna
1923 - 1924 Natalio Cayuela 1954 - 1955 Anastasio Andía
1924 - 1928 Aurelio Álvarez 1955 - 1959 Valentín Pueyo
1928 - 1935 Natalio Cayuela 1959 - 1970 Jacinto Saldise
1935 - 1936 Ambrosio Izu 1970 - 1971 Emilio García Ganuza
1936 - 1939 Ángel Lazcano 1971 - 1994 Fermín Ezcurra
1939 - 1941 Vicente Jáuregui 1994 - 1996 Javier Garro
1941 - 1943 Antonio Lizarza 1996 -1998 Juan Luis Irigaray
1943 - 1944 Antonio Archanco 1998 -2002 Javier Miranda
1944 - 1947 Antonio Lizarza 2002 - // Francisco José "Patxi" Izco
1947 - 1948 Antonio Mª Istúriz

Osasuna B[editar | editar código-fonte]

O Club Atlético Osasuna B é o time filial do clube osasuna. Foi fundado em 1962 e joga na Segunda divisão B espanhola (Grupo II). Também é conhecido como "Osasuna Promesas".

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Club Atlético Osasuna